Gerúndio é Demitido da Língua Portuguesa

Leia com atenção o email enviado pelo leitor Leandro Figueiredo. Se você não ler você vai “estar ficando” desatualizado.

Pela primeira vez na vida fico com inveja de quem mora em Brasília. Já imaginaram a gente ficar livre daquelas coisas insuportáveis do tipo “Vou estar verificando e te ligando de volta”… “você pode estar parcelando…”, “vou estar preparando o relatório e mais tarde vou estar te enviando”… ninguém merece!

Faça um teste e descubra seu nível de inglês em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.
Iniciar o Teste Online!

Se eu morasse em Brasília ia andar com uma cópia do decreto na bolsa e cada vez que algum infeliz soltasse uma das pérolas do gerundismo, chamaria a polícia e solicitaria prisão em flagrante por perturbação da ordem pública.

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), tomou uma decisão que chamou a atenção de quem leu a edição de hoje do “Diário Oficial” do distrito: demitiu o “gerúndio” de todos os órgãos do governo.

O decreto com a nova medida também proíbe o uso do gerúndio por desculpa de “ineficiência”. O governador está fora de Brasília e não pôde comentar a nova medida. O gerúndio é uma das formas nominais do verbo, formada pelo sufixo “ndo” que indica continuidade de uma ação. O uso do gerúndio se tornou comum e demonstra imprecisão de uma atitude como, por exemplo, “vou estar verificando” em vez de “vou verificar”.

Leia a íntegra do decreto:

Decreto nº 28.314, de 28 de setembro de 2007. Demite o gerúndio do Distrito Federal, e dá outras providências. O governador do Distrito Federal, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 100, incisos VII e XXVI, da Lei Orgânica do Distrito Federal, DECRETA:

Você ainda se confunde com os tempos verbais em inglês? Faça o download do Guia de Tempos Verbais em Inglês oferecido pela English Live. Ele tem um resumo bem estruturado para você revisar os conceitos que aprendeu na escola.
Download do Guia em PDF - Grátis!

Art. 1° – Fica demitido o Gerúndio de todos os órgãos do Governo do Distrito Federal.

Art. 2° – Fica proibido a partir desta data o uso do gerúndio para desculpa de INEFICIÊNCIA.

Art. 3° – Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 4º – Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, 28 de setembro de 2007. 119º da República e 48º de Brasília JOSÉ ROBERTO ARRUDA

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 13 comentários