Explicar Gramática em Português?

Olá pessoal! Gostaria de trocar uma idéia com vcs. Sempre que explico a gramática, uso o português. Sinto que ao explicar a gramática em Inglês, os alunos ficam com aquela carinha de dúvida, e por mais que eu tente parece que nao fica muito claro. Então explico bem direitinho, em português, para que fique claro e eles não tenham nenhuma dúvida. Isso é errado? Tenho minhas dúvidas em até que ponto o uso do português prejudica o ensino. Sempre aprendi procurando o significado das palavras e usando o dicionário inglês-portugues, e isso nao me atrapalhou...pelo contrário, me ajudou muito. Por isso gostaria de saber se tem estudos, fundamentos e embasamentos teóricos para essa questão do uso do português em sala de aula. Fico no aguardo de opiniões. Obrigada!

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Ancrispa 2555 8 57
You’ve asked numerous questions! I strongly believe that you’ll find the answers reading the links below.
A good language teacher is above all a tenacious researcher. A language teacher must have an unquenchable thirsty of knowledge and he also must be an insatiable reader. Never forget that.

http://legacy.unifacef.com.br/novo/3fem ... atheus.pdf

http://www.celsul.org.br/Encontros/06/C ... das/06.pdf

http://www.teachingenglish.org.uk/artic ... mar-lesson

http://moviesegmentstoassessgrammargoal ... ot.com.br/

http://www.ucl.ac.uk/english-usage/proj ... -teaching/

http://www.theguardian.com/education/20 ... es-grammar

http://busyteacher.org/2873-5-new-fun-w ... dents.html
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Ola Lorena!

Na minha opinião depende um pouco da metodologia utilizada para ensinar, no entanto, se você está falando em inglês durante suas aulas, seria mais eficiente usar o inglês. O aluno vai encontrar dificuldades, mas é atraves das mesmas que vem a aprendizagem. Vale resaltar que se você vai explicar a gramática em inglês, você precisa estar preparada para fazê-lo de maneira simples, objetiva e clara (dando exemplos se possivel) e acima de tudo tendo em conta o nivel que seus alunos estão - dessa forma saberás que tipo de termos usarás em suas explicações (mais simples ou mais complexos). Espero que tenha te ajudado! Boas aulas!
Realmente, acho que essa questão de usar ou não o português em sala de aula é algo subjetivo, que depende do método usado. Com um aluno de nível básico, que nunca fez inglês antes, vcs usam o português ou apenas o Inglês?
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
Lorena, you may also like the tips on this site:

Go straight to:
Thursday, January 17, 2013
Fazendo todos os alunos participarem de uma aula gramatical
.

But I think you might like other items there as well!
Avatar do usuário Ancrispa 2555 8 57
Milenar,

I think there are students and students. You have to perceive them correctly; some students make up their minds to enroll in an English course on the grounds of hearing everything in English.

On the other hand, there are other students who want to hear all the grammar explanation in Portuguese, because it is much easier for them to understand and assimilate the content given.

You have to be careful inasmuch as if you get your students accustomed to hearing long grammar explanations in Portuguese, they will be led to the “horrifying addiction” to thinking in Portuguese before thinking in English.

If you are teaching grammar in English and they don’t understand you, what should you do? Go to the board write the topic shortly (never give long, boring explanations you don’t have time to do that and you may put yourself at risk of getting lost. And, which is worse, your students could get bored easily by this endless explanation). Your classes can’t cause boredom.

Put the translation e.g verb to be (ser, estar). Don’t translate everything. Teach affirmative, question and negative forms of it in English. Don’t translate the sentences you wrote in English. I’m going to give you an example:

Verb to be (ser, estar)
Affirmative form: I’m a woman. She is a woman. They are boys.
Write all the subjects with their respective forms of the verb to be.
Negative form: I’m not a woman. She isn’t a woman. They aren’t boys.
Question form: Am I a student? Is she pretty? Are they boys?
Emphasize the inversion of the verb at the beginning of the question.
Don’t translate everything, only if they ask. You write on the board: woman- mulher. Write don’t say it, ok?
Work with repetition. Give exercises to them. Ask them to work in pairs and change the sentences into question and negative sentences. They will understand the topic by learning through repetition and speaking in English. Example of an exercise:

http://www.perfect-english-grammar.com/ ... se-11.html
http://www.englishexercises.org/makeaga ... sp?id=1940

It’s extremely important to control your time. If you have one class of 60 minutes keep in mind that you don’t have time to translate every word. It’s a huge waste of time. You will be “stealing” precious time from your students. Students must learn to translate words on their own.

I strongly advise you to stimulate them to use a dictionary and to translate the words from the English textbook before coming to class. It will save a huge amount of time. They must learn how to optimize their time.

A good language teacher should ignite intellectual curiosity in his students.

I hope that it helps you.

A very interesting topic. Indeed. It was tremendously rewarding.
Depende da metodologia, depende como você pensa, de como você usa, e para quem você usa.

Irei te contar duas estórias.

1 - Eu trabalhava em uma escola pública, minhas primeiras turmas, eu só falava em PT, principalmente a gramática. O resultado foi que eles mesmo vendo uma frase que eles sabiam o que estava escrito, eles pediam tradução, ficaram preguiçosos, sem eles perceberem.

2 - Quando eu entrei na faculdade de Inglês, eu nada sabia de Inglês, apenas que amava isto. Quando minha professora rapidamente ensinou sobre pronomes, ela só falava em Inglês. E honestamente, eu não entendi nada. Ou seja, um assunto tão básico pode ser sim ensinado em Inglês, APENAS oralmente não é o ideal, precisa de folhas explicativas e atividades, ao contrário se for só oral, é necessário o PT.

Fica claro que não podemos apenas falar Inglês, mas como fica claro que apenas o português não funciona. O interessante é usar ambos. Isso depende do nível dos alunos e como eles são. Se for algo MUITO básico como Verb To BE, use o PT, para outras coisas poucos mais avançadas tente o Inglês, se não funcionar, explique novamente o PT. O importante é os alunos entenderem que isto é uma aula de Inglês, e não de PT, não deixarem eles mal acostumados.
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
Agreed. I took an English course (a conversational one) and the teacher used English, when someone didn´t understood, he used Portuguese (but only when...)
Obvioulsy, it depends on wich level of listening the learn is. In that case, the teacher had to switch to Portuguese, because the students demanded, they had paid their classes and they thought themselves entitled to understand the teacher, wich couldn´t be with English...
The thing is, I learned a lot (now I am back to scratch if compared to that time.). Indeed the class had begun with 30 students and from the original group, and ended with two, 28 where from groups that joined afterwards (the same pattern beggining with 30 or so, and then thinning out to a determined few.
Unfortunately, I must say. But then, there are classes and classes!