O inglês parece infinito

Oi pessoal . Eu sei que existe muitas palavras no inglês e que é impossível aprender tudo. Porém, ultimamente tenho estudado e parece que nunca chego em um nível que consigo entender 90% das coisas,por exemplo. Existe conteúdo que entendo muito , mas existem aqueles que entendo quase nada. E parece que quanto mais estudo mais coisa eu tenho que aprender.Eu nado nado e não saio do lugar. Alguém já passou por isso ? o que fizeram a respeito ?

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Daniel Reis 815 14
Olá,

Já passei por isso e digo que a melhor solução para mim foi parar de pensar que tenho que aprender tudo do idioma Inglês, parar de pensar no Inglês como uma disciplina de faculdade que você tem que estudar para não bombar no final do semestre, a solução para mim foi fazer do inglês parte da minha vida, ouvir estações de rádio internacionais, celular/computador tudo em Inglês, pesquisas só em inglês(uso o Português quando não há saída mesmo), quer ler um livro? pegue a versão inglesa do mesmo, quer saber das novas do mundo dos artistas/futebol/música? É Inglês na veia!
Agora, essa tarefa não é fácil, a princípio parece tudo meio forçado, mas cabe a você tornar essa tarefa algo natural.

Outra coisa, a medida que você aprende, você abre novos espaços, novas duvidas, e isso irá sempre acontecer para o resto da vida(acredito eu).
Acredito também, que uma forma mais prática do que essa seria viver no exterior por alguns bons anos, seria como um ''boost'' para o seu Inglês, porque ou você usa seu Inglês lá ou tá perdida, ao passo que aqui no Brasil, por mais que você queira usar o Inglês, não irá usar 24 horas por dia.

Enfim, não seja tão dura consigo mesma, continue estudando duro, mas sem se pressionar tanto.

Valeus
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário OEstudantedeIngles 5420 2 16 105
Disse tudo! O melhor é estudar e nunca parar de aprender Inglês =)
Avatar do usuário PPAULO 35970 4 32 631
Também concordo com o Daniel, querer aprender só de forma acadêmica é maçante e pode ser contraprodutivo. É preciso de vez em quando unir um pouco a teoria à prática, o formal ao o informal, o sério ao divertido.
Muita gente aprende sem estabelecer metas rígidas, e até alguns novos livros-textos agora vem com tópicos que podem ser estudados numa sequência própria do aluno (pode "embaralhar", voltar, ir pro fim, pegar um tópico do início.) É meio que o caso do Oxford English Grammar Course [Michael Swam] ou o English Grammar In Use do Raymond Murphy [Cambrige University Press].
E outros, onde os autores destacam que o seu foco não foi colocar os temas de estudo necessariamente em uma ordem precisa, monolítica. E até incentivam o aluno a identificar quais são as suas dificuldades e estudar focando nas unidades que tratem delas.
Outra coisa, é comum acontecer que alguns estudantes queiram passar logo para o próximo ou próximos passos. Se há dúvidas num ponto é melhor estudá-lo mais e usar aquele vocábulo ou assunto, que tentar usar um vocabulário avançado - por exemplo - e se expressar de uma forma insatisfatória.
Tudo tem seu tempo.
Agora fazer que o inglês faça parte da sua vida, que o seu aprendizado seja mais descontraído e menos sério, isso pode! Além de partir pra descobrir qual o seu estilo de aprendizado ou método que funcione melhor. Pode ser um certo curso, um material didático diferente e inovador, uma viagem ao exterior, escutar um nativo pela internet e emular o seu inglês...etc.
Enfim uma coisa é certa, quando a pessoa "se solta", quando aprende sem ter que não errar, quando aprende com assuntos do seu interesse, o rendimento aumenta.
Por exemplo, há pessoas que aprendem bastante com palavras cruzadas em inglês (e há pessoas que as odeiam, por tomar muito tempo, e outras por que é difícil acertar 100%, pelo menos no início.) Há pessoas que aprendem com música, e há outras em que música põe elas em "mooning-mode"; e outras ainda aprendem com histórias em quadrinhos em inglês. E outras que aprendem usando tudo isso, e muito mais (até o Windows delas é em inglês), vão no LiveLeak, leêm o Guardian, a People e o The Economist...
Há muitas formas de se aprender, e o importante é aprender sempre! Mas sem querer saber tudo... Estude dia sim dia não, estude nas horas vagas, no dia que tiver tempo, no dia que puder, mas estude.
Bem, não estou tentando oferecer a "bala de prata" ou alguma panaceia, são só algumas possibilidades para o seu banco de ideias.
E por fim, talvez você tenha alcançado o "plateau of the learning curve" (o platô da curva de aprenzado). Isto é, um patamar onde as pessoas (geralmente estando cansadas ou há muito tempo num certo método.) tem a percepção de que não estão avançando, às vezes diminuir o ritmo faz bem, mudar de ares, de curso, se divertir um pouco, fazer pausas etc...
Sem contar que, é melhor você comparar seu inglês "com o seu inglês" de meses ou de anos passados, e aí que você vê que houve progresso. Ao invés de comparar com o do professor, ou o do cara que fala super-rápido ou canta hip-hop na TV.
Pense à médio ou longo prazo; pode ser que hoje haja pessoas agora mesmo cujo conhecimento falte 10% para serem fluentes... vai ser a parte mais difícil pra eles, cada 1% pode levar um longo tempo, mas pelo menos elas não estão regredindo (é como uma dieta, precisa bastante auto-disciplina - mas vale a pena).
Parabéns por dividir sua experiência conosco, com certeza vai ajudar não só você mas muitos outros.
Conte conosco, e por favor ponha em prática o que você tem aprendido.
Hone your skills, don´t be ashamed or fearful of making mistakes.

See you around.