Testes de escolas de idiomas são realmente válidos?

Gente é o seguinte estudei ingles por quase 4meses no inicio desse ano com professor particular, então por uns motivos eu quis sair, desde então estudei sozinha em casa por acho 2 meses, depois confesso que fiquei com preguiça e parei mas sempre mantendo o contato com ingles pelo menos com as músicas. Em julho desse ano passei por 3 escolas para fazer testes para saber como andava meu nível e tal dentre elas a wizard. O resultado do meu teste foi pre- intermediário em todas as escolas. Na wizard vi um material diferente do que eu tinha visto antigo, achei interessante e o resultado é foi o mesmo e se eu fosse começar seria no livro w4. Venho procurando uma escola para aperfeiçoar, fiz testes em um total de 5 escolas, incluindo testes de escolas online. Já se passaram quase 4meses, e eu fiz outro teste na wizard a resposta que eu recebi é que eu praticamente "eliminei + um ano" e que eu posso iniciar as aulas apartir no w6, minha conversação ainda é basica (não iria passar fome em outro país) mas claro quero avançar. Como pode isso? Esses testes são realmente válidos? ou Será que eu não tenho idéia do quanto eu sei de inglês?
Avatar do usuário Donay Mendonça 45280 21 69 1022
Como pode isso? Esses testes são realmente válidos? ou Será que eu não tenho idéia do quanto eu sei de inglês?



Estes testes geralmente são válidos. Não vai ser sempre que um teste desses vai realmente te avaliar, mas geralmente servem para se ter uma ideia do que você sabe e dar uma referência para quem quer contratar ou matricular alguém.
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Aqui no CCAA os nossos "placement tests" são feitos em 2 etapas: written phase, no computador, com questões de múltipla escolha, e depois o teste oral, que é pra confirmar se o aluno está mesmo no nível adequado, pelo seguinte motivo: sendo uma escola que foca na conversação, é necessário que os alunos na sala estejam no mesmo nível, então eles precisam ter o "Speaking skill" mais ou menos próximo um do outro, e isso evita também que o aluno "saiba de mais e não fale nada", então, aquilo que você domina na conversa é o que você sabe.
Já vi que o ensino das escolas varia muito de franquia, a metodologia pode ser a mesma só que vai depender de como cada professor vai passar isso para o aluno. Eu também fiz teste no CCAA, deu intermediário. Ao meu ver se tratando de testes os melhores que eu vi foram CNA e CCAA. No CCAA lembro que quando fui fazer o teste eles começaram com uma prova bem básica, depois o listen e depois um professor fez deu um texto e fez umas perguntas referente. No CNA o que eu gostei foi que quase o mesmo processo e o coordenador que fez o teste logo quando eu errava, ele já me corrigia na hora.
Aqui no CCAA também damos feedback em relação aos erros, mas não exatamente na mesma hora que o aluno erra, porque cada pessoa tem uma forma de reagir a correções, e não queremos correr o risco de deixar o aluno com mais ansiedade ou inseguro, por isso o feedback vem após o teste.
Certo, o educador tem que ser cuidadoso nessa parte. No meu caso eu prefiro logo que digam onde eu preciso melhorar.
Eu, na condição de aluno, também. Não tenho cerimônia pra ser corrigido, seja na faculdade, com pessoas que têm mais domínio da língua, ou qualquer outra coisa. Mas a maioria dos alunos de idiomas se sentem expostos ao serem corrigidos, se sentem envergonhados... isso é prejudicial pra eles, porque as pessoas tendem a evitar corrigir, e assim quem perde é quem comete os erros, porque com a correção a pessoa aprenderia a maneira certa de dizer isso ou aquilo.
Foi bem natural a forma que eu recebi a correção, nada que faça voce se sentir como se estivesse carrengando uma cruz... Eu conheci uma garota que mudou de escola de ingles umas 6 vezes até ela se adptar, nem acreditei quando ela falou e são escolas conhecidas, dai quando eu tava procurando a escola sempre perguntava para o pessoal que ja estudou e ouço alguem dizendo sempre " A escola X é melhor/pior do que a escola Y " dai eu vi então não é a escola, e sim quem e como vai dar aula se isso vai ou não motivar o aluno a aprender e se interessar mais, além claro do interesse do proprio aluno.
Jutta, sou professor há uns 2 anos, e posso te dizer que o interesse do aluno supera qualquer dificuldade.
MENSAGEM PATROCINADA Leia o e-book Aprendendo Idiomas por Conta Própria e conheça as técnicas utilizadas pelos Experts para aprender idiomas. Com ele você vai aprender a aprender inglês!

Baixar uma Amostra Grátis!