Inglês internacional ou Inglês como língua franca

internationalenglish1O inglês, por motivos diversos (políticos, econômicos, culturais) é hoje o mais utilizado no mundo para a comunicação entre pessoas que não falam o mesmo idioma. Ou seja, brasileiros, espanhóis, franceses etc., aprendem inglês para se comunicarem não somente com americanos ou britânicos, mas também com qualquer outra pessoa que saiba a língua. E este é o conceito de Inglês Internacional ou Inglês como língua franca.

O Inglês Internacional ou International English, também é conhecido como World English, Global English, General English ou Common English. Dentro deste conceito, o linguista Braj Kachru, deu origem à ideia dos “círculos do inglês”:

Inner Circle = círculo interior – pertencente aos países onde o inglês é a língua mãe – Estados Unidos, Inglaterra, Austrália etc;

Receba aqui um prêmio que vai ajudar você a falar inglês!

Clique aqui e acesse!

Outer Circle = círculo externo – pertencente aos países onde o inglês é tido como segunda língua ou recebe o status de língua oficial, por motivos histórico-culturais – Nigéria, Índia, Singapura etc;

Expanding circle = círculo em expansão – pertencente aos países onde o inglês é utilizado como língua estrangeira – China, Brasil, Rússia, Alemanha etc.

internationalenglish2

Com isso, o International English seria o resultado do contato entre os usos da língua, característicos de cada círculo, sem que nenhum deles seja considerado superior ao outro.

Hoje em dia é comum ouvirmos escolas de inglês dizerem ensinar o inglês internacional. Contudo, na prática, este conceito existe muito mais na exposição do aluno às mais variadas formas – compreensíveis de se falar o idioma e não necessariamente naturais -, do que na elaboração de um padrão neutro (próprio), que possa ser universalmente reconhecido como inglês internacional, dada a complexidade, extensão e imprevisibilidade de tal processo. Ou seja, em inglês americano, celular é cellphone; em inglês britânico mobile phone; uma forma neutra seria dizer apenas phone, porém, nem sempre vamos encontrar essa neutralidade desejada para o International English.

  • I bought an expensive mobile phone. [British English]
  • I bought an expensive cellphone. [American English]
  • I bought an expensive phone. [International English]

internationalenglish

Considero importante buscar as formas naturais de se expressar, e isso deve ser algo constante para um aprendiz. No entanto, mais importante do que concentrar os estudos em uma única variante nativa ou tentar criar um padrão neutro (próprio) para o International English (algo inviável na prática), é ter conhecimento das diferenças linguístico-culturais entre seus falantes, ou seja, estar a par, sempre que possível, do inglês que é utilizado mundo afora. Independentemente de ser natural ou não. Isso requer tempo, paciência e dedicação para que se possa aperfeiçoar a cada dia.

Referências:

Bons estudos. Até a próxima!

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

Donay

Donay Mendonça

Donay Mendonça é professor de inglês com anos de experiência no ensino de idiomas para jovens. Além de colaborar com artigos ele ainda é moderador do Fórum do English Experts.

5 comentários

  • 31/07/15  
    Flávia Magalhães diz: 1

    Donay,

    Inner Circle também é o nome da banda de reggae que cantava (ou ainda canta?) aquela música A la la la long…. (ok, fora de contexto!)

  • 31/07/15  
    Donay Mendonça diz: 2
  • 02/08/15  
    Valéria diz: 3

    Great post!

    Thanks!

  • 07/08/15  
    Leon diz: 4

    Donay, tenho uma curiosidade, simples mesmo. Nesse caso do cellphone e mobile phone, um estadunidense e um inglês conversando, eles se compreenderiam, no caso o inglês usar mobile phone, o estadunidense entenderia o que aquele quis dizer (e vice-versa)?
    Minha curiosidade é até em relação ao nosso português do de Portugal. A distância entre inglês-americano e inglês-britânico é como a nossa distância Brasil-Portugal?
    Obrigado, e desculpa o texto rs

    • 10/08/15  
      Donay Mendonça diz:

      Leon,

      Há uma proximidade maior entre americanos e britânicos do que entre brasileiros e portugueses, neste caso (de entendimento do idioma). É sim bem provável que se entendam, nas diferenças da língua, como “mobile phone”, ”cellphone”, etc., mais do que Brasil e Portugal.

      Bons estudos.