Como Atingir Seus Objetivos

Início de ano é ótimo para rever o que estamos fazendo de nossas vidas. Normalmente a gente define uma lista de metas a serem cumpridas, em inglês isso se chama New Year’s Resolutions. Isso é muito interessante, pois quem não sabe aonde quer chegar, fica parado no tempo.

Gostaria de propor uma nova forma de encarar esse “plano de metas”. Vocês já perceberam que costumamos prometer um monte de coisas no início do ano?

  • Eu vou aprender inglês;
  • Eu vou praticar esportes diariamente;
  • Eu vou emagrecer 5 quilos;
  • Eu vou parar de fumar;

Só que na hora do “vamo vê” aquela coragem inicial desaparece. Um problema muito comum que afeta quase todo mundo é a “síndrome do estudante”.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

O que é isso Alessandro. É uma doença?

Depende do ponto de vista. Ela nada mais é do que aquele costume de sempre adiar o trabalho até o último momento possível. Em bom português, procrastinar. Todos nós caímos na Síndrome do Estudante ocasionalmente. Ela ganhou esse nome pela forma como os estudantes lidam com o dever de casa. Imagine seu professor dizendo que você tem uma prova final em 19 semanas. Ele lhe dá todo o material, o livro, os objetivos que serão testados e a data. Quando você começa a estudar? Na véspera da prova. Por quê? Você tem tempo, é por isso. Outras tarefas pressionam mais e, portanto, você atrasa o início de uma tarefa até o último momento, para lhe dar tempo de completar outro trabalho, muito provavelmente também sendo feito no último momento.

Agora que eu já sei o que é Síndrome do Estudante, como faço para escapar dessa armadilha?

Veja bem, é complicado, porém vou compartilhar o que tem funcionado comigo. Nos anos anteriores percebi que nunca conseguia cumprir o prometido nas resoluções de ano novo. Eu acabava empurrando com a barriga as metas, dando sempre maior prioridade a outras tarefas consideradas urgentes. Acabava o ano e eu via que pouca coisa realmente tinha sido realizada, tomando como base o planejamento inicial.

Já que o ano é um período muito longo, fato que facilita a procrastinação. Resolvi experimentar dividir as metas nos meses: em janeiro vou fazer isso, em fevereiro aquilo, em março… e assim por diante. Melhorou, mas ainda sim eu deixava muita coisa para o final do mês e muitas vezes não conseguia concluí-las.

Tudo mudou quando comecei a trabalhar com metas semanais.

Como assim? Tenho que criar 52 listas com as metas semanais?

Bingo! Exatamente isso. Mas veja só, essa lista deve ser feita sempre na semana anterior. Continue criando o seu plano de metas anual.

Vamos supor que você tenha incluído na lista a meta “aprender inglês”. Inclua em sua agenda semanal, o tempo necessário para realizar uma pequena parte dessa tarefa. Exemplo: estudar 1:30 na terça e 1:30 na quinta. Como você está na semana anterior a probabilidade de isso funcionar é muito alta.

Faça as contas:

180 minutos * 52 semanas = 9.360 minutos

Ou seja, 156 horas de estudo. Nada mal não acha? Sei que isso não é suficiente para se tornar fluente, mas tenho certeza que sua evolução será considerável. Aplique isso para os outros itens do seu plano. Recomendo fortemente a utilização do site Remember The Milk. Ele vai ajudar bastante no seu planejamento semanal.

Depois que adotei esse costume percebi que tenho obtido muito mais sucesso em minha vida. Faça o teste e volte aqui para relatar sua experiência.

Ufa! Hoje o post foi longo, espero que tenham gostado.

See you!

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 23 comentários