Input compreensível: Um bom começo

Um dos pontos mais importantes no estudo do inglês é o nível de exposição que o estudante tem ao novo idioma. Indico por experiência própria para aqueles que nunca estudaram inglês ou estudaram há muito tempo, que antes de mergulhar nos livros de gramática passe alguns dias apenas ouvindo. Música é bom, mas o ideal é se acostumar com falas reais do dia-dia, uma dica é comprar um exemplar da revista Speak-Up que vem com um CD com a narração de praticamente toda a revista. Com o CD, tente passar o máximo de tempo possível apenas ouvindo, mesmo que você não esteja entendendo absolutamente nada. Fazendo isso você estará acostumando seu ouvido ao ritmo real do idioma falado e essa é a primeira habilidade para quem realmente deseja dominar este idioma. Outro ponto importante é com relação ao vocabulário, tente ao invés de buscar o significado de cada palavra de uma frase ou diálogo, entender o significado do todo, talvez isso seja mais produtivo, isso acontece porque uma palavra empregada em determinada situação, talvez não sirva para outra, mesmo que o significado esteja correto. Lembre se você pode estar gramaticalmente correto mas soar estranho para um nativo do idioma que você está aprendendo. Agora vamos aprender um pouco, observe frase abaixo.

The need for a world language is urgent. The problem with Artificial Languages is that nobody learns them. We need a more practical solution.”

Ou seja,

Você tem dificuldade de se lembrar das palavras e expressões em inglês? Tem a impressão que o esforço não está dando resultado? Você pode estar estudando inglês da forma ineficaz! Aprenda as técnicas utilizadas por aqueles que se tornaram fluentes.
Experimente por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts.

A necessidade de um idioma global é urgente. O problema com idiomas artificiais é que ninguém os aprende. Nós precisamos de uma solução mais prática.”

Observe as palavras em negrito, elas são chamadas de artigos, em inglês só existem 3 artigos: THE, A, AN. De forma geral o artigo é a palavra que determina um substantivo. Mas para simplificar a teoria entenda o seguinte:

THE = o/a/os/as
A ou AN = um/uma

Onde,

“A” é utilizado antes de substantivos que começam com som de consoante.
“A” book = um livro

“AN” é utilizado antes de substantivos que começam com som de vogal.
“AN” apple = uma maçã

Este assunto é bem simples, porém servirá de base para posteriores explicações. Por fim lembre-se do seguinte tente constituir o seu vocabulário de expressões e frases que façam sentido. Na frase acima nós temos uma demonstração disso, imagine alguém te explicando, em inglês, a solução para algum problema, e você acha que a solução dada é muito complexa você poderia dizer: “We need a more practical solution.”

Did you get it?

Keep in touch.

Ainda precisa de ajuda?

Configura algumas opções:

  1. Envie sua questão em nossa comunidade;
  2. Pergunte a um professor: 15 minutos de aula grátis!
Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro é fundador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 9 comentários