"Between" ou "Among"; "To have" ou "To having"

Days before the latest crucial EU summit, which – at Merkel's insistence and evoking scant enthusiasm elsewhere – is to finalise an international treaty between eurozone governments entrenching German-style fiscal and budgetary rigour in all single currency countries, the chancellor admitted to having doubts about the strategy she has pursued throughout the crisis.

A meu ver, no lugar de "between" deveria ser "among", já que se refere a um tratado entre governos da zona do euro, que são mais de dois e não aparecem enumerados. Tenho dúvida também em relação ao uso de "to having", pois o "to" nessa frase não é preposição. Então, deveria ficar "to have".

MELHORE SUA PRONÚNCIA EM INGLÊS
Nesta aula, o professor Adir Ferreira, autor do livro "A Chave do Aprendizado da Língua Inglesa", nos conta como se tornou um Expert em pronúncia e dá várias dicas para você se comunicar melhor em inglês. ACESSAR AULA
4 respostas
Donay Mendonça 23 108 1.6k
Simon,
A meu ver, no lugar de "between" deveria ser "among", já que se refere a um tratado entre governos da zona do euro, que são mais de dois
O texto não deixa claro que são mais de dois. Podem ser apenas dois governos. Recomendo ler todo o texto para poder verificar melhor.

the chancellor admitted to having doubts about the
Alguns verbos e expressões como "admit to" podem ter o verbo seguinte com ING. Exemplos: feel like, look forward to, etc.

I feel like eating pasta.
I looked forward to going there.


Bons estudos!
Henry Cunha 3 18 184
Simon, complementando,

"Between" é o termo adequado aqui. Já houve neste forum boa discussão dos usos de "between" e "among", ou procure em alguma gramática online.

"Having" é necessário aqui. O que pode ser omitido é "to":

...the chancellor admitted having doubts...

Não entendi se v quis dizer que é (ou não) preposição. É preposição, mas nem sempre precisa "to" ser acompanhado de um infinitivo do verbo.
Henry Cunha 3 18 184
É frequente incluir "to" quando falando de ações do próprio sujeito

He confessed to taking money from his friend.
He took to drinking to solve his problems.
He admitted to being afraid of shadows.

Mas se queremos expandir o pensamento:

He confessed taking money from his friend was a bad idea.
He took drinking as the solution to his problem.
He admitted being afraid of shadows was silly.

Não sei como se aprende essas peculiaridades, exceto com o contato com o idioma.