Quando devo usar contrações em inglês?

Discussões sobre Verbs, Nouns, Adjectives, Prepositions, Present Perfect, Simple Past etc.
Avatar do usuário Henry Cunha 9745 2 16 175
Olá Pessoal

Tenho visto neste Fórum várias questões sobre o uso de contrações, no inglês escrito e no inglês falado, levantando a questão de qual é a forma adequada para cada. Alguns parecem pensar que, quando escrevemos, devemos evitar as contrações, deixando-as para o falar. Acho que podemos estabelecer um padrão mais definitivo, estudando dois exemplos.

Como primeiro exemplo, vejam um editorial do NYTimes de hoje, em: http://www.nytimes.com/2009/10/24/opinion/24sat2.html.

Lendo apenas uns parágrafos, vão notar que não existe, nesse texto, nenhuma contração. Evitaram contrair expressões formais como (são minhas as abreviações em parentesis)

he had been held (he'd been held)
it would be a mistake (it'd be...)
was not involved (wasn't involved)
Iran has been holding (Iran's been holding)

Em contraste, vejam a peça escrita por Lipman, também no NYTimes de hoje, sobre o lugar das mulheres no mundo dos negócios: http://www.nytimes.com/2009/10/24/opinion/24lipman.html.

Escrevendo quase sempre na primeira pessoa, ela usa nada menos do que umas 25 contrações:

we're, coudn't, haven't, wouldn't, didn't, you'll, weren't, wasn't, don't, it's, isn't

Depois notei também verbos compostos contraídos:

we've lost, we've focused, I've spent, we've got, I'll tell, couldn't survive, don't be, etc.

O que podemos deduzir desses exemplos contrários? Eu diria o seguinte. Quando escrevendo formalmente, uma análise, ou uma tése, em que adotamos um impessoal "nós" e "eles" como ponto de vista objetivo, fica melhor deixar as contrações de lado. Quando escrevendo cartas (mesmo business letters), anúnicos, boletins, etc., em que adotamos um tom mais pessoal (I, you, we), fica inteiramente adequado o uso de contrações. De fato, é a norma usar contrações em geral, se não quizer parecer por demais formal.

Portanto, para falar e escrever bem o inglês descontraído do dia a dia, vale a pena aprender as formas contraídas.

Regards

Atualizado pelo moderador

Saiba mais sobre as contrações no link abaixo:

Entendendo o básico sobre as Contrações em inglês

Para aprender mais sobre os tempos verbais baixe agora um guia grátis: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar agora!