Contrações em Inglês – Contractions

Contrações em Inglês – Contractions

Quando aprendemos uma segunda língua é comum fazermos um paralelo com a nossa língua materna e em muitos casos isso pode ajudar no aprendizado. Porém, existem situações em que não podemos fazer esse paralelo, e o uso das contrações (contractions) é uma delas, já que não é algo que existe na língua portuguesa. Vamos então entender o seu uso e analisar alguns casos que podem confundir o leitor desavisado.

Forma Contraída em Frases Afirmativas

O inglês é uma língua que usa a forma contraída em muitas estruturas tornando-as mais reduzidas. Estas formas reduzidas são típicas da linguagem coloquial. Por exemplo, em vez de dizer “She will come” (Ela virá), o mais comum é dizer “She’ll come“. Além do “will”, reduzimos também:

COMO COMBINAR PALAVRAS EM INGLÊS Nesta aula, o professor Denilso de Lima, autor do livro "Combinando Palavras em Inglês", ensina como as collocations (combinações de palavras) podem ajudar você a falar inglês com mais naturalidade. ACESSAR AULA
  • Verbo to be: I am (I’m) / You are (You’re) / He is (He’s) / She is (She’s) / It is (It’s) / We are (We’re) / You are (You’re) / They are (They’re).
  • Have (no present perfect): I have (I’ve) / You have (You’ve) / He has (He’s) / She has (She’s) / It has (It’s) / We have (We’ve) / They have (They’ve).
  • Have (no past perfect): I had (I’d) / You had (You’d) / He had (He’d) / She had (She’d) / It had (It’d) / We had (We’d) / They had (They’d).
  • Would (futuro do pretérito): I would (I’d) / You would (You’d) / He would (He’d) / She would (She’d) / It would (It’d) / We would (We’d) / They would (They’d).

Exemplos:

  • I’m an English teacher. [Eu sou professor de inglês.]
  • You’re a good person. [Você é uma boa pessoa.]
  • He’s here. [Ele está aqui.]
  • They’ve been together for years. [Eles estão juntos há anos.]
  • She’s lived here for three years. [Ela mora aqui há três anos.]
  • I’d lost the key. [Eu tinha perdido a chave.]
  • I’d love to watch this movie. [Eu adoraria assistir este filme.]

Forma Contraída em Frases Negativas

No presente: (I, you, we, they) do not (don’t) / (he, she, it) does not (doesn’t).
No futuro: will not (won’t).
Verbo to be: I am not (I’m not) / You are not (You aren’t ou You’re not) / He is not (He isn’t ou He’s not) / She is not (She isn’t ou She’s not) / It is not (It isn’t ou It’s not) / We are not (We aren’t ou We’re not) / They are not (They aren’t / They’re not).
Verbos modais: would not (wouldn’t), cannot (can’t), must not (mustn’t), should not (shouldn’t), could not (couldn’t), ought not to (oughtn’t to).

Exemplos:

  • I don’t have enough time to go there. [Eu não tenho tempo suficiente para ir lá.]
  • She doesn’t work here. [Ela não trabalha aqui.]
  • I won’t call you. [Eu não vou ligar para você.]
  • I’m not at home. [Eu não estou em casa.]
  • He isn’t a doctor. [Ele não é médico.]
  • They aren’t sad. [Eles não estão tristes.]
  • I wouldn’t eat it. [Eu não comeria isto.]
  • We can’t go there. [Nós não podemos ir lá.]
  • You shouldn’t say that. [Você não deveria dizer isso.]
ATIVE O ENGLISH PLUS Além de aprender sem anúncios, você terá acesso: aos Cursos do English Experts, a respostas verificadas por especialistas (ilimitado) e ao aplicativo Meu Vocabulário. ATUALIZAR AGORA

Alguns casos que podem confundir

I. Uso do ‘s

‘s pode ser a forma contraída do “is” (She’s nice / Ela é legal) e também do “has” (She’s visited London / Ela visitou Londres). Nesse caso, para saber se temos o “is” ou o “has“, fique atento ao que vem depois, o “has” vai ser sempre seguido de um verbo no past participle.

Além disso, o ‘s é também uma maneira de indicar posse: John’s car (O carro do John), Mary’s house (A casa da Mary), My teacher’s phone (O telefone do meu professor).

Resumindo: o contexto da frase vai definir se o ‘s é (is), (has) ou o indicador de posse, como mostrado anteriormente.

II. Uso do ‘d

O ‘d pode ser a forma contraída do “would” (I’d love to go / Eu adoraria ir) e também do “had” (They’d been to London twice / Eles tinham ido a Londres duas vezes). Preste atenção no uso do past participle, que deve vir depois do had. Uma exceção (onde não há o uso do past participle) é a expressão had better (seria melhor), que contraímos para ‘d better, por exemplo, You’d better stay here (Seria melhor você ficar aqui).

O ‘d é também a forma contraída de did, em frases como Where’d you get that? / Where did you get that? (Onde você arrumou isso?) ou When’d that happen? / When did that happen? (Quando isso aconteceu?)

Vídeo

Aprenda mais sobre as contrações no vídeo do Teacher Paulo.

TESTE DE NÍVEL Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. INICIAR TESTE

Espero que tenha gostado das dicas.

Happy studying!

Aprenda mais

Ainda precisa de ajuda?

Configura algumas opções:

  1. Envie sua questão em nossa comunidade;
  2. Assine o English Plus e tenha acesso ilimitado a respostas verificadas por especialistas.
English Experts

English Experts Team

O English Experts Team é uma conta especial gerenciada pela equipe de editores do English Experts formada por professores, estrangeiros e estudantes.

Mostrar 10 comentários