O som do T no inglês americano

Perguntas e respostasMarcelo comenta: Gostaria que alguém pudesse me explicar sobre a pronúncia do “t” nas palavras precedidas de vogal. Será que podemos considerar essa pronuncia do “t” como se fosse um “r” do português, como na palavra (native) e nos linked sounds (a lot of)?

Oi Marcelo! A sua questão é muito frequente, quando eu comecei a estudar inglês também achava que o som do “t” em algumas palavras do inglês americano era bem parecido com o “r”. Até que um dia, um amigo americano, me corrigiu e disse que na verdade não era semelhante ao “r” e sim ao “d”.

Encontrando um denominador comum

Demorei um tempo para perceber que esse amigo, apesar de conhecer também o português, estava se referindo “d” do alfabeto inglês. Por isso que para eles não faz sentido dizer que o “t” em algumas palavras tem o som parecido com um “r” (diferente do português), só “serve” se for um “d”.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Se você procurar referências sobre o tema no youtube, vai encontrar vários vídeos (em inglês) confirmando que o som do “t” se transforma em “d” em alguns casos. Nós brasileiros vamos ouvir um “r” mesmo. Então vamos combinar o seguinte, é o som do “d” mesmo, só que o “d” do alfabeto inglês. ok? Esse assunto foi discutido no podcast “O Segredo da Pronúncia Perfeita“.

Sabendo disso ouça abaixo as palavras native, pretty, beautiful e little. Observe bem o som do “d”.

Veja uma explicação detalhada no vídeo abaixo:

O Oxford Advanced American Dictionary também explica essa questão, veja:

American speakers use the sound //, which is like a quick /d/, in many words spelled with -t- or -tt-. It is used in words after a vowel or /r/, and before an unstressed vowel or syllablic /l/: city /ˈsɪt̮ɪ/;parting /ˈpɑrt̮ɪŋ/; little /ˈlɪt̮l/.

That’s it!

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 27 comentários