Erros Mais Comuns do Brasileiro – Parte III

Quando pensamos em erros comuns numa língua estrangeira muitas vezes nos esquecemos de um aspecto fundamental que é a questão da pronúncia. É fato que pessoas do mundo inteiro falam inglês e com os sotaques mais variados, um russo falando inglês soa bem diferente de um indiano falando inglês, por mais proficientes que eles sejam na língua. Seguindo esse raciocínio é claro que um brasileiro também tem um sotaque bem característico, até aí tudo bem, mas se queremos falar bem uma língua temos que tentar o máximo possível alcançar uma pronúncia mais “limpa”, nos livrando das influências da nossa língua materna.

1. Uma primeira dificuldade para o brasileiro são os fonemas que não existem em português:

  • th” de  thanks, birthday

Esse “th” acaba muitas sendo pronunciado como “f” ou “t” o que pode até causar confusão. Por exemplo, thanks = obrigado e tanks = tanques. Se as duas palavras forem pronunciadas com som de “t” fica parecendo que é a mesma coisa.

Receba aqui um prêmio que vai ajudar você a falar inglês!

Clique aqui e acesse!

Essa palavra é praticamente um teste para ver o quanto que alguém é bom na produção oral da língua. A língua enrola mesmo.

2. Uma segunda dificuldade seria a entonação, o ritmo. Cada língua tem uma sonoridade, por exemplo, quando queremos imitar alguém falando francês falamos tudo colocando o acento na última sílaba, não é verdade?  O inglês também tem a sua entonação particular e é necessário ouvir bastante através de músicas, programas de tv, aulas em áudio etc para realmente “pegar o ritmo”.

3. Uma terceira dificuldade é que o português é uma língua com bastante acentuação, o que é um excelente guia para pronunciarmos as palavras corretamente. O mesmo não ocorre com o inglês, que não tem acento algum e isso certamente dificulta para nós brasileiros. Meu conselho para quando você se deparar na escrita com uma palavra que não conhece é procurar no dicionário a sua pronúncia correta.

Termina aqui a série “Erros Mais Comuns do Brasileiro ao falar inglês”. Espero que tenham gostado.

Bons estudos!

Leia os outros artigos da série:

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

Mônica

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

21 comentários

  • 24/07/12  
    Peterson Silva diz: 1

    Para falar “world” corretamente: diga “were old” rapidinho ;)

    • 24/07/12  
      Daniel Valente diz:

      Truque bem bacana, mas também exige a pronúncia correta de “were old”. Eu fiquei aqui falando rapidinho. Hahaha!

  • 24/07/12  
    Daniel diz: 2

    Série pertinente, didática e que merece nossa atenção. Parabéns pela seleção.

    • 24/07/12  
      Mônica Bicalho diz:

      Olá Daniel, que bom que pude contribuir com o seu aprendizado.
      Um grande abraço.

  • 24/07/12  
    walace alves diz: 3

    Adorei muito!

    Congratulations!

  • 24/07/12  
    henrique diz: 4

    Eu acho que pros brasileiros que são do interior, o chamados caipiras é mais fácil pronunciar World. Pois já enrola a lingua pra falar porrrta, porrtão, já os que não falam assim, acho que dificulta mais.

    Bem, tenho um podcast que ouço para pronuncias e é muito bom, na minha opinião, caso queiram ouvir…
    iTUNES: http://itunes.apple.com/br/podcast/american-english-pronunciation/id276921054

    Site: pronuncian.com

  • 24/07/12  
    guto howe diz: 5

    .hã.. como assim termina a série???

    fala mais que eu te escuto…….. está otimo!!!!!!!!

  • 24/07/12  
    Andre_MC diz: 6

    Se me permite uma opinião, esses não devem ser erros mais comuns somente de brasileiros. É sabido que alguns orientais (por exemplo) tem extrema dificuldade em pronunciar essas e outras palavras em inglês.

    • 24/07/12  
      Mônica Bicalho diz:

      Oi, Andre. Acredito que os orientais também tenham essas dificuldades sim, mas dadas as especificidades das línguas orientais outros sons são mais difíceis como, por exemplo o som do “l”. Já para nós falar love, live e like não é problema algum.

  • 24/07/12  
    William diz: 7

    Uma vez num congresso da língua espanhola, uma ponente deu uma palestra sobre “erros mais comuns dos brasileiros” e ao final um argentino pediu a palavra e disse que tudo o que ela considerava “erros” eram perfeitamente corretos na variante dele. Há que se ter cuidado ao afirmar-se que isso ou aquilo está errado. Não há erro algum em pronunciar o th de thanks, everything, think como t. Na Irlanda é assim que eles pronunciam o th. Quanto ao world, no British English o r não é falado, então é mais fácil. Quanto ao ritmo da língua e sotaque, não há que ter muita preocupação com isso, pronunciando corretamente as palavras de acordo com a variante adotada (irlandesa, inglesa, escocesa, galesa, inglesa, canadense etc.) e não produzindo enunciados agramaticais é o mais relevante.

  • 24/07/12  
    Well diz: 8

    Cada dia que visito gosto mais. Muito obrigado pelas dicas. Mãos à obra!

  • 25/07/12  
    JOhnny Barreto diz: 9

    Parabéns pela matéria! apesar de pequena, me ajudou muito!

  • 25/07/12  
    Evandro diz: 10

    Todos gostaram com certeza das suas dicas, porém fico
    triste por ter sido o último post.
    Pense mais sobre isso e continue postando suas dicas.
    thank you very much.

    • 26/07/12  
      Alessandro diz:

      Oi Evandro,

      Este não é o último post da Mônica, foi apenas o último da série. Uma dica bem bacana da Mônica será publicada na próxima semana.

      Obrigado pelo comentário e por acompanhar o EE.

      Bons estudos!

  • 25/07/12  
    Maria Alice Rodrigues de Gusmao diz: 11

    Gosto muito de suas dicas,como sempre ajudam muito.Minha principal dificuldade
    na lingua inglesa,e a entonaçao,o ritmo.Ainda tenho dificuldade,mais com ajuda de
    voces vou conseguir.Parabens pela materia.Obrigada

  • 26/07/12  
    Robson Pereira diz: 12

    Hi everybody ,Very good post Monica most of people dont worry about this things and it´s so important.

  • 26/07/12  
    CATALINE diz: 13

    It’ s true, a lot people speak… is good remember!

  • 26/07/12  
    Stan diz: 14

    realmente temos alguns bons obstáculos que dificultam a aprendizagem da Língua Inglesa, mas ainda acho, que é mais complicado para um estrangeiro aprender, pra valer, a nossa rica e confusa Língua Portuguesa…..Oh God! que gramática!!!

    Great and very interesting this post!!! tks a lot!!!

  • 28/07/12  
    Giovani Carvalho diz: 15

    Eu tenho uma dica de um site muito legal para aprender pronuncia e com pessoas nativas da linga é o Forvo.
    http://pt.forvo.com/

  • 28/07/12  
    rogério diz: 16

    muito obrigado nem imaginava que meu “uordi” era tão errado.

  • 22/08/12  
    Rakky diz: 17

    I love that tips! Thanks a lot, Monica!