Erros Mais Comuns do Brasileiro – Parte I

Todo mundo já deve ter ouvido a máxima “É errando que se aprende”, e é mesmo! É em cima dos erros que podemos evoluir, e quando estamos aprendendo uma segunda língua erramos muito e esses erros têm muito em comum entre os falantes da mesma língua. Isso, porque os erros mais comuns de qualquer pessoa aprendendo uma segunda língua dizem respeito à influência da língua materna. Influência essa que podemos ver em três aspectos principais: uso gramatical, uso de vocabulário e pronúncia.

Hoje vou focar nas estruturas onde os brasileiros costumam mais errar:

There Is

Muitas pessoas dizem “Have a glass on the table” pensando no “have” que é o verbo “ter”, mas como nesse caso se trata de ter no sentido de haver, existir, devemos usar “There is a glass on the table”.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Have

Eu tenho 20 anos muitas vezes é traduzido por “I have 20”, mas em inglês não se tem uma idade, se é uma idade. Assim, o certo é  “I am 20”.

Uso do –S

Como em português o –s no final da palavra denota plural é comum achar que o –s de terceira pessoa é plural e muitas pessoas acabam dizendo “They dances well” , quando na verdade deveriam dizer “They dance well”.

Concordância

Como em português concordamos o adjetivo com o substantivo é comum dizer coisas do tipo:

“Many others boys” em vez de “Many other boys”.

Uncountable Words

Como o conceito de incontável em inglês é muito mais amplo que no português é comum colocar no plural palavras que em inglês não têm plural por serem incontáveis. Um exemplo clássico é “information”. Em português damos ou pedimos “informações”, já em inglês essa palavra não tem plural. Assim como: baggage (bagagem), cheese (queijo), furniture (móveis), advice (conselho) e muitas outras.

Fique ligado e bons estudos!

Leia os outros artigos da série:

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

Mônica

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

Mostrar 44 comentários