O discurso de Obama e a beleza da língua inglesa

Ouvindo emocionada ao discurso de Obama logo depois de se saber eleito à Presidência dos EUA, comecei a pensar na beleza e na simplicidade da língua inglesa. Não sei se o ouviram, mas podem ainda fazê-lo.

Prestem atenção: ele é advogado formado em Harvard, senador por Illinois e, no entanto não fala “empolado”, “difícil”, para bancar o “doutor”.

E nisso ele usa muito bem a língua inglesa, que é direta, to the point.

Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.
Começar agora!

Lembro-me de que quando fiz o curso em Monterey e tinha de fazer traduções complicadíssimas do Francês para o Inglês, minha professora – que tinha estudado em Cambridge, dizia: Corte as frases, keep it simple! Começo, meio e fim: sujeito verbo e complementos.

Então, lembrem-se: para falar bem Inglês é preciso keep it simple! Seja simples e direto. Ninguém pensará mal de você por causa disso, muito pelo contrário. O que me leva a pensar se a estrutura da língua não condiciona o pensamento. Será que nossas línguas latinas, que se prestam a desvios e “enrolações”, não propiciam a falta de objetividade na maneira de pensar? Food for thought.

A propósito, incluí no meu blog também o discurso de McCain ao reconhecer a derrota. Tocante também e muito digno. Acho que temos algumas coisas a aprender com isso: para os americanos, o importante é a nação. Acabou-se a eleição, vamos trabalhar todos juntos para a maior glória dos EUA, em vez de ficar com picuinhas e se atacando reciprocamente. More food for thought.

Have a nice weekend,

Sobre a Autora: Tereza Sayeg, intérprete de conferências.

Hora de Praticar

O nosso parceiro está oferecendo 15 minutos de Aula Grátis para você colocar em prática o que acabou de aprender. Não perca essa oportunidade.

Acessar Código Promocional

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi escrito por um Autor Convidado do English Experts. Confira o nome do autor no rodapé do texto acima. Seja um colaborador, clique aqui e saiba como participar.

Mostrar 10 comentários