Preposições de lugar em inglês

O tema de hoje, apesar de envolver preposições, não é dos mais complicados. Digo isso porque considero esse um dos temas mais complexos da língua inglesa, principalmente quando lidamos com os phrasal verbs.

As preposições de lugar, em geral, encontram um paralelo no português, o que facilita bastante. A coisa só se complica um pouco quando temos que lidar com o in, on e at, mas vamos por partes:

As preposições de lugar mais simples seriam:

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

  • on – em cima
  • under – embaixo
  • behind – atrás
  • between – entre ( usado para algo que está posicionado entre duas coisas)
  • in front of – na frente

Aqui é importante ressaltar o uso do “in front of quando estamos numa rua. Se dissermos que estamos “in front of the bank”, estamos na frente do banco, mas na mesma calçada. Se você quiser dizer que está na frente do banco, mas do outro lado da rua, deve dizer: “I’m opposite the bank”.

  • next to – ao lado de
  • near – perto, próximo

Cuidado com esses dois últimos que costumam ser confundidos, se você está exatamente ao lado de alguém ou algo, deve usar next to. Exemplo:

  • I am sitting next to Susan. (Eu estou sentada ao lado da Susan.)

Porém, se você estiver sentada próxima a algo ou alguém, mas não necessariamente ao lado, irá dizer: “I am sitting near the door.” (Eu estou sentada próximo à porta.)

Temos ainda:

  • over – sobre
  • below – abaixo

Outra questão importante é o uso das preposições into e onto. Muitas pessoas se perguntam: É a mesma coisa que in e on? Definitivamente não. Usamos essas preposições quando queremos dar ideia de movimento. Exemplos:

  • She is putting her keys into her purse. (Ela está colocando suas chaves dentro da bolsa.)
  • I saw the boy trying to climb onto the wall. (Eu vi o menino tentando subir no muro.)

Para finalizar, temos aqueles que considero um pouquinho mais complicados, que é o caso do in, on e at. Embora em geral, in = dentro e on = em cima, nem sempre é assim quando estamos falando da localização espacial de algo ou alguém e, para completar, não existe uma regra específica para seu uso.

Para tentar ajudar meus alunos eu sempre explico que o in em geral é para uma área mais fechada:

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

  • She is not here, she is in her room. (Ela não está aqui. Ela está no quarto dela.)

Contudo, dizemos “on the train”, “on the bus”, “on the ship” e “on the airplane”. Apesar de dizermos “in the car”.

O on é mais usado para lugares mais abertos: on the farm, on the beach. O at é usado como pensamos num lugar como sendo um ponto. Exemplo:

  • I’ll meet her at the airport. (Vou encontrá-la no aeroporto.)

Espero ter ajudado vocês com a dica de hoje.

Bons estudos!

Mônica

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

Mostrar 18 comentários