Did you know?

Que aprender a pensar em outro idioma não é apenas um processo mental: é uma habilidade que depende da respiração, coordenação motora, oxigenação do cérebro e velocidade do pensamento? Como exemplo ilustrativo, podemos analisar a célebre frase “The book is on the table”, cujo significado em português é “O livro está sobre a mesa”. Compare a quantidade de letras das duas frases – 19 letras em inglês e 20 letras em português – e compare também a quantidade de sílabas – 6 em inglês e 10 em português! Levando em conta a respiração, a frase em português é mais longa, pois possui mais sons (sílabas), do que a sua versão em inglês. Se coordenarmos o pensamento com a linguagem, certamente teremos que pensar mais rapidamente para falar em inglês, pois a frase é falada em menos tempo (sílabas). E essa mudança de velocidade de fala e pensamento é o que mais dificulta o desenvolvimento da competência de aprender a pensar em inglês, pois será necessário alterar um condicionamento antigo e acelerar a velocidade do próprio pensamento. Source: idph.net

In English

Did you know that learning to think in another language is not just a mental process. It is an ability that depends on respiration, motor coordination, ventilation in the brain, and the speed of thought? As an illustrative example, we can analyse the famous sentence “The book is on the table” which means “O livro está sobre a mesa”, in Portuguese. Compare the number of letters in the two sentences – 19 letters in English and 20 in Portuguese. Also compare the number of syllables – 6 in English and 10 in Portuguese! Taking respiration into account, the sentence in Portuguese is longer, since it has more sounds (syllables) than the English version. If we coordinate thought with language, we certainly have to think more rapidly to think in English since the sentence is spoken in less time (fewer syllables). And this change in the speed of speaking and thought is what is most difficult in developing competency in learning and thinking in English, since it is necessary to alter an old conditioning and accelerate the speed of one’s thoughts.

Translated into English by: Mary Ziller

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 21 comentários