Diferenças culturais modificam o Inglês

Trio ForróUm dos maiores desafios de quem está aprendendo inglês é identificar as variações do idioma em diferentes países. Se você for para os Estados Unidos, Austrália, Inglaterra, ou qualquer outro país em que o Inglês é a língua principal, você irá notar as diferenças. Elas não se restringem às variações de vocabulário, gramática ou pronúncia, existem também influências culturais que afetam a forma com que o idioma é falado.Um exemplo clássico é no uso da expressão “Eh?” pelos Canadenses, esta expressão é utilizada como se fosse uma “tag question” ou para enfatizar alguma idéia. Exemplo:

  • The weather is nice, eh? [O tempo está bom, não está?]

Ao ouvir um Canadense falando observe como ele usa o “eh”, mas saiba que este artifício não deve ser usado em situações formais.

Outra forma de identificar se o Inglês tem sotaque (accent) britânico ou americano basta observar, por exemplo, na forma com eles dizem a palavra beautiful. No britânico você vai perceber o T bem puxado quase nordestino (hehehe, estou exagerando é claro), se for um americano ele vai pronunciar o T quase com um R.

Receba aqui um prêmio que vai ajudar você a falar inglês!

Clique aqui e acesse!

That’s all folks,

See you again, next week.

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

5 comentários

  • 26/10/06  
    leo diz: 1

    Bruto!!!!

  • 26/10/06  
    Josney diz: 2

    Alguns americanos usam o ‘eh’ como artifício para fingir que são canadenses em viagens internacionais. Os estadunidenses são vistos como arrogantes e sobretudo com a imagem de dominadores após a era Bush, por isso, muitos escondem a nacionalidade fingindo que são Canadenses. Quanto ao T britânico, cuidado! Ambos britânicos e americanos falam similarmente ao ‘r’ no caso abaixo:

    Let it be what it is.

    Porque temos uma vogal após o T. Entendido?

  • 27/10/06  
    Alessandro Brandão diz: 3

    Thank you! Your feedback is a great motivation to me. If you wanna see these accent differences take a look at this link:
    ODDCAST

  • 27/10/06  
    Adam diz: 4

    Let me clear up a little misconception about consonants in the middle of words (such as the t in little and the d in middle). Brazilians think that Americans pronounce this with an r sound. That is very wrong. We pronounce little with a very soft t sound and middle with a very soft d sound. It may appear to you that is an r, but the enunciation is quite different.
    In your example, let it be what it is, there are a lot of t’s… We enunciate each and every t as a t sound, but since we talk fast, it may appear as an r, but they are t’s… I just said this phrase, and during each t, my tongue went to the top of my teeth which is necessary to pronounce the t. If I were to pronounce a Brazilian r, this is almost like pronouncing an English h which doesn’t require the tongue.

    From a native US English speaker…

  • 24/03/09  
    Izolan diz: 5

    No caso abaixo (pronúncias não exatamente iguais):

    “I want a glass of water!”

    Americano: “auana glés ov uóder”
    Inglês: “auantsâ glás ov uótsâ”