Entendendo a estrutura: Verb + Preposition

Às vezes tenho a impressão que as preposições estão por todas as partes na língua inglesa: temos as preposições de tempo, de lugar, temos os incontáveis phrasal verbs, as preposições que são necessárias de se combinarem com determinados adjetivos e ainda aquelas que precisam vir depois dos verbos. Ufa! Bem, hoje vou me concentrar nessa última categoria.

Existem determinados verbos que precisam vir seguidos de uma preposição para que a frase seja construída corretamente. Observe que nesse caso a preposição não modifica o significado do verbo, diferentemente dos phrasal verbs que tem seu significado alterado.

Exemplos

  • LOOK AT something é simplesmente olhar para algo.
  • LOOK FOR something é procurar algo, aqui o uso da preposição modificou o sentido do verbo, sendo caracterizado então como um phrasal verb.

Esse é o tipo de tópico gramatical que demanda um pouco de memorização e muita prática para a fixação das estruturas. Vou, então, dar uma mãozinha para vocês fornecendo uma listagem agrupada pelas diferentes preposições. Vejamos:

Receba aqui um prêmio que vai ajudar você a falar inglês!

Clique aqui e acesse!

About

  • Think About: I’m thinking about renting a place. [Eu estou pensando em alugar um lugar.]
  • Worry About: Don’t worry about the exam. [Não se preocupe com o exame.]
  • Dream About: I dream about buying a new house. [Eu sonho em comprar uma casa nova.]
  • Talk About: Let’s talk about it later. [Vamos falar sobre isso mais tarde.]

To

  • Go To: I’m going to the office now. [Eu estou indo para o escritório  agora.]
  • Want To: I want to start a new diet. [Eu quero começar uma nova dieta.]
  • Listen To: Are you listening to me? [Você está me escutando?]
  • Need To: I need to leave now. [Eu preciso sair agora.]

For

  • Wait For: Can you wait for me? [Você pode me esperar?]
  • Pay For: Let me pay for this. [Me deixe pagar isto.]
  • Apply For: She is applying for a new job. [Ela está concorrendo a um novo emprego.]

Outros

  • Depend On: Depending on where you sit you won’t see very well. [Dependendo de onde você se sentar você não vai ver muito bem.]
  • Play With: Can you play with me? [Você pode brincar comigo?]
  • Look At: Look at me! [Olhe para mim!]
  • Believe In: Do you believe in ghosts? [Você acredita em fantasmas?]

Como nota final, é importante observar que se compararmos as frases em inglês com o português nem sempre a preposição se faz necessária na nossa língua. Comonos seguintes casos: want to, listen to, need to, wait for, pay for e play with.

Bons estudos!

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

Mônica

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

15 comentários

  • 10/12/12  
    Álvaro diz: 1

    Ótimo texto! Se existe alguma complicação gramatical maior no inglês, sem dúvida são as preposições!

    Só fiquei com uma dúvida: no caso de “want to” e “need to”, a preposição faz parte da regência do verbo ou ela faz parte do verbo seguinte que está no infinitivo?

    • 10/12/12  
      Wesley diz:

      Também fiquei com a mesma dúvida. Pra mim nesses casos o TO faz parte da indicação do infinitivo do verbo que está na frente. Nos demais casos fica claro que ele está como preposição.

  • 10/12/12  
    Murilo diz: 2

    Muito Bom!!

  • 11/12/12  
    Diego Souza diz: 3

    No exemplo do post está escrito “LOOF FOR”
    Parabéns pelo post! sempre aprendo com vocês

    • 11/12/12  
      Alessandro diz:

      Texto corrigido.

      Obrigado, Diego.

  • 11/12/12  
    mario diz: 4

    Na minha concepção os exemplos”need to e want to”, não deveriam constar aqui, pois fazem parte da grande gama de verbos seguidos por infinitivo. Ficou um pouco confuso.
    Reparem os exemplos inversos:
    What do you need it for? (Pra que você precisa dele?)
    What do you want it for?(Pra que você o quer?
    Entretanto esse é um ótimo assunto pra se abordar, pois constitui um” puzzle” para a maioria dos estudantes, embora não seja tão importante na linguagem falada.

  • 13/12/12  
    Vit diz: 5

    Isso confunde muito… eu nao entendi quando usar. por exemplo , i want to start a new diet. eu usaria i want , sem o to. Estaria errado entao ? eu usaria o to se a frase fosse assim , exemplo : i want to my diet give me results.
    want to e have to, sempre me dão problemas, alguém me explica quando usar o to e quando não usar ?eu pensava que esse to era pra dar o sentido de ” tenho que ” , “quero que ” .

    • 22/01/16  
      Diego Garcia diz:

      Vit, vc só vai usar o to se a palavra a seguir for no Infinitivo. palavras no infinitivo são aquelas que terminam em AR, ER, OR… exemplo: ApresentAR, AmprendER, MontadOR. entendeu?

  • 13/12/12  
    ADEMIR diz: 6

    bem eu gostei muito mas, se eu digitar no tradutor do Google ele dispensa a preposição e da a mesma tradução.

    • 26/06/17  
      Érick Duarte diz:

      Isso se deve que o Tradutor do Google não é muito confiável, ele ainda erra bastante coisa.

  • 17/12/12  
    Vinicius diz: 7

    Queria saber sobre o Sorry About.

  • 28/12/12  
    Júnior Gonçalves diz: 8

    Eu gostei muito do artigo! É um texto curto, simples e com bons exemplos para praticar.

  • 24/03/16  
    Tatiana Buzaneli Ta diz: 9

    Gostei das dicas, mas também acho que “need to start” e “want to leave” não deveriam estar na lista de exemplos porque os verbos que aparecem depois (to start e to leave) estão no infinitivo.
    Melhores exemplos com o uso da preposição TO seriam Expect to something, Decided to something ou ainda Promisse to something…

    • 24/03/16  
      Camila Oliveira diz:

      Hello Tatiana, how are you?

      Bom, acredito que o uso os verbos want to e need to deveriam estar nesta lista, pois correspondem ao tópico discutido. =P

      O que pode parecer estranho é que aprendemos que a preposição não pode vir seguida de verbo, contudo, infinitivos não são verbos. Na verdade, infinitivos podem ser substantivos, advérbios ou adjetivos.

      Uma dica é pensar: “se é verbo, eu consigo conjugar em todos os tempos verbais.” Você não consegue/pode adicionar -s, -d, -ed, -ied, will aos infinitivos.

      Se nos atermos apenas ao exemplo dado pela colaboradora Mônica (look at e look for), realmente acharemos que está errado, pois não há mudança de sentido nas palavras want / want to e need / need to. Principalmente se traduzirmos para o português, pois como ela mesma disse: “é importante observar que se compararmos as frases em inglês com o português nem sempre a preposição se faz necessária na nossa língua. Como nos seguintes casos: want to, listen to, need to, wait for, pay for e play with.”

      Enfim, é só lembrar que infinitivo não é verbo que o uso da preposição to se faz necessária!

  • 01/11/16  
    Rodolfo Barbosa Fer diz: 10

    “You work for me”. You belong to me, right ?… RIGHT !!!!” (Negan, The Walking Dead).

    Boa opção não só pra estudar inglês, quanto a parte de gramática.