Chicago sem agência - Passo a passo

Olá pessoal, sou novo no fórum e o encontrei através de buscas que venho fazendo para montar minha viagem de intercâmbio.

Preciso dar uma aperfeiçoada no inglês para voltar ao Brasil e prestar um exame de proficiência (ICAO). Estou aproveitando que sou recém-formado e o mercado está frio na minha área para aplicar uma grana guardada em um intercâmbio.

Acredito, embora ainda não tenha pesquisado para me certificar, que fazer tudo "fora de agência" tornará meu programa mais barato, possibilitando aumentar o tempo de permanência lá. Dessa forma, estou pesquisando aqui no fórum e em outras fontes, escolas que ofereçam cursos modulares intensivos no padrão ESL (English as second language).

Pesquisei no fórum e não encontrei um tópico discutindo sobre como montar seu próprio programa ou uma lista de escolas interessantes a conhecer. Então criei este tópico para ir postando os meus progressos nessa organização.

Toda ajuda ou sugestão será muito apreciada.

Ainda estou nas tarefas iniciais, acabo de receber o passaporte e pretendo dar início aos trâmites do visto na próxima semana. Como estou organizando fora de agência, o visto pretendido será o B1/B2.

Alguém tem uma sugestão de escolas com boa relação custo/benefício para sugerir?

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Dourado 1095 2 23
Eu fiz em setembro na Kaplan em New York. Gostei bastante da experiência, você conhece muita gente e pratica um bom inglês. Por sorte na minha turma só tinha eu de brasileiro (estava na de Proficiency), o que é sempre uma boa. Nas pesquisas que eu fiz foi uma das com preço mais em conta (e muito, muito mais barato que fazer por agência). Mas é bem verdade que fiz tudo muito rápido, já que tive que mudar minhas férias de última hora, então pode ser que existam algumas outras mais baratas. De qualquer forma, eu recomendo a Kaplan, é uma escola muito boa.

Tome cuidado que com o B1/B2 você não consegue fazer intensivo, já que o curso ultrapassa o limite para o tipo de visto (se não me engano 3 horas por dia). O meu também era, e só consegui fazer o Vacation English. As aulas são as mesmas, a diferença é que no intensivo você tem uma aula diária a mais. Eu acho que não precisa de agência pra fazer o visto de estudante não, dá uma ligada na escola que você escolher e pergunta.

Ah! E leve em conta também que muito do que você aprender vai ser fora da escola. Aproveite ao máximo para conversar com pessoas de fora. No seu grupo de amigos procure sempre ter gente de outros lugares (vai ser impossível não ter brasileiros, hehehe), isso força você a falar em inglês.
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Obrigado pela informação sobre o tipo de visto, estou em busca do curso intensivo que não seria viável para o B1/B2.

Dei uma lida na página dos tipos de vistos e encontrei as seguintes opções. Ambas exigem o I-20, portanto agora será pré-requisito escolher a escola antes de preencher os papéis de solicitação do visto.

Visto F-1 (Estudante Acadêmico)
Para aqueles que pretendem frequentar um programa de estudo nos Estados Unidos, incluindo estudo acadêmico numa universidade ou escola de idiomas e possuem o documento I-20 válido emitido pela instituição.

Visto M-1 (Estudante Vocacional)
Para aqueles que foram aceitos para um programa de estudo vocacional ou não-acadêmico nos Estados Unidos e que possuem o documento I-20 válido emitido pela instituição.
Ola Luís, realizei o meu curso na EF - Education First e posso dizer que obtive um aprimoramento considerável, atingindo assim minha satisfação dentro daquilo que buscava. Além de haver escritórios da escola aqui no Brasil, algo que facilita bastante pois não há intermediários e isso agilisa qualquer imprevisto seja antes ou durante ao embarque.
Eles oferecem acomodação em casa de família inclusa no valor do curso, pelo período de permanência. Eu fiquei os 6 meses que estive lá e adorei a minha familia, além de ser mais econômico.

Na EF também pode ser realizado os preparatórios e as provas de proficiência, existe uma escola exclusiva da EF em Chicago onde recebe apenas pessoas acima de 25 anos, algo que fica mais focado para um ambiente de pessoas adultas.

Algo que vem de encontro com o que você procura é também o limite por nacionalidade que eles possuem, pois sendo eles a propria escola é possível ter um controle de quantos brasileiros estão sendo enviados para realizar uma melhor distribuição e ter salas de aula mais ecléticas com nacionalidades diferentes.