Palavras de Alta Frequência no inglês

Você já ouviu falar em “palavras de alta freqüência” (high frequency words)? Pois elas são as palavras mais comuns numa determinada língua. E qual a importância de se conhecer essas palavras para o aprendizado de uma segunda língua?

Atualmente alguns estudos mostram que se focarmos intencionalmente no aprendizado dessas palavras o aluno automatizará seu conhecimento durante a leitura e com essa automatização terá mais recursos cognitivos para lidar com elementos textuais ainda não automatizados, levando, então, a uma melhora na compreensão de texto. Isso porque as palavras de alta freqüência, em geral, têm muito mais significados e funções gramaticais do que palavras de baixa freqüência. Se simplesmente batemos o olho num texto e reconhecemos as palavras de alta freqüência temos o conteúdo do texto revelado. Essa é, inclusive, uma estratégia de leitura muito importante.

Até agora me concentrei nas vantagens relacionadas à habilidade escrita, mas é importante lembrar que realmente conhecer uma palavra significa saber como pronunciá-la, escrevê-la e usá-la. Assim, esse conhecimento se estende a uma melhora na compreensão de textos falados e na produção escrita e oral.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Curioso para aprender algumas dessas palavras? Que tal começar aprendendo os cinco verbos mais freqüentes na língua inglesa?

  • TO HAVE – I have a red car. (Eu tenho um carro vermelho.)
  • TO SAY – What did you say? ( O que você disse?)
  • TO DO – Can you do me a favor? (Você pode me fazer um favor?)
  • TO TAKE – I’ll take the wine. (Eu vou levar o vinho.)
  • TO LIVE – Where do you live? (Onde você mora?)

Até a próxima!

Mônica

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

Mostrar 9 comentários