A Imersão Total no Apendizado do Inglês – Parte I

Imersão Total - CérebroOi pessoal, sou o Roberto Rocha, colaborador do English Experts, vocês podem ler alguns textos meus publicados na aba colaboradores. Para brindar o meu retorno ao blog em grande estilo, gostaria de lhes dar algumas dicas a respeito de um tema de grande importância para o estudante autodidata de inglês – a Imersão Total.

Algumas décadas atrás, dois cientistas alemães rejeitaram a abordagem de que a aprendizagem ocorria em blocos, e se voltaram para a abordagem totalmente revolucionária e holística conhecida como a teoria de Gestalt.

Para assimilarmos uma nova habilidade precisamos imergir totalmente no assunto, nos envolver totalmente no processo, desta forma todo o pensamento e foco se voltam para aquisição de um novo conhecimento. As crianças têm uma grande facilidade em imergir de forma bastante natural naquilo que querem aprender, mas à medida em crescem até atingirem a idade adulta, essa habilidade parece diminuir progressivamente devido a outras prioridades do dia a dia.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Uma explicação científica para a imersão é que quando imergimos num determinado assunto criamos uma recombinação acelerada das conexões intercelulares em nosso cérebro e colocamos em movimento um procedimento nas unidades de informações que serão combinadas e recombinadas com todas as possibilidades, até uma solução ou aquisição de alguma habilidade. Por assim dizer, a imersão pode ser desenvolvida e resultar em habilidades espantosas no que se refere ao aprendizado de um novo idioma.

Como fazer imersão para o aprendizado do inglês?

É preciso estar ciente de que para a realização da imersão precisamos estar dispostos a sair da zona de conforto e desenvolver alguns requisitos que vou descrever a seguir:

1 – Perseverança: Uma vez iniciado o processo de imersão, você deve estar disposto a conduzi-lo até o seu término, não importam as dificuldades. Procure visualizar o sucesso que lhe espera do outro lado da barreira da imersão. Jamais perca o foco no seu objetivo, que neste caso específico é falar inglês com desenvoltura e proficiência. Procure fazer uma agenda para as suas atividades de imersão e premie-se ao atingir cada etapa do processo. Estabeleça as suas metas e cumpra-as uma a uma.

2 – Use variadas fontes de aprendizagem: Além do seu livro, use também outros recursos de aprendizagem tais como: filmes em DVD, seriados da TV, entrevistas, discussões, musicais diversos, ipod, chat na internet, etc. Você pode ainda gravar a sua própria voz inglesa num mp3 e ouvi-la várias vezes.

3 – Duração: Quanto mais tempo você puder disponibilizar, melhor para você ultrapassar a sua barreira de imersão. Faça intervalos entre os blocos destinados às atividades.

Na segunda parte desta série apresentarei algumas dicas de como desenvolver um projeto de imersão.

Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo nível. Clique aqui e saiba como.

I will see you soon.

Roberto

Roberto Rocha

Roberto Rocha é professor de inglês, apaixonado pela língua inglesa, além de ter ampla experiência na comunicação com turistas. Mora atualmente no Rio de Janeiro e colabora periodicamente com o English Experts.

Mostrar 3 comentários