Como Encontrar sua Voz Inglesa

Com o objetivo de melhorar a pronúncia, eu criei o hábito de gravar as conversas que tenho com amigos americanos via Skype. Isso é muito interessante, pois posso escutar os diálogos novamente e com isso ir me avaliando. Essa prática já me rendeu uma considerável melhora na fluência.

Alguns dias atrás aconteceu uma situação interessante. Eu mostrei uma dessas gravações para minha irmã, que também está estudando Inglês. Adivinhem o que aconteceu? Ela não reconheceu a minha voz. Eu achei isso interessante e ao ouvir com mais atenção percebi que ela tinha razão, a voz que eu uso para falar em Português é diferente daquela que uso para em Inglês. Esse episódio me lembrou de um artigo escrito por Jason Bermingham na revista Speak Up. Veja o que ele diz:

Portuguese is a more nasal language than English […] If you are a Brazilian who speaks English, you need to reduce the amount of air entering the nasal cavity. But remember no air is as bad as too much air. If you cut off the flow, it will sound as if you have a stuffy nose.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Traduzindo… O Português é um idioma mais nasal do que o Inglês […] Se você é um Brasileiro que fala Inglês, você deve reduzir a quantidade de ar que entra na cavidade nasal. Mas lembre-se nenhum ar é tão ruim quanto muito ar. Se você cortar totalmente a corrente de ar, ficará parecendo que você está com o nariz entupido.

Esse mesmo artigo apresenta um teste muito interessante. O teste revela se você tem uma voz nasal (ideal para quem fala Português) ou não (ideal para quem fala Inglês). Siga as instruções: comece a contar em Inglês (é claro) de 1 até 10 (one, two, three…), quando você chegar no 5 (five) feche o nariz e continue contando. Se a mudança for quase imperceptível isso quer dizer que você está pronunciando corretamente. Interessante, não é?

Talvez isso explique porque a nossa voz muda de acordo com o idioma que estamos falando. Só uma dica, não faça esse teste no trabalho. Os seus colegas poderão achar que você está pirando. ;-)

That’s all folks!

Se você gostou desse artigo provavelmente vai apreciar também as dicas abaixo:

Best Regards,

Referência: Revista Speak Up Nº218

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 154 comentários