A construção do conhecimento

Hoje tenho 4 dicas de vocabulário: step down significa renunciar, fazer as pazes é traduzido como make up, plano B em inglês é backup plan e por último, olha que bacana, dar as mãos é join hands.

Gostaram da dica? Provavelmente você deve estar aí na frente do seu computador um pouco decepcionado com as 4 “ótimas” dicas de hoje. Não era bem isso que você esperava de um post do EE não é mesmo? Pois bem, Concordo com você!

Alessandro, onde você quer chegar com esse papo?

Vou explicar, alguns leitores sugeriram que as dicas do twitter fossem enviadas com tradução e exemplos. Além disso, uma pessoa pediu que os posts semanais com os tópicos mais interessantes publicados no fórum também fossem feitos com a tradução para não ser necessário clicar nos links.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Quem acompanha o EE sabe que boa parte do site foi feito com base em ideias enviadas pelos leitores, com a questão acima não foi diferente. Depois de pensar bastante cheguei à seguinte conclusão. É possível melhorar as mensagens do twitter e os boletins do fórum incluindo as traduções quando possível, no entanto isso não iria trazer um grande diferencial para o aprendizado.

Com relação ao boletim semanal do fórum, é praticamente inviável fazer um post com todas as informações contidas nos tópicos (mesmo que sejam traduções), os tópicos do fórum são muito dinâmicos, os membros estão a todo momento enviando contribuições que agregam mais conhecimento. Eu já me surpreendi várias vezes com questões que eu encarava como verdades absolutas. É impressionante, sempre alguém aparece com uma novidade. Essa é a beleza de um fórum. Lá o conhecimento está em constante evolução.

No twitter a questão é outra, os 140 caracteres não permitem que as dicas sejam completas, uma informação pela metade pode às vezes mais atrapalhar do que ajudar um estudante de idiomas. Outro ponto é o fator concorrência, ler uma dica dentro da timeline do twitter chega a ser perda de tempo, não é possível aprender (de verdade) uma palavra nova com uma passada de olho de fração de segundos. No twitter usamos a técnica “scan” de leitura, muito útil para encontrar o que precisa, mas pouco efetiva para o aprendizado.

Então qual é o seu objetivo? Diz aí!

O meu objetivo com as mensagens do twitter e os boletins do fórum é chamar você para conversar sobre determinado assunto. Algo como: “olha só gente, estamos discutindo se é possível aprender inglês em 100 dias, venha participar”, ou ainda, “estamos conversando sobre como utilizar o have em inglês, você se interessa?”. Acredito no aprendizado a partir do diálogo.

Alessandro, será que isso funciona?

Lanço aqui um desafio. Sem voltar ao início do texto tente se lembrar das 4 palavras em inglês e suas respectivas traduções.

Se não se lembrou, fique tranquilo isso é normal. Se você conseguiu lembrar está de parabéns, no entanto, veja só a quantidade de informação que você perdeu nos links abaixo:

Posso apostar que amanhã você vai se lembrar de bastante coisa que leu nos tópicos acima. Com certeza muito mais do que se tivesse lido apenas os itens no início do post.

Galera por hoje é só! Comentários, sugestões e críticas são sempre muito bem-vindas.

See you!

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 23 comentários