Desafio: Pay attention in the teacher

Olá, amigos do English Experts! A expressão pay attention é muito utilizada por professores de inglês durante as aulas, essa expressão tão útil é frequentemente utilizada com a preposição incorreta. O desafio de hoje tem a ver com esse tema. Não deixe de acessar a pista que está no tópico: 7 expressões úteis do inglês.

Agora vamos ao desafio.

Frase em Português: “Preste atenção na professora.”
Erro comum em inglês: “Pay attention in the teacher.”
Identifique o erro na frase em inglês e envie nos comentários, se possível envie também uma justificativa. A resposta será publicada amanhã neste post.

Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.
Começar agora!

Aguardo sua participação.

Good luck!

Você tem dificuldade de se lembrar das palavras e expressões em inglês? Tem a impressão que o esforço não está dando resultado? Você pode estar estudando inglês da forma ineficaz! Aprenda as técnicas utilizadas por aqueles que se tornaram fluentes. Experimente por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts.

Nota: Desafio extraído do livro Michaelis Dicionário de Erros Comuns do Inglês. É importante observar que o erro é apresentado no livro não como algo negativo, mas como um fenômeno inerente ao processo de aprendizado.

Atualizado em 29/10/2011

Resposta do desafio

Errado: “Pay attention in the teacher.”
Correto: “Pay attention to the teacher.”
Explicação: o padrão correto, nesse caso, é pay attention to someone/something. Pay attention to what I’m saying! / Preste atenção ao que eu estou dizendo!

Hora de Praticar

O nosso parceiro está oferecendo 15 minutos de Aula Grátis para você colocar em prática o que acabou de aprender. Não perca essa oportunidade.

Acessar Código Promocional

Mark

Mark Nash

Mark G. Nash, canadense, reside no Brasil há quatorze anos. Formado em Teoria da Comunicação pela McGill University e Antropologia e Semiótica pela Trent University. Autor de 10 livros na área de linguística aplicada pelas editoras Melhoramentos (Michaelis) e Disal.

Mostrar 153 comentários