Por que "was" no fim da frase?

Give me her wand. We'll see what her last spell was.

Minhas perguntas são: quando podemos usar esse tipo de estrutura frasal e se podemos transferir "was" para depois de "what".

Teste de Nível Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
6 respostas
Simon Vasconcelos escreveu:Give me her wand. We'll see what her last spell was.

Minhas perguntas são: quando podemos usar esse tipo de estrutura frasal e se podemos transferir "was" para depois de "what".
Porque a pergunta está na afirmativa, ela não está na interrogativa. Se ela estivesse na interrogativa, dir-se-ia "What was her last spell?". Então, o verbo To Be no passado "Was" posiciona-se para antes do sujeito, que é "Her last spell". Agora, como esta frase sua não é uma frase interrogativa, então o "Was" não fica antes do sujeito, porque você deve lembrar que o verbo auxiliar (neste caso, o "Was" acaba sendo o verbo principal da frase também) vai para antes do sujeito somente nas perguntas (cuja ordem fica "Verbo To Be no passado + Sujeito + Complemento", e como esta frase não é uma pergunta, ela fica em sua ordem normal, que é "Sujeito + Verbo To Be no passado + Complemento". Espero que você tenha entendido.
Na frase, "what" une duas frases, "We'll see..." e "Her last spell was." What é uma conjunção. E nas frases, existem sujeito e verbo, por isso o "was" está no final da frase, após o sujeito "Her last spell".

Basicamente, você usa "was" depois de "what" quando "what" é um pronome, ou seja, uma palavra que substitui o nome, o substantivo, o sujeito da frase.
Henry Cunha 3 17 182
Uma análise simples de " We'll see what her last spell was.":

Sujeito: We
Verbo: will see
Objeto Direto (respondendo à pergunta 'what?`): what her last spell was. (ou) what was her last spell.

"What" é um pronome aqui, que pode ser substituido por "whatever".

A estrutura funciona também com o pronome "who" (ou "whoever"):

We'll see who her boyfriend is. / We'll see who is her boyfriend.

A re-estruturação é permitida quando empregamos BE na frase que forma o objeto direto. Se usarmos um outro verbo de ação, só uma opção é possivel. Por exemplo:

We'll see what her last spell says (does, suggests, etc.).
We'll see who her boyfriend likes (calls, looks at, etc.).

A razão está óbvia. O verbo BE é um verbo de ligação, de estado de ser, flexível de posicionamento entre sujeito e predicado (My name is Henry. = Henry is my name.). Os outros denotam uma ação, e precisam ser colocados após seus sujeitos para que a frase faça sentido.
Desculpe-me, Simon Vasconcelos. Minha resposta está errada, e a explicação do Henry Cunha está corretíssima. É a segunda vez que cometo um engano aqui. Na primeira, por distração, devido à qualidade da conexão. Agora, devido ao áudio picotado, falho, também da conexão. (Em geral, pergunto a um professor canadense ou a uma jornalista americana as questões que aparecem aqui, usando a webcam). Essa "empresa azul" é ruim tanto na telefonia móvel quanto na conexão 3G. Mudo hoje mesmo.

Henry Cunha, obrigado pela correção!
Henry Cunha 3 17 182
Jack, it's just that we can't really treat "what her last name was" as an independent clause, right? Having a verb in it isn't a sufficient condition.

See here: " Remember that a dependent clause always contains a subject and a verb, but it cannot stand by itself." (http://grammar.ccc.commnet.edu/grammar/clauses.htm)
Anúncio Descubra seu nível de inglês em 15 minutos! - Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu inglês.

Começar agora!
Henry, right. Mind you, I texted to this teacher YOUR answer and he replied, "Jack, that's exactly what I told you". So, I recalled our videocall chatting, his, with an excellent 4G connection, me and my faulty (not even a) 3G. In a moment of our talking, he said "Pay ATTENTION, in this CASE, 'WHAT' is not a CONJUNCTION..." and I heard, "ATTENTION... CASE... 'WHAT'... CONJUNCTION..." and then I happily wrote here, "What is a conjunction." So, now, I don't do this anymore because I'm not a stupid subscriber to that terrible 3-blue-man cellphone company. Done. Enough. And once again, sorry, everyone and thank you, Henry, for keeping up the high educational level in this forum!
Ainda precisa de ajuda? Confira algumas opções:
  1. Clique no botão "Responder" (abaixo) e faça sua pergunta sobre este assunto;
  2. Faça uma nova pergunta;
  3. Converse grátis com um professor nativo por 15 minutos: Saiba como!