A dificuldade de soletrar em inglês

Lendo uma matéria no site : http://controleremoto.tv/blog/2010/04/s ... ucacional/


me deparei com uma parte curiosa:
ao ouvir o som “i”, tem inúmeras possibilidades de soletração. Ela tem o som /i/ equivalente às escrita de: “ee”, como na palavra see (pronúncia: /ci/); “eo”, como em people (pronúncia: /pípol/); “oe”, como em phoenix (pronúncia: /fíniks/); “ey”, como em key (pronúncia: /ki/), dentre inúmeras outras que eu não seria capaz de citar. E eu mencionei apenas UM som de vogal. Imaginem agora as outras vogais. E agora imaginem também as consoantes. E as consoantes dobradas, sem a menor regra clara além da morfológica.

E que obstáculos tem uma criança que fala o português? As velhas pegadinhas de “com-agá-ou-sem-agá”? O fonema /s/, que pode ser escrito com “ss”, “sc”, “s” ou “c”? Com hífen ou sem hífen? Jota ou gê?

Realmente, o inglês é muito maldoso, tem menos regras que o português, mas o idioma faz agente se confundir.

Door e Poor, só muda a letra inicial, mas quando é pronunciado, só sobre o sonzinho do "r" em comum!

Isso aqui é só para vocês pensarem, e verem, que o português tem algumas vantagens!
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste agora GRÁTIS em apenas alguns minutos.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário Marlon X19 1005 4 16
lol lol lol lol

Verdade, o ingles escrito é algo TOTALMENTE sem sentido algum, de ponta cabeça... engraçado esse caso do POOR e DOOR, pois eu tive dificuldades de entender, mas eu aprendi uma coisa quando se trata de inglês - NUNCA PERGUNTE: POR QUE SE ESCREVE ASSIM? rsrsr... Apenas abaixe a cabeça e escreva, não questione. ;)