7 ótimas desculpas para não estudar inglês

Imagine esta situação: certo dia você coloca na cabeça que quer aprender inglês. Você acha esse objetivo super legal e se sente motivado vislumbrando as coisas que poderá fazer quando finalmente aprender. Você come, dorme, pensa e respira essa ideia o dia todo, todos os dias. Depois de investir muito tempo, você perde o interesse e simplesmente para. Isso já te aconteceu?

Isso acontece com muitos estudantes de idiomas. Muitas vezes por conta de alguns pensamentos que são verdadeiras desculpas para não avançar nos estudos.

1. “Eu acho que eu não consigo aprender isso”
2. “Eu não estou indo a lugar nenhum”
3. “Eu não sei o que fazer depois”
4. “Eu não tenho tempo de praticar”
5. “Eu perdi o interesse. Por que me preocupar?”
6. “Talvez meu objetivo não seja tão bom assim”
7. “Aquela pessoa começou agora e já sabe bem mais do que eu”

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Se um ou mais desses pensamentos já atormentaram sua cabeça, aqui estão algumas dicas interessantes para libertar sua mente e te colocar de volta nos trilhos:

1. “Eu acho que eu não consigo aprender isso”

Esse é o pior pensamento possível e o primeiro que deve ser evitado.

Não consigo aprender inglês! Por quê? – Uma pequena história contada por Mikhail Gorbachev – “aquele da União Soviética” – em seu livro Perestroika.

Todos nós somos capazes de aprender. Nada nem ninguém pode impedí-lo(a) de alcançar seu objetivo, a não ser você mesmo. Não permita em hipótese alguma que você se torne seu maior inimigo. Lembre-se sempre disso: se você quer, você pode. Siga em frente e não deixe que nada te desanime.

2. “Eu não estou indo a lugar nenhum”

Após passar horas e horas estudando inglês das mais variadas formas, nada parece estar ajudando muito. Como se você não estivesse conseguindo progredir no aprendizado. Você se sente como se estivesse com os pés cravados no chão, como se não conseguisse se mover. Aqui está uma dica importante para essa situação:

Encontre a forma mais adequada de estudo: Muitas vezes, o fato de uma pessoa não estar conseguindo aprender inglês simplesmente ocorre porque os métodos que ela utiliza não são os métodos que ela mais gosta. Se você não gosta de estudar inglês do modo tradicional, como nas escolas e cursos, tente algo diferente. Existem muitas alternativas super eficientes e válidas para aprender inglês, como por exemplo, músicas, seriados, filmes, vídeos do Youtube, entrevistas etc. Minha recomendação é a seguinte: encontre o método ideal para o seu perfil.

3. “Eu não sei o que fazer depois”

Você está determinado a aprender inglês, encontrou um método que te agrada, te diverte e que funciona. Você se sente animado e confiante e sabe quais são seus objetivos, mas não sabe exatamente quais são os passos que precisa dar para alcançá-los. Você estuda muito, mas também encontra muitas dúvidas e dificuldades. Aqui estão algumas dicas úteis para eliminar os obstáculos que poderão ser encontrados no caminho:

Faça pesquisas: Sim, não há como fugir disso! Quando surgirem dúvidas relacionadas a algo novo que você aprendeu, será necessário pesquisar para eliminar essas dúvidas. Não tenha preguiça! Seja um pouco autodidata! Por sorte, vivemos numa época em que temos toneladas de informações disponíveis à distância de apenas alguns cliques. Se surgir alguma dúvida, pesquise no Google! As chances de outras pessoas já terem tido a mesma dúvida ou dificuldade são muito grandes. E, certamente, questões similares às suas já foram respondidas por alguém.

Peça ajuda: Não há nada errado em pedir ajuda para outras pessoas quando houverem dúvidas e dificuldades em aprender alguma coisa. Eu pessoalmente já entrei em contato com pessoas que são experts em inglês, até mesmo americanos, por causa de alguma dúvida que eu tinha e não conseguia encontrar a resposta.

Participe de fóruns: A participação em fóruns também é altamente recomendável para qualquer pessoa que esteja querendo aprender inglês. Procure por bons fóruns, que tenham bastantes membros e participe. Comece tentando responder tópicos que você já tenha algum conhecimento, tente ajudar outras pessoas. Depois, crie tópicos com questões interessantes. Você certamente receberá algumas respostas super úteis e poderá até criar relacionamentos com algumas pessoas. Uma dica de um excelente fórum para participar é o próprio fórum do English Experts!

4. “Eu não tenho tempo de praticar”

Certamente você possui 10 minutinhos por dia que poderiam ser aproveitados para praticar seu inglês. Um dos maiores erros é pensar que é necessário de duas ou três horas diárias para essa atividade. Em alguns casos elas até praticam, mas apenas algumas horas só uma vez por semana. Ou uma vez por mês. Essa não é a maneira mais eficiente de aprendizado que pode ser utilizada.

A maneira mais eficiente de praticar novos aprendizados de inglês consiste na repetição. É muito mais recomendável praticar as novidades aprendidas todos os dias, por pelo menos 10 minutos, do que deixar para praticar no fim de semana, por duas, três ou até quatro horas. A explicação para isso está na forma como nosso cérebro guarda as informações que ele recebe: quanto mais repetimos uma informação para ele em curtos espaços de tempo, mais facilidade ele tem para registrar essa nova informação. Use isso a seu favor!

5. “Eu perdi o interesse. Por que me preocupar?”

Por uma razão qualquer, em um determinado momento, você perdeu o interesse que tinha em aprender inglês e deixou para trás todo o árduo caminho de aprendizado que já havia percorrido. Para recuperar aquela sua antiga e poderosa motivação, existe algumas atitudes que podem ser tomadas. Veja abaixo:

Volte no tempo: Viaje no tempo e lembre-se porque você decidiu aprender inglês. Lembre-se de quando te bateu aquela vontade de aprender um novo idioma. Por que isso te parecia tão excitante? Era por alguma razão em especial, certo? É claro! Talvez fosse por querer viajar e poder conversar com falantes nativos do inglês. Talvez fosse para entender o que dizem suas músicas favoritas. Talvez fosse para entender os diálogos dos seus seriados favoritos. Talvez fosse para buscar qualificação para o mercado de trabalho e conseguir conquistar um bom emprego. Seja quais forem as razões que te deixavam motivado(a), nunca deixe elas caírem no esquecimento. Coloque suas maiores motivações sempre em primeiro lugar.

Recarregue sua motivação: Procure por coisas que costumam te deixar animado(a), veja vídeos de motivação, palestras, ouça músicas que tenham letras inspiradoras, veja um bom filme ou leia um bom livro que te motive. Essas são pequenas coisas que você pode fazer quando sua motivação está baixa e que podem te ajudar a recuperar suas forças de uma maneira incrível.

Dê um tempo: É incrível como às vezes dar um tempo no que se está fazendo e depois voltar pode recarregar suas energias também. Quando nenhum dos recursos citados acima ajudarem, simplesmente dê um tempo e depois retome seus estudos. Muitas vezes, sua cabeça só precisa “descansar” um pouco.

6. “Talvez meu objetivo não seja tão bom assim”

É muito fácil acreditar que todo o empenho e dedicação que você estava tendo para aprender inglês estavam sendo em vão.

Tenha pensamentos positivos: Simples e clara essa observação. O que você conseguirá de bom se ficar pensando que aprender inglês é uma má ideia? Com certeza nada! Eu acredito que os pensamentos das pessoas é que ditam as realidades de suas vidas. Tenha pensamentos positivos e coisas boas acontecerão em sua vida. Inclusive aprender inglês. Basta pensar positivo sobre isso e tudo dará certo.

7. “Aquela pessoa começou agora e já sabe bem mais do que eu”

Se você tem a impressão de que é a única pessoa no mundo que não aprende inglês com a rapidez que gostaria, não há absolutamente nada de errado. You’re not alone! Isso ocorre com muitas pessoas no mundo todo.

Compreenda que cada pessoa tem suas habilidades, cada um de nós é diferente. Existem pessoas que tem maior facilidade para aprender inglês e conseguem aprender muita coisa em pouco tempo. Existem também pessoas que não tem tanta facilidade assim e precisam de mais tempo para aprender. Isso vale para qualquer coisa em nossas vidas. Acredite: se você quer aprender você pode aprender!

Consideração Final

Eu realmente acredito que todos nós podemos aprender qualquer coisa, mas para isso é necessário força de vontade e dedicação. Muitas vezes acabamos desistindo de nossos objetivos por comodismo. Não é uma tarefa fácil conseguir evitar que uma hora ou outra um desses pensamentos invadam nossas mentes, mas pessoas de atitude certamente não se deixam abater e superam sempre esses obstáculos.

Responda nos comentários

Quando você está estudando inglês, o que dificulta o seu aprendizado? O que você faz para superar as dificuldades?

Um grande abraço!

Diego

Diego Cassiolato

Diego Cassiolato é estudante autodidata de inglês e ajuda pessoas online a aprender inglês através da música.

Mostrar 54 comentários