Aprender inglês com ou sem Sotaque?

Perguntas e respostasJoão Henrique comenta: “É a variedade de sotaques que enriquece o nosso vocabulário e também a fluência. Convivo no trabalho com um escocês por 28 dias e depois com um sul-africano por mais 28 dias. O resultado tem sido a melhora no meu entendimento da palavra ouvida e também no meu falar. Quanto ao sotaque, no início eu ficava preocupado em “imitar” o sotaque deles, e isso me deixava perdido quando havia a troca de escala deles, pois o outro às vezes corrigia a entonação e o meu sotaque. Atualmente não me preocupo em adequar o meu sotaque ao sotaque deles, falo com a entonação e sotaque mais adequados ao meu jeito de falar. E eles continuam me entendendo.”

João, você tocou num tema bastante interessante, muitas pessoas pensam que para falar bem um segundo idioma é necessário falar sem sotaque (accent). Acredito que isso é um engano, é possível falar muito bem o inglês mesmo com um sotaque carregado. Sempre assisto entrevistas de Alemães e eles falam com um sotaque fortíssimo, porém de forma correta.

Luciano Burti – comentarista de Fórmula 1 – resumiu muito bem a questão do sotaque em uma entrevista para o EE, ele disse “não se preocupe em errar no começo ou de ter sotaque de brasileiro porque, aliás, você é brasileiro!”. Concordo com ele, o sotaque apenas mostra a sua origem, ninguém vai zombar de você por conta do sotaque. O importante é a comunicação.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da English Live: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Leia a entrevista com Luciano Burti na íntegra.

Em outro ponto da entrevista Burti ainda diz “faço uma recomendação, não se preocupe com o sotaque, ele virá naturalmente. Conheci algumas pessoas que se preocupavam mais com o sotaque do que com a língua em si e por isso demoravam a falar com fluência”. Essa recomendação, vinda de um sujeito que consegue entender a comunicação entre pilotos e equipes, deve ser levada a sério.

Só para descontrair um pouco, confira aqui como aprender inglês sem sotaque pode ser complicado. É hilário!

Agora é a sua vez querido leitor. Gostaria de saber a sua opinião a respeito do tema: Você se importa com o sotaque?

See you!

Alessandro

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

Mostrar 43 comentários