Leituras "pesadas"[+ajuda][cérebro bugando socorro]

Hello guys!!

O intuito deste tópico é compartilhar com vocês algo que tem me afligido bastante ultimamente. Já estudo inglês há um tempinho considerável (não de forma intensa). Minhas habilidades passivas na língua estão em um nível muito bom para um não nativo( consigo ler tudo, vocabulário expandindo cada vez mais, vejo filmes e séries sem legenda, consigo entender muito bem) e as habilidades ativas estão razoáveis( consigo falar razoavelmente, longe da fluência ainda e escrevo razoavelmente também).

Rumando ao objetivo do tópico, faço faculdade e existem cadeiras que os livros-textos são todos estrangeiros. As matérias já são por si só muito complexas e precisa ter uma abstração monstra para compreender( Engenharia :x ),e ainda é preciso estudar uma alta densidade de matéria em pouco tempo. Acontece que eu vou lendo inglês e pensando em inglês, mas com o passar do tempo, acontece um relaxamento natural, e quando menos espero o cérebro tende a traduzir para português( depois de algumas horas)!

Então eu me coloco à frente de um dilema: continuo forçando a fazer tudo em inglês logo quando o cérebro "caducar" ou vou pelo jeito mais fácil de estudar: traduzindo para o português enquanto leio inglês. O meu medo é que minha mente se habitue a isto, mesmo em leituras teoricamente tranquilas, como jornais e livros não técnicos. Seria como um retrocesso. Quais dicas vocês me dariam ?

Outra coisa: tenho em mente tentar o Ciências sem Fronteiras. Estou em dúvidas entre USA, Canadá e UK. As universidades dos USA no edital não são as top( na minha área), se eu ir pra lá vai ser mais pela experiência cultural do que pela acadêmica. Por outro lado tem a opção do Canadá( que tem uma universidade entre as top da minha área, então seria a melhor opção sob o ponto de vista acadêmico) e UK, que seria mais balanceado, com o acréscimo de ter um custo de vida mais elevado e poder dar um pulinho para outros países.

Obrigado desde já e continuem com esse trabalho maravilhoso, sempre acompanho o site mesmo não participando ativamente do fórum. ;)
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste agora GRÁTIS em apenas alguns minutos.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário Telma Regina 22725 9 58 570
Olá João Paulo

Eu acho que você está no caminho certo e que é natural você traduzir seus livros de engenharia, afinal seus exames são em português. Eu também passei por isso. Fiz faculdade na área de saúde e alguns livros eram em inglês e espanhol e era necessário traduzir. Se você está assimilando bem o inglês e tem um bom "listening" não tem que se preocupar.
Quanto ao CsF, vai depender de onde você conseguir a vaga pois os países de destino tem exigências diferentes. Por exemplo, você precisa do TOEFL para USA e para o Reino Unido não. Qualquer um dos países de sua escolha preferencial são interessantes.

http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/ ... sentacao12
http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/ ... sentacao22
Avatar do usuário Sypher 955 1 1 24
Eu costumo estudar com livros de física, geologia e biologia em inglês. Algumas horas vão aparecer palavras ou expressões que são bem difíceis e vc vai precisar traduzir, sem dúvida. Mas eu considero assim: os livros em inglês são tão mais interessantes que os em português que qualquer esforço vale a pena ;)

Um problema muito sério que eu encontro, entretanto, é que eu começo a conhecer vários termos técnicos em inglês e não faço a mínima idéia de como eles são ditos em português. Isso sim dá trabalho, pq vc tem que saír fazendo várias pesquisas pela net pra descobrir como dizer aquele termo em português. Afinal de contas, durante as aulas e no trabalho, vc fala com as pessoas em português e soa muito arrogante não saber se pronúnciar corretamente na língua.
Estou também no mesmo dilema. Trabalho com TI e o que mais leio são livros técnicos em inglês (linguagens de programação em português são raras para não dizer obsoletas). No entanto, faço o possivel para abstrair o português da leitura/conversação, como se eu soubesse somente o inglês. Mas ainda sofro com vocabulários.

Aproveitando, estou aprimorando meu inglês com o intuito de participar, no fim deste ano, para o projeto Ciência em Fronteiras. Da mesma maneira, tenho interesse de ir para um desses três destinos: USA, Canada ou UK. Minha área está sem dúvida em USA. No entanto, tenho muito interesse de conhecer UK e Canada, além de preferir o inglês britânico.