Curso de inglês da Brasas é bom?

Avatar do usuário Alessandro 2970 3 9 71
Você é (ou foi) professor ou aluno da escola Brasas? Deixe aqui informações sobre a metodologia de ensino. Suas informações poderão ser úteis para estudantes que estão buscando informações sobre a escola.
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Eu estudo no Brasas faz pouco mais que um ano. Durante este período observei muitos pontos positivos se comparado com outros cursos de idioma, irei citá-los abaixo:

  1. Período de férias curto ( uma semana em julho e das semanas em janeiro)
  2. Não existe intervalo entre os níveis (livros), quando acaba um livro na próxima aula imediatamente começa o próximo.
  3. Os alunos são colocados sobre pressão várias vezes durante as aulas, isso foi realmente relevante para mim pois aprendi a trabalhar sobre pressão, ganhei velocidade de raciocínio, consegui (ainda não plenamente, mas em alto grau) pensar em inglês.
  4. Aulas animadas, bem divertidas, inovadoras.
  5. Não existe muito carinho com o aluno´, ocorre muito uma relação comercial, você paga e eles te ensinam.
  6. Se você não for bem durante as aulas pode ter que retornar para um nível abaixo.
Já formada, com algum dinheiro no bolso e após muita indecisão escolhi o Brasas. Escolha acertada! Estudei de 03/2011 a 06/2012, terminei o Book 4. Infelizmente estou saindo

Pontos positivos:
  1. Inglês desde o primeiro dia. PT é proibido.
  2. No início você fica meio perdido na classe, mas estudando em casa você se encontra! Com o tempo você vai estar totalmente adaptado a metodologia.
Pontos negativos:
  1. Não trocam o professor, meu professor é muito bom.
  2. Você não sabe o que errou nos testes, pois você não pode vê-los.
  3. É caro.
Oi gente, é a primeira vez aqui no forum. Eu dei uma olhada nele há algumas semanas quando estava decidindo em qual escola iria estudar. Minha primeira opção foi o Berlitz, mas como aqui no Rio fica um pouco longe da minha casa, decidi escolher o Brasas que tem uma unidade mais proxima de mim. Agora decidi criar uma conta aqui pra contar como foi meu primeiro dia lá no Brasas, que foi hoje.

First things first, nunca tinha estudado em um curso de inglês, porem, a internet me ajudou MUITO com o meu ingles, estou numa fase de acompanhar videos em ingles no youtube por exemplo e entender uns 95% do que é falado. Como nem tudo são flores, apesar de eu entender bem ingles, saber a pronuncia das coisas etc, eu acabo tendo duvidas em muitas coisas basicas da gramatica, portanto, no meu teste de nivelamento acabei ficando no segundo livro.

Quando fui pra aula hoje, fui super bem recebido. Todo mundo da secretaria, outros professores etc foram muito atenciosos e simpaticos comigo, parecia que eu era aluno de lá faz tempo. A estrutura da escola é excelente, tudo muito bem acabado, materiais de boa qualidade, as cadeiras das salas são bem confortaveis, o quadro é um painel de vidro fosco em que o professor escreve algumas coisas, todas as salas tem projetor, caixas de som e por ai vai. Outra coisa interessante é que na entrada tem 4 computadores que os alunos podem fazer o que quiser enquanto esperam a aula começar. Podem acessar a internet, jogar e tudo mais. Qualquer um pode usar sem precisar de autorização e muito menos precisar pagar algo.

O professor da minha sala é simplesmente excelente. Ele é divertidissimo e tem um ingles excelente (ao contrario de professores de escola normais por exemplo que mal sabem pronunciar as coisas). O ingles dele é tão bom que parece um americano nato falando. Como muitos ja sabem, lá as aulas são totalmente em ingles, o professor nunca fala ingles. O aluno até pode perguntar em portugues, mas o professor sempre responde em ingles mesmo se o aluno perguntar o quer dizer tal palavra em ingles. Achei a aula bem dinamica e divertida, o tempo (curto por sinal, apenas 1 hora e 25) passou voando.

Falando em tempo, uma coisa que me incomodou é que nem todas as filiais dão cursos de 5 dias por semana (como é descrito no site), eles só fazem os cursos de 2 aulas por semana, o que pra mim é muito pouco, nessa questão o aluno precisa ser esforçado, pois se não ele vai ter dificuldades pra aprender com um periodo tão longo entre uma aula e outra. As férias tambem são um problema, elas vão começar dia 20 de dezembro e só volta dia 4 de fevereiro, é um tempo muuuuuuuuuuuuito o que deixou muitas pessoas da minha sala preocupadas. Não só é ruim pro meu aprendizado mas ruim pra mim pois amo ingles e um mes sem casa sem estudar nada vai ser dificil. Vou ver se arranjo algum livro de ingles pra ficar fazendo pra não desacustumar.

Enfim, acho que é só isso mesmo, essa foi apenas a minha primeira impressao do meu primeiro dia de aula lá. Espero que as coisas continuem tão bem como estão.
Eu estudei no Brasas, ou melhor eu me formei lá. O Brasas é um tipo de curso que visa a conversação, mas isso não significa dizer que não é estudado a gramática ou a compreensão oral. Atualmente sou professor de um outra escola de idioma, e que infelizmente é um tipo de curso que trabalha com tradução em seu material didático e na aula.

Quando fiz o preparatório para dar aula nesse curso, fui orientado de que eu teria que ensinar os alunos através de tradução. Por isso é importante uma aula para servir de amostra, fuja de curso que trabalha com tradução. São vários os malefícios que a tradução pode trazer para um aluno que está aprendendo uma nova língua, posso tomar como exemplo os meus alunos que são de nível intermediário e que às vezes tem certa dificuldade em pensar em inglês. Costumo dizer para os meus alunos: “O contrário de pensar em inglês é a tradução”.

O Brasas é sim um curso de qualidade, não trabalha com tradução e sim te ensinando a pensar em inglês, mas se não houver o interesse do aluno de nada o método do curso valerá. Quando eu estava aprendendo o inglês no Brasas em casa eu me dedicava com 2 horas de estudos diários, com isso em mais ou menos 2 anos eu já estava fluente na língua inglesa.
Entrei no BOOK 1 e me formei no BOOK 2.
Fui professora do Brasas há 11 anos atrás, mas mantenho contato com colegas até hoje. Saí porque não conseguia conciliar o horário com a minha outra carreira (o Direito) e a maternidade, mas sinto falta até hoje.

Trabalhei em diversas escolas, mas sem dúvida foi no Brasas que me senti mais gratificada. Lá vi alunos que já se achavam "caso perdido", que chegavam no primeiro dia dizendo "olha, professora, já vou avisando que não tenho o menor jeito para inglês!", e que meses depois estavam motivadíssimos e surpresos com o próprio progresso.

O método utilizado é uma variação do audiolingual. Sim, é um método antigo - mas funciona para muita gente. Ele se baseia no uso exclusivo de inglês em sala de aula e em lições em forma de "drills" (exercícios de repetição). O professor quase não escreve no quadro e os exercícios escritos são sempre feitos em casa - na aula as habilidades utilizadas são as orais.

Apesar de se basear em repetições (gente, vamos cair na real, como é que se aprende? É repetindo! Repetindo se aprende a tocar um instrumento, a cantar, a jogar xadrez, a jogar futebol... é repetindo uma, duas, muitas vezes.), a aula não fica chata, pois o professor tem estratégias para te manter alerta o tempo todo e para tornar a repetição divertida (sim, é possível!!).

Nas filiais eles têm "Open House", que são aulas demonstrativas, faça uma sem compromisso se quiser comprovar o que eu disse aqui.

Creio que nem todo curso agrada a todos os tipos de alunos, mas eu realmente recomendo o BRASAS para todos que me perguntam (não é jabá kkkk), se o aluno simplesmente faz o que é pedido (participar das aulas e fazer os trabalhos de casa) ele já aprende MUITO! Se for proativo então... vai longe!!!!

Abraço,
Maite
Acabei de me forma no Brasas fiz a prova final sexta passada 12/12/2014.
Em julho de 2014 fiz o teste de nivelamento e fiquei no livro 7, num total de 10.
A metodologia do Brasas é totalmente voltada a conversação tanto que as redações feitas durante cada livro não compõem nota.
O ritmo da aula é intenso e frenético que não dá tempo para pensar, confesso que foi um choque muito grande para mim. todas as estruturas gramáticas são cobradas durante toda a aula. ( quem não está acostumado com pressão aconselho fazer em outra escola) havia dias que eu sai da aula todo tenso pois nos meus cursos anteriores estava familiarizado somente a leitura. e no brasas essas estruturas são cobradas na conversação.
Por exemplo essa frase:
" If I had had time, I would have had my car fixed"
essa frase o professor brinca com ela, e te pergunta para passar ela 1 condicional, 2 condicional, 2 pessoa, 3 pessoa. as perguntas são feitas uma atrás da outra de uma forma que não deixa vc pensar muito.
Logo fui me acostumando e como foi nítida minha evolução.
No livro 9 e 10 esse ritmo diminui muito os livros estão cheios de artigos e durante as aulas os alunos devem expressar suas opiniões de uma forma mais solta.
peguei uma turma de intensivo de segunda e sexta 1 horas e 30 min por dia. não foi nada barato.mais valeu muito a pena.
Não tenho nada a reclamar tanto que aprendi mais gramática no Brasas do que em qualquer outra escola mesmo aquela que o foca era na gramática.
Claro assim como qualquer outro curso depende muito do aluno e do seu comprometimento.
Comecei o Brasas em fevereiro de 2013 e com 1 ano de curso poderia dizer que sairia numa viagem para os EUA tranquilamente. Hoje, depois de quase 2 anos estou no livro 6(tem 10 livros) e sei falar MUITA coisa, a metodologia deles é excelente, nunca fiquei tão motivada a aprender inglês e nunca aprendi tanto na vida. O curso não é barato(pago R$304,00 numa unidade da zona norte) mas está sendo um ótimo investimento, sei que sairei de lá falando inglês e depois farei um intercâmbio apenas para aperfeiçoar. Mas não adianta entrar no Brasas e não estudar, na minha sala tem gente que empurra o curso com a barriga e não sabe quase nada(apenas estuda pra passar de livro, e quando passa) porém as pessoas que levam o curso a sério e estudam sabem muito. Meu professor é ex aluno de lá e fala inglês como se fosse um americano, o processo seletivo deles é bem rígido e só contratam quem sabe MESMO. Faça curso lá e não irá se arrepender.
OBS: O curso regular tem duração de 3 anos e meio
Eu fiz Brasas por 3 anos de 1996 a 1999.
O curso é maravilhoso! Não sei como está hoje em dia, pois faz muito tempo que me formei. Eu fui um excelente aluno, ganhei o Proficiency , que na minha época, você precisava ter todas as notas a cima de 8 ou 9.
você só pode falar em inglês, pensar em inglês, e se souber aproveitar bem o curso vai sair de lá falando muito bem.

Pontos - Nem todo o conteúdo do livro poderia ser encontrado nos áudios. Isso facilita muita coisa.
O material era um pouco defasado, princialmente o book 10 e o book 11. Não gostei de terem mudado o antigo Book 9 pequeno sem aproveitar muito do seu conteúdo.
Falta mais um pouquinho de gramática sim.

Pontos+
Se você estiver a fim de estudar vai sair d elá falando muito bem e não precisa fazer intercâmbio.
Ainda mais hoje que você tem a Internet e consegue aprender tão facilmente
O curso é maravilhoso!
MENSAGEM PATROCINADA Leia o e-book Aprendendo Idiomas por Conta Própria e conheça as técnicas utilizadas pelos Experts para aprender idiomas. Com ele você vai aprender a aprender inglês!

Baixar uma Amostra Grátis!
Excelente! Meus dois filhos se formaram lá. Ainda cursavam o segundo ano de ensino médio. Após 6 anos fizeram estágio fora do Brasil, tiveram sempre ótimas notas, desde o teste de proficiência até a conclusão doa cursos que foram realizar! Só tenho a agradecer a essa escola!