Curso de inglês do SENAC é bom?

Gostaria de saber se alguém estuda ou tem referências sobre o curso de inglês no Senac.

Já fiz inglês uns 2 anos na Wizard e depois um período com uma professor particular e agora pretendo ingressar em uma escola novamente e estou em dúvida entre o Senac e a Cultura Inglesa.
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Acho que nessa altura do campeonato você já tenha escolhido seu curso de idiomas, rs.

Eu já trabalhei no SENAC e sei bem os prós e contras da escola. Acredito que a metodologia seja parecida duma unidade regional com a outra, em se tratando de carga-horária, método e número de avaliações, material didático, etc.

Quanto à carga-horária, pelo menos aqui em Natal, o SENAC oferece a maior quantidade de horas/aula da cidade por nível de ensino. São 5 níves, cada um com 180 horas de duração por semestre: Starter; Elementary; Pre-Intermediate; Intermediate; Advanced (no último nível, são 200 horas, se não me engano). As aulas são 100% presenciais, de segunda à sexta, com duas horas de duração. Em paralelo, para alunos que não conseguem acompanhar regularmente suas aulas, o SENAC oferece, dependendo da região, uma equipe de monitores para auxiliá-los em suas atividades e a resolver problemas de aprendizagem.

O fator positivo: as aulas são super intensivas! É perceptível o desenvolvimento dos alunos durante as semanas. Pessoas que mal sabiam pronunciar "apple" terminam o semestre felizes por manter uma conversa bem desenrolada com um nativo (os professores geralmente levam os alunos a locais com turistas estrangeiros, como aeroportos, hoteis, etc.). O fato é que só não aprende inglês no SENAC quem não se interessa MESMO pelo idioma.

Ponto negativo: dedicação em excesso para as atividades e trabalhos pode ser bom, mas para quem tem tempo livre suficiente para tais ocupações. Quem trabalha e tem outros afazeres é um grande empecilho. A grande maioria dos alunos dos quais desistiam/cancelavam o curso (em média 15% do corpo discente) afirmaram que foram por conta do ritmo puxado de estudos e por não poder conciliar o trabalho/faculdade com o curso de inglês.

A metodologia, como frisei, deve ter suas particularidades para cada unidade regional, mas deve seguir uma mesma linha filosófica de ensino (lembremos que o SENAC não é uma escola de franquia, então há certas variações). Acredito que o material-didático utilizado nas escolas do RN seja diferente se comparado com o SENAC Pernambuco, em Minas Gerais, e assim por diante.

Quanto aos professores, pela minha experiência como funcionário da escola, principalmente por ter participado de algumas seleções de docentes, os mesmos são muito bem escolhidos e o método de seleção é bem exigente, o suficiente para afirmar que o SENAC possui uma excelente filosofia de priorizar a qualidade em detrimento da quantidade de instrutores.

Concluindo, o SENAC tem uma linha educacional completamente diferente das escolas de franquia, então tenhamos a consciência de que a instituição vai dar todo o suporte para que você tenha o melhor ensino de idiomas possível, mas não vai dar mole se você não se esforçar o bastante. O número de alunos reprovados faz parte das estatísticas da escola e isso não é posto na coordenação pedagógica como uma "tragédia", rs; faz parte do cotidiano de qualquer órgão educacional. Já nas escolas de franquia, "reprovação" soa de maneira mais pesada; então sempre se dá um jeitinho para "aprovar" o aluno por lá e não perdê-lo na matrícula do semestre seguinte.

(Falei até demais, rs. Espero ter clareado suas idéias! :mrgreen:)

Regards.
Olá, amigos! Estudo inglês no Senac - SP unidade Ribeirão Preto (interior do Estado), and I highly recommend it. Excelentes professores, cada modulo é um diferente, estrutura ótima. Um enorme acervo na Biblioteca, livros em todos niveis, diversos dicionários. Mas gostaria de ressaltar que o Senac, tem algumas peculiaridades, pois para cada estado, existe uma diretriz diferente, e uma estrutura diferente. Aqui, o curso é divido em 10 modulos (3 básicos, 3 intermediarios, 2 intermediarios avançados e finalmente 2 avançados). Autalmente o material utilizado é o TopNotch e Summit da Longman. Mas de tempos em tempos o material é atualizado. Quem morar em Ribeirão, pode estuar no Senac. excelente escola.
Oi gente,

Nom, eu estudo no SENAC aqui em Pernambuco, e eu o recomendo com toda certeza. A carga horária é um pouco extensa, cada módulo dura um semestre e tem aulas de segunda a sexta com 2h de duração. O ponto positivo é que você está sempre em contato com o idioma, e é garantia na certa de aprendizado. Você sai de cada aula com a certeza de que você aprendeu coisas novas, enriquecendo seu vocabulário, pronúncia, etc..

Bom, já fiz 2 módulos e cada professor tem sua metodologia. A gente sempre assiste a filmes em inglês, traduz músicas, corrige umas que estão erradas, entre outras coisas. Bom, eu gosto muito do SENAC, é o melhor, na minha opinião.

O ponto negativo é que, como eu moro em uma cidade "pequena", ou seja, não há tanta procura pelo curso do SENAC aqui, eu encontro dificuldades para me matricular no próximo módulo, porque nunca tem gente o suficiente para abrir a próxima turma, visto que, muita gente desiste por causa do ritmo puxado. Já fiquei um ano esperando o 3º módulo, enquanto isso fiz um curso em outro lugar, e conclui que, neeeeeem se compara.

Bom, pra mim, esse é o único ponto negativo daqui. Acho que nas capitais esse problema não acontece, já que deve haver mais procura.

Bom, é isso.

Espero ter ajudadoo =*
Bom, eu só fiz 2 módulos no SENAC, no primeiro a gente tinha muito contato com o português ainda, além do inglês, claro.
No segundo, o professor já começa o primeiro dia falando só em inglês, tals.. mas nada que a gente não entenda,
no segundo módulo, as aulas tem muito pouca participação do português, mas ele ainda permanece.

Eu acredito que a partir do terceiro módulo, as aulas sejam ministradas apenas em inglês, já que os alunos já conseguirão dialogar, entender..

Tudo depende do desenrolar da turma, do método do professor.. mas creio que, a partir do 3º as aulas sejam somente em inglês.