Pronúncia de Want e Weren't

Ola, Gostaria de saber qual a diferença destas 2 palavras. Já a ouvi 1 milhão de vezes e eu nao consigo encontrar a diferença. No inglês americano a diferença e mais obvia porque o som do "r" e mais forte (uoRnt), mas no britânico (que e o que eu quero) eles quase não pronunciam o R, então não consigo ver a diferença entre as duas palavras.Obrigada.
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Rodzilla 30
Want tem um som vocálico um pouco mais aberto, e possui apenas uma sílaba.

Weren't tem um som vocálico um pouco mais fechado, e possui duas sílabas, por isso a palavra é pronunciada em dois impulsos, ao passo que "want" possui apenas um.
Avatar do usuário Donay Mendonça 49075 21 73 1138
Ola sou novo aqui.

Ouvi as 2 pronúncias no inglês UK e no inglês AM. No inglês UK pareceu quase o som ficou assim: UÂN-TCHI e no inglês AM o som ficou parecendo assim: UNAN-TI.
Olá, doccevida. Acredito que as respostas acima não tenham esclarecido completamente suas dúvidas, pois foram explicações pautadas no sotaque americano, não no britânico, com o qual teve dificuldades na pronúncia.

Curiosamente, a resposta do usuário "Rodzilla" está "inversamente correta"... A descrição dos fonemas pode ser aplicada ao sotaque britânico somente se observarmos que "want" é a palavra cuja vogal soa mais fechada, e isso implica que "weren't" é a palavra cujas vogais soam mais abertas.

Posso ainda me fundamentar na resposta do usuário "donay mendonça" para complementar minha resposta, pois ele apresentou os simbolos fonéticos para a palavra "want": (wɑːnt). Como pode observar, enquanto no Inglês Americano a palavra em questão é pronunciada como uma vogal longa e aberta, no Inglês Britânico ela é pronunciada com o seguinte fonema: /ɒ/. Embora esse som também exista no Inglês Americano, nota-se facilmente que a sua pronúncia distingue nos dois sotaques. No Inglês Britânico, que o interessa, essa som é pronunciado de modo mais fechado. Procure ouvir atentamente a pronúncia de palavras como "lot" e "not" em ambos os sotaques.

Quanto a "weren't", se bem observou a pronúncia no sotaque americano, concluiu que a segunda letra "e" não é pronunciada (bem, como se realmente houvesse a necessidade de o ser, você mesmo concorda que a diferença das duas palavras nesse sotaque é óbvia), o "r" a suprime completamente. No Inglês Britânico, contudo, "were" (sim, a forma positiva) tem a vogal como no sotaque americano, mas como um sotaque non-rhotic, como já deve saber, o "r" final não é claramente pronunciado, pois é substituído por um som chamado "schwa", o que faz a palavra, como disse acima, ter um som mais aberto. Mas o que acontece quando adicionados o "n't" à palavra? Bem, por algum motivo, o segundo "e" é pronunciado agora (antes do "n't") e, como consequência disso, ocorrem fenômenos chamados "Linking R" e "Intrusive R" (não sei se esse último pode ser aplicado no exemplo, então citei os dois), que consiste em ligar o "R" a uma vogal. Na verdade, não há nenhuma mistério no "Linking R"; aqui simplesmente o "R" existe é ligado a próxima vogal, por exemplo: "you are in". Em circunstâncias comuns, a letra "r" não seria pronunciada, estando isolada. Havendo, contudo, uma vogal à frente da consoante rótica em questão, unem-se os sons.

Sobre o "Intrusive R", observe o exemplo: "law and order"... LAW AND... LAWR AND... É exatamente o que acontece quando duas vogais se encontram: é adicionado um "R" entre si. Isso refere-se obviamente ao sotaques "non-rhotics". Assim, o "r" em "weren't" é pronunciado, pois há o encontro de duas vogais, formando um hiato. Disse acima que não estava certo se o conceito de "intrusive R" poderia ser aplicado aqui, pois, como percebe, o "R" "existe", não foi adicionado à palavra.

O site The Free Dictionary disponibiliza a pronúncia de suas palavras em ambos os sotaques; ouça claramente a pronúncia das duas palavras e acredito que logo se convencerá de que não são tão "similares":

http://www.thefreedictionary.com/want

http://www.thefreedictionary.com/weren't

Se o sotaque britânico realmente desperta o seu interesse, eu lhe recomendo o site http://www.bbc.co.uk/worldservice/learningenglish/ onde poderá ouvir podcasts com transcripts e se beneficiar de diversos outros recursos oferecidos pelo site. Noto que é imprescindível ouvir os sons do sotaque primeiramente: http://www.bbc.co.uk/worldservice/learn ... on/sounds/

Boa sorte!