Sobre abreviações, gírias e o modo comum de se falar

Existem pessoas nos Estados Unidos que não utilizam abreviações? O que elas representam culturalmente?

As abreviações são divididas por classes sociais como as gírias?

Como é o inglês falado pela classe média de New York e Los Angeles, por exemplo?

É comum as pessoas de lá quererem falar mais ou menos correto?

A linguagem da CNN ou do NYTIMES, é falada em determinada região? Posso utiliza-las como parâmetro?

Obrigado.

EBOOK VERBO GET Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. Você ainda ganha o eBook sobre o Verbo Get em seu email. INICIAR TESTE
3 respostas
  Resposta mais votada
6 48 1.1k
Existem pessoas nos Estados Unidos que não utilizam abreviações? O que elas representam culturalmente?
It depends on the moment/situation, background, if the speaker is in a formal or informal setting, his profession or occupation (a rock singer
may use lots of slangy words, a hip-hop singer still more) etc.


As abreviações são divididas por classes sociais como as gírias?
I think not. See the above answer.

Como é o inglês falado pela classe média de New York e Los Angeles, por exemplo?
New Yorkers have a colourful English, not surprising - to my thinking, since it is a hub to and from other cities in the United States, due to its airports.
And the fact that it´s a megalopolis, the well know BosWash.
http://askville.amazon.com/conurbation- ... Id=9886388
...One famous example is the BosWash megalopolis consisting of New York City, Boston, Baltimore, Washington, and Philadelphia and vicinity.

Los Angeles has Hollyood a neibourhood with plenty of artists living there, it´s a city brimming with entertainment industry and all, so plenty of communication in informal ways too.

But I am not in a position to compare them, even because someone can be in LA on a day and go to New York the next, and vice versa.


É comum as pessoas de lá quererem falar mais ou menos correto?
It´s commom and normal that people wish to communicate, express themselves. There are people that use formal or informal ways, I think that ''standard English" as per formal education is not "enforced" as many people in Brazil would like. There are many people that take it too seriously in Brazil...wait! no so fast! indeed, if we think of it, we use "other" Portuguese when we are at the streets, most of the time.


A linguagem da CNN ou do NYTIMES, é falada em determinada região? Posso utiliza-las como parâmetro?
It´s not about regional language, it´s about Journalese (the jargon language that journalists like to use: shorter, concise, to the point, and sometimes with "innuendos/hints" etc.
EBOOK VERBO GET Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. Você ainda ganha o eBook sobre o Verbo Get em seu email. INICIAR TESTE
6 48 1.1k
Just complementing the last point.
You generally don´t say, for example, "Prince Harry writes to grieving mum of 5-year-old boy who died after battling host of health problems" , "Brian McFadden praises Kerry Katona's new husband George Kay" or "Rebecca Adlington introduces baby daughter Summer."
(All headlines from the Mirror - UK).
The normal would be: wrote/praised (has been praising)/introduced.

Just to illustrate the point, there are other poetic licences they take, but the reader wants to be informed, not lectured. He knows that it´s about Journalese.
Nunca fui lá, o melhor mesmo era perguntar isso para alguém que mora ou que morou por lá, ou melhor, pra um nativo.

Existem pessoas nos Estados Unidos que não utilizam abreviações? O que elas representam culturalmente?

Todos usam as abreviações tradicionais ( aren't, weren't, etc. ). Existem as não-tradicionais, que alguns usam ( ain't ).

As abreviações são divididas por classes sociais como as gírias?

Algumas são exclusivas do Ebonics, que é de um grupo social específico, mas fora desse caso eu não sei.
https://en.wikipedia.org/wiki/African_A ... ar_English

Como é o inglês falado pela classe média de New York e Los Angeles, por exemplo?

Em primeiro lugar, diferente um do outro ( o r em Los Angeles é mais puxado, e as vogais são mais cheias ). O resto depende de outros fatores. Se é branco ou se é negro, por exemplo.

É comum as pessoas de lá quererem falar mais ou menos correto?

Existe um "Standard American English", conhecido como "General American". Você pode ler sobre ele aqui.
https://en.wikipedia.org/wiki/General_American
Dá uma olhada aqui também. Dá pra você ter uma idéia de como eles falam no dia-a-dia. O bom é que esse site pegou várias regiões do EUA.
http://www.linguistics.ucsb.edu/researc ... ara-corpus

Mas o que os nativos falam pra mim é que pelo menos as pessoas mais jovens não têm essa preocupação no dia-a-dia. Eles falam coisas como:
There's grapes over the table.
( ao invés de: There are grapes over the table. )
Mas isso alguns falantes mais velhos já acham estranho. Creio que é como em qualquer linguagem, talvez menos intenso do que no Brasil porque lá as pessoas são mais letradas.

A linguagem da CNN ou do NYTIMES, é falada em determinada região? Posso utiliza-las como parâmetro?

Se você quis dizer "parâmetro para linguagem formal", creio que sim. Mas você não usaria o Jornal Nacional, por exemplo, como parâmetro para a linguagem do dia-a-dia. Linguagem jornalística tem uma entonação e jargão próprios.