Advocate: Verbo ou Substantivo?

Lendo a BBC hj, e deparei com a manchete: NRA head: Gun control advocates 'exploiting' Florida tragedy.

Como vcs entendem a classe da palavra "advocates"? Seria um verbo no sentido de defender, apoiar? Daí o sujeito seria "gun control". Ou seria um substantivo no sentido de advogados, defensores? Nesse caso, faltaria um 'are' antes do exploit+ing, certo? Pois o sujeito seria 'gun control advocates'.

Realmente me embananei todo com a frase. Não sei se estou viajando demais.

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário NeyF 3145 2 5 66
É uma ótima pergunta.
Você está chegando no campo do journalese (jargões jornalísticos), do mesmo modo que acontece no português, as manchetes de jornais, precisam ser curtas e por isso tem um estilo que nem sempre segue a gramática, e muitas vezes ficam confusas.

Nesse caso seria substantivo mesmo. Os defensores estariam fazendo uso da tragédia para defender suas idéias.

Gun control advocates 'exploiting' Florida tragedy.
defensores do controle de armas “explorando” a tragédia da Flórida
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste agora GRÁTIS em apenas alguns minutos.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário PPAULO 38110 6 32 664
Gun control advocates 'exploiting' Florida tragedy.

Sometimes Portuguese makes puzzling tricks to our learning (pode colocar isso no departamento: "quando português atrapalha"...).

Since we are accostumed to the word "advogado", when we see the word "advocate" it triggers the Portuguese synonyms in our mind. At least in the initial phases of learning.

We even may see the word lawyer in some Thesaurus dictionary, but then we will see that as "proponent/proposer/campaigner/defender/supporter/sympathizer, etc" (so, more like someone that "advoga uma ideia/uma causa" in Portuguese.

Indeed others newspapers and news agencies had the headlines "NRA accuses gun-control advocates of exploiting FL shooting". That would explain almost completely matter at hand. But the "Journalese" (the lingo of newspapers and journalists) sums it up by using the minimum amount of words possible or acceptable. That happens because the headlines are only a "hook" (um gancho rápido), so the reader will read the whole news item afterwards.