Existe Análise Sintática na língua inglesa?

Blink 30
Olá pessoal, estou com uma dúvida. Tipo, na língua portuguesa, no ensino fundamental e no ensino médio a gente aprende análise sintática, como, por exemplo, adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto, complemento nominal, transitividade, predicativo, vocativo, orações coordenadas, orações subordinadas, entre outras coisas. Acontece que, também no ensino fundamental e no ensino médio (aqui no Brasil também) a gente só aprende tempos verbais, grau de comparação de adjetivo, superlativo, e basicamente só estas coisas voltadas um pouco à morfologia, mas não aprendemos praticamente nada mesmo sobre análise sintática deste idioma. Nos Estados Unidos os estudantes aprendem análise sintática nas aulas de inglês deles? Se existe análise sintática na língua inglesa, é mais difícil ou mais fácil do que a da língua portuguesa? Grato desde já pelas respostas.
ENGLISH EXPERTS RECOMENDA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
2 respostas
Ordenar por: Data
Donay Mendonça 63350 22 99 1538
Sim, existe.

Parsing, also referred to as syntax analysis, has been and continues to be an essential part of computer science and linguistics. Parsing techniques have grown considerably in importance, both in computer science, ie. advanced compilers often use general CF parsers, and computational linguistics where such parsers are the only option. They are used in a variety of software products including Web browsers, interpreters in computer devices, and data compression programs; and they are used extensively in linguistics. [amazon.com]
Amanda Cidri Sheppa
Olá! O estudo de análise sintática não é comum no ensino regular. A currículo de língua inglesa enquanto disciplina escolar para os nativos é mais voltado para a semântica e linguística textual - além do ensino bem puxado de literatura. Um livro didático clássico adotado em todo os Estados Unidos se chama The Elements of Style e é fácil de achar em pdf. Dá uma olha e você vai ver que, se por um lado, gramáticos escolares não encanam tanto com análise sintática, eles tendem a empetelhar muuuito com minúcias de coesão e coerências, figuras de linguagem, homonímia, isso sem falar em versificação.

Por outro lado, estuda-se análise sintática nos cursos de graduação em letras e, mano, você só sobrevive com muito sangue, suor e lágrimas. Eu me formei parecendo um panda.