Intercâmbio no Canadá: Visto Negado

camilolopes 15
Venho aqui compartilhar com vocês minha experiência e ter o visto do Canadá negado pelo consulado.

Estou à 1 mês da viagem, e também não poderia dar entrada antes, pois o consulado só aceita entrada 40 dias da viagem. E eu fiz isso, dei entrada no inicio do mês e eles levaram 8 dias para analisar, porém temos que adicionar mais o tempo do sedex para envio etc.

Mandei todas as documentações que são listadas por eles. Não deixei faltar nada e mesmo assim eles não estavam satisfeito. Falaram na carta de resposta:
"Você não demonstrou fortemente vínculos sociais e econômicos em seu pais residente e não estou satisfeito que deixaria o Canadá apos o período".

Ou seja, não comprovei que tinha vínculos fortes aqui no Brasil. De fato não enviei isso, porque não pedia lá. A única coisa de vínculo que mandei foi declaração de férias, dados de vínculo empregatício, que trabalho na empresa por mais de 2 anos já. Mas, isso não é o suficiente para eles.

Vou tentar mais uma vez, e agora vou colocar "vínculos fortemente" como imóveis, contratos profissionais, contrato bancários, declaração de pós-graduação etc. Para ver se consigo.

Mas, queria tirar uma duvida se alguém aqui já passou por isso, e se conseguiu o visto na segunda tentativa? Na carta eles falam que poderia tentar novamente desde que tivesse algo extra para apresentar, se fosse mandar os mesmos documentos da primeira tentativa, nem deveria.

Observação: tive um colega que ia viajar sábado agora 19/06, alias com a passagem comprada com essa data e nesta ultima quarta, ele recebeu a noticia que o visto foi negado, a agência de intercambio dele falhou, confundindo ele com outro aluno e disse a cerca de 15 dias atras que ele tinha sido aprovado. Mas o caso dele foi parecido com meu de não demonstrar vínculos que garantisse a volta. Agora o pior que a agência de intercambio disse para ele: "Nós erramos, mas não vamos pagar por isso, pode ir buscar seus direitos na justiça". Brincadeira né? Vou pegar o nome da agência e fazer um post no meu blog, sobre ela e para que todos fiquem sabendo e não fazer intercâmbio com eles.

Mas, quem puder compartilhar experiencia ai, agradeço.

Abraços
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
25 respostas
Ordenar por: Data
Flavia.lm 4100 1 10 95
Olá Camilo

Qdo fui ao Canadá, um amigo disse que eu poderia ter problema no consulado por causa do meu perfil: mulher, jovem e solteira. De fato, vendo só isso, não teria tanta coisa que me prendesse no Brasil (e olha que tem, viu!). Creio que não tive problemas porque embarquei com a passagem de volta já comprada, e trabalho pra uma empresa canadense que dificilmente permitiria que um funcionário agisse de má fé dessa forma.

Mas, creio que o procedimento adotado pelo consulado esteja dentro do normal; eles são obrigados a serem exigentes mesmo, uma vez que infelizmente ainda existe muita gente querendo "dar um jeitinho" e viver ilegalmente lá fora. Recomendo tentar novamente sim, anexando os documentos que mencionou.

Não tive problemas em relação ao canadense, mas o visto americano foi uma verdadeira novela (pra no final o gringo carimbar o papel sem nem olhar na minha cara).

É essencial que se tenha amparo de uma agência confiável em qualquer fase do planejamento da viagem, incluindo a solicitação do visto.
camilolopes 15
Pow Flavia legal, eh meu caso solteiro, 23 anos e independente eles acharam que eu não ia voltar, ate concordo com eles, neste ponto de vista. E também não anexei meu comprovante aéreo, e fiz isso agora. Vou tentar novamente, alias já estou tentando, enviei toda papelada que me prende aqui no Brasil, alem do comprovante aéreo, contratos, ate extrato de FGTS informado que tenho um valor X e que vou precisar resgatar com o governo brasileiro eu coloquei, fora declarações de imoveis, e ainda fiz uma carta tentando convence-lo e deixar seguro que volto para o brasil no período por ter vínculos aqui. Espero que consiga, senão será um transtorno psicológico dos grandes, pois ja tenho tudo pronto para essa viagem e já venho sonhado com ela desde fevereiro.

A respeito das empresas a agencia de intercambio é a Bil, são profissionais e dando um excelente suporte não tenho do que falar deles, e foi eles mesmo que indicaram o despachante.

Abaixo parte de minha carta:
Venho através deste documento explanar a segunda tentativa de concessão de visto para o Canadá, com o objetivo de estudar inglês durante 4(quatro) semanas. Conforme informado por este consulado, a não concessão na primeira tentativa se deu pelos motivos de:
Não demonstrar vínculos sociais e econômicos suficientemente fortes com meu país de residência;
E por V.S.ª não estar satisfeito que deixaria o Canadá no final do período autorizado para permanência.

Venho, justificar que possuo fortes vínculos sociais e econômicos em meu país de residência, no qual possuo imóveis adquiridos e outros que foram transferidos para o meu nome e que há motivos para que eu deixe o Canadá ao final do período autorizado e programado conforme a carta de aceitação do curso e comprovantes.

O motivo de minha viagem para o Canadá é aproveitar o período de férias do trabalho entre 19/07/2010 à 17/08/2010 - ficarei no Canadá conforme o período informado no comprovante aéreo que foi anexado - para poder aprimorar meus conhecimentos com o segundo idioma (inglês). Por este motivo venho solicitar a V.S.ª permissão para estudar em seu país durante 4(quatro) semanas na escola KGIC a qual concedeu a carta de aceitação que foi anexada para comprovação.

Atualmente trabalho em projetos Internacionais IBM como Analista de Sistemas e por este motivo pretendo fazer o curso no Canadá para que possa aprimorar o nível de inglês que se encontra UPPER-INTERMEDIATE level. A escolha do país deu-se pela condições climáticas, cultura e qualidade nos cursos oferecidos segundo colegas e agência de intercâmbio.

Possuo contrato de 05 (cinco) anos de projetos com a editora Ciência Moderna, na qual publico livros nacionais na área de Tecnologia da Informação. O mais recente trabalho publicado foi no mês de maio/2010. Contrato este anexado.

Anexei todos os documentos que comprovam meus vínculos sociais e econômicos no meu país residente, o qual são eles:
...
thanks
Ravenna 85 3
Esse 'terror' psicológico de Visto Negado parece ser um verdadeiro pesadelo. Imagina só, você gasta uma grana considerável que um dia fará falta e... recebe um não?? Eu ainda não tentei ir para esses lugares difíceis de entrar US/UK, etc. E nem sabia que era essa dificuldade para entrar no Canadá. Decepcionante. E, olha que ironia, quanto mais eles 'proibem' e dificultam, mas imigrantes ilegais chegam as suas terras. Gostaria saber como essas pessoas conseguem... Essa comprovação de vínculo com o Brasil (ou país de origem)... precisa mesmo de tudo isso? Contratos, comprovação de renda, etc. Então para mim não ia dar certo.. lol só 18 anos e literalmente nada a comprovar. Eu nem sabia que essa de ser mulher era pior. Será que já pensam mal de nós? Por causa de alguns, todos levam a fama. =P E essas autoridades nem lembram o quanto os imigrantes/turistas levam de capital $$ para eles. Depois entram em crise e culpam nós, os mortais em desenvolvimento. Política realmente é horrível em qualquer lugar. Para animar vocês brasileiros e brasileiras que já passaram ou temem passar por isso, tenho uma amiga de Portugal que teve o visto negado tanto para os US/Canadá... Vai entender. Disseram para ela que era porque ela não tinha conhecimento 'necessário' do idioma e sem dinheiro suficiente. E olha que a mina ia fazer um curso de inglês....

Para viajar de férias é essa frescura toda??
P.S. sou totalmente inexperiente desses assuntos. :?
camilolopes 15
Nem fale galera, acabei de tentar pela segunda vez e tive o visto negado novamente e acho que dessa vez eles nem olharam os novos documentos que mandei comprovando vínculos sociais no pais de origem. Pois a resposta deles não durou nem 24 horas apos o envio, suspeito de preconceito.

Olha o que eu declarei para eles:

- imoveis proprios em meu nome adquiridos à 3 anos atras, com valores acima de 100 mil cada um.
- vinculo empregaticio, extrato de fgts
- pos-graduacao em andamento que termina em dez/2010
- aplicacoes em bancos que terminam em dez/2011
- apresentei duas contas bancarias com valores bem agressivos e considerável para 30 dias
- curso de ingles em andamento, declaração
- certificado de nivel de ingles
- declaracao da empresa atual e que estarei de ferias no periodo X e preciso voltar
- comprovante da viagem aerea ja paga, com data de retorno
- contrato de pagamento do curso no canada + seguro de vida + seguro de saude, tudo pago e que so levaria a grana para gastar durante as 4 semanas no dia-dia. coloquei que levaria 3 mil dolares.
- Contrato profissionais que tenho com empresas, na parte de prestacao de servicos. Cotrato estes com duracao de 3 anos. E que foi assinado em 2009.

Quer mais vinculo que isso? O consul disse: Nao estou satisfeito que deixar o canada, no periodo que deseja e vc nao possui vinculos sociais suficiente forte no seu pais.

Estou aqui, muito triste, desde fev/2010 venho sonhado com essa viagem, adiei tudo na minha vida, fiz um sacrificio para pagar tudo, pois nao eh um investimento simples e agora como estou?

Cheio de multa para pagar, pois terei que pagar 20% de multa por cancelar o curso, mais multa para companhia aerea por cancelar o voo e ainda o consultado canadense levou 660,00 meu, para negar o visto sendo que comprovei tudo.
Eh uma sensacao horrivel, sem falar que carimbaram meu passaporte como visto negado, nem adianta levar nas proximas semanas em outro consulado de um outro pais, que eles vao querer saber pq os canadenses negaram e podem negar tb sei la oq.

Resolvi compartilhar com vcs, mas nao faco tanta questao de ir para o canada,nem sei se quero mais fazer intercambio por enquanto, sei la, qdo vejo minha mala, tudo que comprei para viagem, os planejamentos eh uma sensacao ruim demais.

Abracos,
Flavia.lm 4100 1 10 95
Camilo

Sinto muito pelo desfecho da história, mas agradeço por compartilhar a experiência; com certeza seu relato vai ser útil para outros colegas qdo tentarem o visto.
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
Ravenna 85 3
Camilo,

Que coisa horrível... É muito injusto para quem tem o visto negado não ter direito a um reenbolso (espero que seja essa a palavra certa) depois de ter gasto essa nota e ter sido prejudicado financeiramente e é claro, psicológicamente, coisa, que eu acho que mais pesa. Eu teria 'freaked out' depois de fazer tudo que você fez e levar um não. Mas, vamos animar. O Canadá é apenas um dos muitos outros países do mundo... ^^ Mantenha a calma, resolva seus problemas e use as resoluções futuras como uma 'vingança' a esse consulado do &%$#@#@ - Torço para que uma oportunidade bem mais interessante apareça para você e todos outros que passam por essa situação.

Quem sabe é hora de mudar as rotas de viagens futuras? Existem países (na minha opinião) muito mais interessantes que esses de língua inglesa. Mas, boa sorte na próxima... ^^

Grande abraço da Ravenna (desculpe qualquer excesso... é que eu fico indignada com essas coisas...)
^^
Marcio_Farias 12615 1 23 213
Ravenna escreveu:[...] ter direito a um reenbolso (espero que seja essa a palavra certa) [...]^^
No. Portuguese language dictionaries give reembolso as, and most grammarians would steadfastly rally for, the only correct form.
Ravenna 85 3
^^ ops... my bad! :? obrigado pela correção. ^^
Adriano Japan 920 2 19
nossa mas que trágico!
dá frio na barriga só de pensar na frustração, tudo pronto,100% garantido que daria certo, e sofrer esta decepção :(

Dentro de alguns meses vou enfrentar a mesma "guerra", quero tirar férias de 4 semanas para o Japão, mais para reencontrar os amigos que fiz quando fiz intercâmbio por lá.
No Consulado se exige até Cronograma de Viagem, fotos e cartas de amigos, os quais preparei com todo o cuidado.
Agora essa de vínculos sociais e econômicos é o que está me deixando de cabelo em pé, pois trabalho como tradutor a apenas 1 ano na mesma empresa, não tenho imóveis,casa,moro na casa dos tios aqui em São Paulo,sem caderneta de poupança (vou levar comprovante de renda meu e dos meus tios),solteiro,23 anos...
Creio que tenho alguns pontos positivos ao meu favor, como sempre ter respeitado as datas de vistos e ter saído bem antes, mas mesmo assim para turismo a coisa para ser mais "kibishii" (rigorous)

Chego a acordar 4 da manhã com frio na barriga e o primeiro pensamento que vem na cabeça é aquele balcão de vidro do Consulado,com alguém do outro lado que vai dar o rumo à minha vida. :cry:
Apreciaria MUITO se pessoas que viajaram recentemente à passeio para o exterior deixassem algumas dicas por aqui.

p.s.: muito frustante ver países do nosso lado como Argentina, Uruguay, Guatemala, Suriname, Chile, Mexico que não precisam de visto nenhum para aproveitar o Japão.
É como falaram,todos nós pagamos o preço por aquele tipo de gente que só vai causar no exterior :|
maiara cavalcante
Boa noite, acabei de receber o resultado do meu visto, primeira tentativa negado!, a minha reação foi chorar...
mas pesquisando descobri que é muito normal ser negado e a maioria pelas mesmas causas, vinculo com pais de origem e financeira, fiquei muito chateada, e estou na duvida se mando o segundo pedido proximo mês, com essas informações modificadas.

Tinha programado minha viagem para Janeiro de 2013, nao irei desistir, faz anos que venho planejando e é muito importante para mim!, caso alguem queira contato para trocarmos informações.

Obrigada galera pelo espaço!
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
Teilor B. dos Santos
Acabei de receber a notícia de minha segunda tentativa também foi recusada.
Primeiramente, em julho, fazer um intercâmbio de 6 meses de Study and Work em Vancouver. Mandaram uma carta alegaram 3 motivos de: falta de vínculos, falta de money e sem comprovação de volta.
Na segunda tentativa, alterei o curso apenas para 3 meses de study e alegaram que eu não tinha motivação para voltar ao Brasil. Fiquei extremamente frustrado, pois já havia anos que eu vinha economizando grana e há um ano fazendo o planejamento da viagem.
O bom é que, anteriormente, consegui o visto americano B1/B2 sem problema algum. Agora espero que o consulado canadense não tenha carimbado meu passaporte desta vez, pois creio, se eu tentar ir para os EUA será mais difícil ainda.
Adriano Japan 920 2 19
Nossa, desenterrou o tópico! :D
O Canadá é um dos países First World mais fáceis de conceder visto, não sei o que está acontecendo aí, talvez a galera esteja pecando um pouco nos documentos, não sei.
Mas como já foi discutido em outro tópico, são os honestos sempre pagando pelos desonestos. :cry:

Só lembrando que a concessão do visto nem sempre depende da sua nacionalidade, e sim condições atuais, afinal além do controle da segurança nacional, o visto serve basicamente para peneirar viajantes com propósitos concretos, de imigrantes ilegais com grandes chances de causar um burden (esqueci o nome em português!) para os serviços sociais daquele país.
Moro no exterior e digo que nunca foi tão fácil viajar para qualquer outro país, mesmo que utilize o mesmo passaporte brasileiro, nada de entrevistas, papelada, dor de cabeça, planejamento com antecedência, NADA!
Fora que nos países que não exigem visto (↓lista abaixo↓) você até sente a diferença quando o agente da imigração vê que você não reside no Brasil, 10 segundos e nada mais!
Não tem sensação de liberdade maior que chegar numa agência de viagens, comprar uma passagem no ato, voar na manhã seguinte e em poucas horas estar em contato com um povo, uma língua, cultura completamente nova, como cidadão pleno com direito de ir e vir.
Deveria ser assim SEMPRE, só que mais uma vez, os honestos pagam pelos desonestos...



LISTA DE PAÍSES SEM NECESSIDADE DE VISTO (permanência de 3 a 6 meses - só listei alguns interessantes no meu ponto de vista / países anglófonos em negrito)

Alemanha
Argentina
Áustria
Bélgica
Bulgária
Chile
Coréia do Sul
Costa Rica
Dinamarca
Espanha
Finlândia
França
Grécia
Hong Kong
Hungria
Irlanda
Islândia
Itália
Liechtenstein
Luxemburgo
Macau
Malásia
Noruega
Nova Zelândia
Holanda
Polônia
Portugal
Reino Unido
Rússia
Suécia
Suíça
ninogeller
Bom dia Nayara! Pode me dar dicas de como convencer que tenho vinculos no Brasil? Quero evitar esse problema quando for tirar o meu visto. Estou planejando um intercambio de 6 meses por lá para estudar inglês, mas vou tentar um apoio da agência para ver se consigo de forma mais fácil, porque muitas vezes por sermos jovens não temos tanta documentação pra comprovar nosso vinculo com o Brasil. Eu mesmo tenho 23 anos, mas não tenho imóveis e minhas dividas estão quase a zero. Só vou manter mesmo minha conta bancária aberta no Brasil e minha família, pois até meu emprego vou precisar largar para realizar esse intercambio, mas isso não quer dizer que pretendo ser mais um parasita por lá. Se você puder me dar umas dicas, agradeço!
Teilor B. dos Santos
Olá Anderson,

Bons vínculos são TRABALHO (carta licença da empresa, se você conseguir) e ESTUDO (matrícula faculdade ou do curso de pós). Tem outros, mas não tenho certeza se são tão fortes, como por exemplo: bens/imóveis no seu nome e certidão de casamento. Senão, você arrisca dando bastante atenção ao formulário de informações adicionais (um que tem 6 perguntas) e na carta de intenção explicando a sua situação, seus objetivos e planos de volta para o Brasil. Sugiro você dar uma lida nos seguintes sites:

http://rafacanada.com.br/
http://bagualnocanada.blogsome.com/2009 ... o-visto-2/
http://myideaofheaven.wordpress.com/201 ... e-custeio/
http://oitoronto.com.br/17543/cartas-su ... e-turista/

Minha situação era parecida com a sua, mas não tive muita sorte não. Só lhe aconselho a averiguar realisticamente a sua situação e também, você só vai saber se tentar. No momento, estou alterando a minha rota e pesquisando sobre os países listados pelo Adriano Japan.
nely
ola vc ja consegui resolver sua situação ,meu visto tb foi negado hj. visto de estudante ainda nem sei por onde começar o recurso mas se tiver algumas informações pode me passar tb.
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
Lucas PAYNE 260 7
Visto em geral não é um bicho de sete cabeças.
O mais importante é comprovar renda suficiente para o tempo que você pretende ficar e ter bons antecedentes, ser realista quanto aos seus motivos de ir ao pais.
lucalenq 10
Ola a todos!

Aqui no Canada conheço muitos estudantes com vistos de no minimo 6 meses , a chamada Permissao de Estudos.

Outra coisa que ajuda bastante é obter a carta convite da escola onde vai estudar ANTES do pedido de visto.

Aqui em Montreal é assim que funciona: você se inscreve na escola primeiro.

Espero ter ajudado! :)
nely
Então Lucas, eu tive essa carta, monstrei a renda e tudo mas mesmo assim negaram de me dar a permissão de estudo, pois nao tenho vinculo forte com o brasil.
lucalenq 10
Nely, tente obter maiores detalhes do motivo deles terem negado seu visto.

Cheque sempre as últimas informações em relação ao visto no site do governo do Canadá. Pode ter sido por falta de mais documentos.

Procure um Centro de Solicitações de Visto (VAC) do Canadá. O link abaixo pode te ajudar. Boa sorte!

http://www.intercambiomontreal.com/vistos.htm
Lucas PAYNE 260 7
Comprovar renda não é simplesmente dizer que esta trabalhando galera.
Comprovar renda é ter $$ o suficiente na conta para o tempo de estadia.

Um amigo teve o visto negado por este motivo, levou holerite, mas quando apresento o extrato bancário.....NEGADO.
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
Teilor B. dos Santos
Pesquisando outros países aqui no fórum e noutros blogs de intercambistas notei que grande parte do pessoal se bandiou para Nova Zelândia. Cheguei hoje aqui e na imigração, logo após o desembarque, foram só 3 ou 4 perguntas e pronto: approved. No caso tirei o visto de visitante/turista e posso ficar até 3 meses aqui, os demais vistos como de estudo além desse período tem ser se solicitado previamente no Brasil.
Que nem diz o Adriano Japan, os honestos pagam pelos desonestos. Infelizmente, nos relatórios de imigrantes ilegais de países como EUA e Canadá, os brasileiros estão entre os "top 10". Por isso, às vezes, temos essa dificuldade na obtenção de visto.
jenniferstrej
Eu gostaria de compartilhar minha situacao e as minhas consideracoes quando fui fazer intercambio que foi em Janeiro de 2010.
Eu tinha acabado de completar 21 anos, estava trabalhando na mesma empresa ha 2 anos e estava toda preocupada com essa que foi minha primeira viagem ao exterior.
Pelo que eu ouvi falar eh ainda mais dificil para quem tem o passaporte em branco, ja que os consulados nao tem como ver que voce esteve fora e voltou com certeza (creio que isso ajuda, se claro, vc foi e voltou nos conformes).
Desde entao eu decidi que eu nao ia querer ir a nenhum pais que pedisse visto, entao ja descartei EUA e Canada (mesmo doida pra visitar o Havai...) nem tentei pq quis evitar stress. Entao minhas opcoes eram Africa do Sul, Europa, Australia e N Zelandia.
Devido a motivos financeiros e valor da passagem eu escolhi um pequeno pais que muita gente nao conhece e eh chamado Malta. Fica por volta de 96km ao Sul da Sicilia. Eles tem duas linguas oficiais, Maltes e Ingles. Na Europa eh o lugar mais barato que vc vai encontrar com relacao ao preco da escola. Apesar de eu ter ido no inverno eu recomendo ir na primavera ou verao pois voces podem aproveitar mais as praias e tal. Apesar do sotaque diferente, para mim que estava no nivel intermediario foi uma ajuda em tanto, incrivel pois nao havia tantos brasileiros e eu tambem evitava falar com qualquer pessoa nativa de lingua portuguesa. Como eh parte da Uniao Europeia e eu cheguei no pais pela Italia, eu so tive que passar pela imigracao em Roma e o cara nem me pediu nada, saiu carimbando. Eu tava toda com medo, tudo preparado, carta da escola, passagem pra mostrar, dinheiro, cartao etc. Mas cuidado, pois eu vi duas garotas indo para uma sala (creio que para uma entrevista). Entao sempre tenha toda a documentacao certa e SEMPRE a sua passagem de volta.
Nao sei, ainda nao fui aos EUA mas creio que tendo no carimbo que vc esteve na Europa e voltou no periodo certo possa te ajudar...
Nas ferias seguintes eu fui para Londres (a turismo) e eu fui toda cuidadosa tb pq nunca se sabe. E eu fiz certo porque eles me pediram pra mostrar tudo. As primeiras coisas que eles pediram para mostrar foram a passagem de volta e o endereco onde eu iria ficar. Depois perguntaram sobre coisas que eu escrevi num papelzinho que vc tem que preencher para imigracao e eles coletam la na hora (acho que eles fazem isso para confirmar pq tem gente que mente e se confunde...), depois pediram pra ver dinheiro e cartoes.
Bom, o que eu quero dizer eh que tanto indo a intercambio ou turismo voce tem que ter tudo preparado aliado a sorte porque mesmo em paises onde vc nao precisa pegar visto, eles tem todo o direito de nao deixar vc entrar, nao importa a razao :(
Creio ate que algumas agencias oferecem um seguro caso vc tenha que cancelar. Talvez algo assim seja uma boa.
lucalenq 10
Apenas um lembrete: a Austrália pede visto sim

Morando no Canadá conheci vários brasileiros e estudantes que conseguiram o visto sem problema nenhum. Acredito que o maior problema seja falta de documentos pra informar ao máximo sobre o estudante e grana no banco.

Por isso, sempre recomendo preparar a papelada de acordo com o site oficial do governo do Canadá. Aí vai um link que talvez ajude:

http://intercambiomontreal.com/vistos.htm

Boa sorte! :)
cabra
camilolopes,

Realmente você comprou que tem vínculos com o Brasil, mas faltou um que considero que seja tão importante ou mais que os outros, a família. Pela muita pesquisa que fiz, me parece que mostrar de alguma forma a família é um forte vinculo com o seu pais. E outra coisa que reparei, você tem um bom emprego, já tem um bom dinheiro guardado, tem imóveis em seu nome, isso da vínculos com o Brasil, mas também da uma possibilidade de se manter lá fora caso seu desejo fosse ficar por lá e seus trabalhos que citou acho que o consulado entende que pode ser facilmente abandonado caso seu desejo seja ficar. Bom, acho que isso pode ser uma interpretação deles, quem sabe. Uma coisa que acredito que conte muito também é a forma como é apresentada toda documentação, a organização de tudo, se ele coçar a cabeça por um instante já é um ponto negativo, o quanto melhor organizado, claro e objetivo melhor.

Se caso eu não conseguir meu visto, vou pra Nova Zelândia, considero uma boa opção. :)
andersonpcs
Entreguei minha solicitação de visto no dia 10/01 para o despachante e recebi a resposta via telefone no dia 06/01 com o visto múltiplas entradas turismo foi aprovado.
No momento estou empregado e basicamente os documentos que enviei foram diplomas (graduação e pós), meu IR, contracheque, extrato de minhas poupanças, minha carta de intenção, IR da minha mãe, carta da minha mãe informando que será responsável pelos custos e contracheque dela. Tentei deixar minha carta de intenção da forma mais clara possível, mostrando que o inglês hoje é fundamental para o desenvolvimento da minha carreira.

Agora me organizar, estou indo para Victoria estudar por 3 meses.
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!