Tenho que aprender palavras pouco usadas para ser fluente?

No meu dicionário de inglês há muitos verbos como nick, cluck, taunt, parry, querry, grunt, apprehend ,entre outros, que eu dificilmente vejo eles sendo utilizados. É necessário aprender esses verbos se um dia em quiser ficar fluente em inglês?

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário PPAULO 39165 6 32 684
Vinicius, acho que fluência pelo menos dois patamares, num teria a ver com "se virar" na comunicação (meaning, if you at least can get by), aqui o pensamento da "The Mariana" tem uma certa interseção com o meu. Trata-se da habilidade de
falar, escutar e entender, em inglês.

Noutro nível subsequente, teria a ver com "entender o que outro fala" e usar a linguagem em um modo mais elaborado, entender algumas ''slangs" (gírias), idioms (expressões idiomáticas) e adicionar pelo menos um pouquinho de variedade no seu vocabulário (o que implica em entender mais de um sentido principal de uma palavra - e às vezes, num sentido intrigante até.)


http://www.inglesnapontadalingua.com.br ... dioms.html


http://www.inglesnapontadalingua.com.br ... dioms.html




Por exemplo, com o tempo você percebe que a palavra "nick'' pode não ser não ter tão pouco usada como se pensava, talvez você tenha a sorte de escutar mais de uma/duas vezes por semana a expressão "nick of the time". Como em "Mr President, the European arrest warrant was saved in the nick of time."
Ou em outro sentido: "how to prevent nicks and cuts while shaving."


Eu conhecia a palavra "wife" and "beat", não foi difícil fazer a associação quando vi "wife-beater" pela primeira vez.
http://nationalcannabiscoalition.com/wp ... Beater.png



Até aí tudo bem, mas fiquei intrigado quando li numa entrevista que o agente da Maddona deu, dizendo que foi na casa dela e ela o estava esperando com uma "wife beater". Depois descobri que era esse tipo de wife beater.


http://2.bp.blogspot.com/_7xGESFZ0NC8/S ... 207677.jpg


http://images.sodahead.com/polls/001497 ... large.jpeg


Aqui "wife beater" para homen.
http://personalpowertraining.net/traine ... _model.JPG

======================
Então, num sentido de fluência...

http://www.merriam-webster.com/dictionary/fluency

flu·en·cy noun \ˈflü-ən(t)-sē\
: the ability to speak easily and smoothly; especially : the ability to speak a foreign language easily and effectively

: the ability to do something in a way that seems very easy



Se alguém fala tranquilamente uma linguagem, no sentido de que fala com certa facilidade, sem problemas, de modo que "não pareça" difícil e laborioso. Essa pessoa tem fluência, ou uma certa fluência.
E quanto mais ela conheça (ou tenha contato com o idioma, se você preferir falar assim) mais fluente será.
Assim, ela não precisa pensar muito pra não perder o fluxo da conversa, a conversa "flui", e se a pessoa não souber ou não lembrar uma expressão ela usará outra, ou simplesmente vai dar "dicas/sugestões" do que ela está dizendo.


Não sou professor ou aluno avançado, só estou falando de um "feeling" aqui, e posso estar certo, errado, ou no meio- caminho. De qualquer forma, se minha resposta não for boa, vai servir pra apresentar uma palavra nova pra você "wife beater". :lol:


Outro ponto é que o dicionário não está lá pra você decorar a maioria das palavras, você vai lendo, escutando etc, e então quando elas aparecerem você usa esse instrumento.
Vai chegar um momento que você vai menos ao dicionário, e até não vai. A não ser pra ver as coisas expressas de um modo mais técnico e acadêmico.

Além do mais, algumas vezes, pessoas vem em Fóruns como este para terem uma espécie de "segunda opinião", elas veem uma explicação no dicionário mas querem "aprender" e "apreender" o conceito do que a palavra exprime, de forma mais humana e natural e ainda dicas de uso. E se isso falhar, se pode refazer a pergunta ou a explicação, coisa que um dicionário não permite. Enfim, o uso diário é o que faz você ir no dicionário e não o dicionário que vai ditar o uso diário de uma palavra , ele é por assim dizer uma "estimativa'', um guia.

Por exemplo, a expressão "deu ruim", usada no Rio de Janeiro pode ainda não estar nos dicionários, mas de tanto uso por um certo número de pessoas, alguém vai "sacar" que é o equivalente a "(algo que) deu errado" ou "não deu certo''. Para isso, a pessoa vai ter que usar algum conhecimento prévio, o de que existe a expressão "dar errado".
É só um exemplo aqui, um regionalismo, mas tem que haver um "core" (núcleo) de conhecimento para que se chegue a uma ou outra fluência.

Por último, é verdade sim, se a pessoa se apegar demasiadamente a buscar palavras difíceis (algumas arcaícas) e um tanto fora de contexto, vai acabar falando como o professor "Astromar Junqueira" da novela Roque Santeiro. Ele, que falava e falava e não dizia nada, e as pessoas batiam palmas pra não parecer ignorantes!

Estudo de linguagem, é como andar de bicicleta, não se dever parar. Mas não é preciso se preocupar em correr demais. Nossa meta não é ganhar uma "spelling bee" não é mesmo? ;)
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Olá!

A fluência (como o próprio nome já diz) é aquilo que flui naturalmente pela sua boca. Ou seja, é não precisar pensar muito para responder, é falar sem pausas para pensar em qual palavra usar. Somos fluentes no português porque o falamos quase ao mesmo tempo que pensamos o que queremos falar. Portanto, para adquirir fluência é necessário somente a prática da conversação e não acrescentar palavras pouco usuais. A minha dica é: pense em inglês, o tempo todo, no dia-a-dia. Pense como você responderia em inglês as questões que lhe são apresentadas o tempo todo, por mais banais que possam parecer. E converse em inglês sempre que tiver a oportunidade.

:*
Bom dia pessoal;

No aprendizado de inglês muito se fala em chegar ao nível em que não é necessário mais "pensar" para conversar (digo, pensar na tradução).

Para quem já alcançou esse nível, em qual patamar de aprendizado foi alcançado? Intermediário, Avançado ou Pós-Avançado?

Abraços.
Avatar do usuário Marcelo Pias 640 1 2 14
wislleyvieira escreveu:Bom dia pessoal;

No aprendizado de inglês muito se fala em chegar ao nível em que não é necessário mais "pensar" para conversar (digo, pensar na tradução).

Para quem já alcançou esse nível, em qual patamar de aprendizado foi alcançado? Intermediário, Avançado ou Pós-Avançado?

Abraços.



Estou chegando, já falo sem pensar em Português mais, e ainda estou em nível intermediário. Quando estiver em nível avançado (Por exemplo entendendo TV Americana, filmes, etc. muito bem sem legenda) já estarei muito fluente na minha opinião.
Acho que se praticar a fluência já chega no nível intermediário.