Gutted-out: Que tipo de construção é essa?

"It wasn’t hard to spot the pistol pit on the other side of Deadshot.
It was the noisiest building in town, and that wasn’t saying nothing. A
Great big gutted-out barn at the end of the dusty street, it was swarming
With bodies and blazing with light, propped up against a half-collapsed
Prayer house with a boarded-up door".

Esse é um trecho do livro "the Rebel of sands", e nele (e outros textos) me deparei com o que parecem ser phrasal verbs com um traço, como você podem ver no texto aí em cima: "gutted-out", "boarded-up".

1-Pra que serve esse traço?
2-Isso é um phrasal verb, e se for altera o sentido do original (sem traço)?

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Redseahorse 7790 1 13 140
Não se trata de verbos frasais, o que aparece diversas vezes nesse extrato são adjetivos compostos, é disto que se trata. O hífen é usado para juntar duas palavras (adjetivos) e formar apenas uma.

GUTTED-OUT = MUITO DANIFICADO, DESTRUÍDO;
HALF-COLLAPSED = PARCIALMENTE DESMORONADO;
BOARDED-UP = FECHADA COM TÁBUAS E PREGOS.

Blz!
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Redseahorse escreveu:Não se trata de verbos frasais, o que aparece diversas vezes nesse extrato são adjetivos compostos, é disto que se trata. O hífen é usado para juntar duas palavras (adjetivos) e formar apenas uma.

GUTTED-OUT = MUITO DANIFICADO, DESTRUÍDO;
HALF-COLLAPSED = PARCIALMENTE DESMORONADO;
BOARDED-UP = FECHADA COM TÁBUAS E PREGOS.

Blz!


Poderia me ajudar com uma resposta?

Por falta de resposta, pesquisei o uso do hífen no inglês, e descobri que era usado em phasel verbs ao serem usados como adjetivo. Eu fui pesquisar os termos no Cambridge dictionary e:

1-Board up(phrasel verb )-portas ou janelas cobertas com pedaços de madeira.

2-não pesquisei half-colapsed, pq traduzi, literalmente meio colapsado , mas deveria ter passado na minha mente, meio destruído.

3-O gutted-out foi o caso mais interessante, pesquisei "gut out" no Cambridge não existia essa construção, você falou que era um adjetivo composto, mas adjetivo com posto é formado por dois adjetivos: "cold-blooded", mas "gutted-out" é um verbo, acho, mas uma preposição, como pode ser um adjetivo composto?
Avatar do usuário Redseahorse 7790 1 13 140
Veja bem,

Entre os três, de fato o GUTTED-OUT é o mais capcioso! Honestamente, eu não conheço o livro que você refere no post, mas pela narrativa e palavras deste pequeno extrato, é possível supor tratar-se de literatura Britânica, já que a palavra GUTTED como um ADJETIVO é peculiar do Inglês do Reino Unido.

SIM ! A palavra GUTTED-OUT aqui é um ADJETIVO, porém para compreendermos melhor este "jogo de palavras", precisamos -Primeiro: termos uma boa dose de interpretação, algo que adquirimos e melhoramos cada vez mais com o tempo - Segundo: analisarmos as palavras isoladamente, desta forma, temos:

GUTTED > além de ser um verbo (passado), é também um adjetivo, e como tal essa palavra poderia ser traduzida como: Extremamente desapontado OU Muito danificado/destruído;
OUT > além de ser uma preposição e um advérbio, é também um adjetivo, e como tal essa palavra no texto poderia ser traduzida como: Inoperante.

Isto posto, voltemos a ideia de se formar uma única palavra a partir de dois adjetivos, o tal do adjetivo composto com o uso do hífen, temos então o famigerado GUTTED-OUT, que numa tradução literal seria algo como INOPERANTE-DESTRUÍDO, o que em português fica um tanto quanto estranho; Deste modo, penso que uma tradução mais livre, mais " abrasileirada ", como sugeri acima - MUITO DANIFICADO/DESTRUÍDO, atenderia bem !

* Dica de parça
Ao traduzir textos livremente, sempre considere usar uma boa dose interpretativa, não esquecendo de verificar as possíveis variáveis de uma mesma palavra ou expressão desconhecida, e considere também a existência do uso coloquial (gírias, expressões, etc) das palavras que não fizerem qualquer sentido nos textos.

Vai pela sombra!