Qual é a melhor ordem numa oração?

OceanMind 10
Olá a todos,
fiz uma procura pelo fórum e não encontrei nada do gênero.
Qual é a melhor ordem numa oração? E quais realmente não são permitidas?

Sujeito - Verbo - Predicado

é a ordem que rola por aí na internet e na maioria dos livros de ensino. No entanto meu problema é acerca da imensidão que pode significar a palavra predicado. Imagine uma oração completa, com advérbios temporais, locais, de modo, predicativos do sujeito, objetos diretos e indiretos, e etc...

Qual seria a ordem mais correta ou que "cai melhor"/mais comumente usada? Qual seria a posição não permitida?
Muito obrigado.
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
19 respostas
Ordenar por: Data

Donay Mendonça 61875 22 99 1502
Olá OceanMind,

É difícil generalizar e até mesmo conceber exemplos sem uma situação em questão.Uma vez perguntei a um nativo se ele se lembrava de uma expressão idiomática em inglês e ele disse "não me lembro",preciso de uma situação para que venha à minha cabeça.O mesmo acontece agora.O que me ocorre no momento é que em inglês é importante a presença dos pronomes(I,you,he,she,etc).Veja:

I can´t say.(Não posso dizer.)>>Em português é possível omitir "eu",em inglês isto é menos comum principalmente em linguagem escrita.

We won´t do that again.( Não vamos fazer isto de novo.)>>"won´t do that again" precisa mais de "we" do que "nós" na frase em português.

Boa sorte!

OceanMind 10
Olá Donay,
acho que você não entendeu a minha pergunta, mas pelo seu alto conhecimento gostaria que continuasse participando do tópico.
A questão não está no sujeito, e sim no que vem após o verbo. Todos nós sabemos que o inglês possui uma estrutura rígida quando abordamos a ordem dos elementos principais na frase: '''sujeito - verbo - resto'''. Apesar de permitida a mudança em algumas situações muito específicas, essa ordem é fundamental na maioria das ocasiões.
A minha questão remete mesmo a parte que eu chamei acima de "resto". Os objetos, predicativos, advérbios e tudo o mais que puder existir numa frase, como eles devem ser organizados nessa parte? É essa a questão.
Para a maioria das pessoas pode não ser tão importante, visto que em conversas geralmente se usa frases curtas. No meu caso, como escrevo dissertações em inglês, é extremamente comum frases longas com muitos complementos e eu, freqüentemente, fico em dúvida se as ordens adotadas por mim são visivelmente "corretas" aos olhos de um nativo. Ou seja, eu gostaria de saber qual é a ordem "mais bem vista" por eles, até mesmo porque, nunca achei nada que proibisse alguma ordem específica.
Exemplo para ilustrar um pouco o que eu falo (sim, é uma frase longa e sem vírgulas):

Ela deu uma pasta para seu amigo sozinha na casa dele ontem.
acima: Sujeito / Verbo / Objeto direto / Objeto indireto / Predicativo do sujeito / Advérbio de local / Advérbio de tempo

She gives a briefcase to her friend alone in his house yesterday.
or
She gives to her friend a briefcase alone in his house yesterday.
or
She gives in his house a briefcase alone to her friend yesterday. (essa aqui chama atenção porque falamos da casa do amigo antes dele)
or
She gives yesterday to her friend in his house a briefcase alone.
or another possible order...

Obrigado a todos!

Donay Mendonça 61875 22 99 1502
Olá OceanMind,

Minhas sugestões:

1)Ela deu uma pasta para seu amigo sozinha na casa dele ontem.
She gave a briefcase to her friend alone at his house yesterday.

2)Something special happened yesterday.(Algo especial aconteceu ontem.)

3)A student came here last week.(Um aluno veio aqui semana passada.)

Obs:A ordem dos elementos da oração em inglês é "sujeito,verbo,complemento".No português há o costume de se "apresentar" o sujeito fora desta ordem.Veja:"Ontem aconteceu algo especial" ao invés de "algo especial aconteceu ontem",no caso algo especial(sujeito)."Em inglês é pouco provável de se ouvir um nativo dizer "yesterday happened something special".É possível porém neste caso "Yesterday something special happened".

Boa sorte!

Donay Mendonça 61875 22 99 1502
Um complemento que pode ser útil:

http://www.sk.com.br/sk-write.html


Boa sorte
!

Flavia.lm 4075 1 10 94
just giving my two cents worth ;)

Oceanmind: percebi que todo o "resto" da sua sentença é formado por advérbios. Sua dúvida é em relação à ordem deles, certo?

Espero que ajude:

Posição dos Advérbios

:arrow: Se houver dois ou mais advérbios numa oração, a seqüência será:
1º: advérbio de maneira
2º: advérbio de lugar
3º advérbio de tempo
Ex.: I is raining steadily in São Paulo today.(Está chovendo initerruptamente em São Paulo)

***Notem que a sugestão do Donay seguiu perfeitamente: "alone at his house yesterday." (maneira/lugar/tempo)

:arrow: Quando o verbo indicar movimento, a seqüência será:
1º: advérbio de lugar
2º: advérbio de modo
3º advérbio de tempo
Ex.: He went to England by plane in 1997. (Ele foi à Inglaterra de avião em 1997)

:arrow: Se houver dois ou mais advérbios do mesmo tipo na oração, ficará mais próximo do verbo aquele que contiver a informação mais específica dentro do conjunto de informações passado pelos demais advérbios:
Ex.: I was Born in the morning, on april 15, in 1951. (Eu nasci na manhã do dia 15 de abril de 1951)

:arrow: Se forem advérbios de modo, o mais curto precederá o mais longo:
Ex.: He is speaking low and continuously. (Ele está falando baixo e continuamente)

Source: http://cursosyapuntesgratis.blogcindari ... atica.html p.s.: o site está em "portunhol".

Espero ter ajudado.
Flávia

João Souza 55 1
Uma coisa: não se preocupe muito com isso, perca seu tempo lendo livros/matérias/artigos/textos/etc em Inglês e aprendendo a estrutura, daí quando você escrever numa ordem incoerente, você perceberá, coisa que eu já faço (claro que sai algumas coisas estranhas raramente, mas nada tão grave).

OceanMind 10
Olá,
minha nossa, errei feio no tempo verbal do "give". Desculpem-me. Eu escrevi o sujeito, o verbo e um complemento. Depois mudei o complemento e esqueci de trocar o verbo hahahaha. Pressa.

Donay, obrigado pelas colaborações. Você é imprescindível para o fórum.

Flávia, na verdade o "resto" da frase dada como exemplo está especificado abaixo dela:
Sujeito / Verbo / Objeto direto / Objeto indireto / Predicativo do sujeito / Advérbio de local / Advérbio de tempo
portanto não eram apenas advérbios. Mas isso pouco importa agora. Sua ajuda com todas aquelas regras serão de ótimo uso, visto que eu procuro aquilo há tempos e não achava.
Fico extremamente agradecido!

João, na verdade ao criar esse tópico, meu interesse era tentar entender se eu posso fazer certas inversões, ou se realmente existia uma ordem mais correta.
Morei um bom tempo num país em que a língua mãe é o inglês, e até curso de línguas fiz lá.
O que me chama atenção é que, assim como você disse, tudo parece funcionar por "preste atenção e copie".
Infelizmente para mim isso não basta, visto que sou um apaixonado pelo aprendizado de línguas e gosto de saber mais a fundo cada detalhe.

Cheguei ontem ao English Experts e estou adorando.
Até mais.

João Souza 55 1
Entendi.
Então veja se no Inglês tem o Hiperbato, que no Português funciona assim:
"Lanche comi hoje" sendo que o normal seria "Comi lanche hoje".
Outra variante seria "Lanche hoje comi".
Que nem o Mestre Yoda do Star Wars.

Flavia.lm 4075 1 10 94
Não tem de quê.
À propósito, gostei bastante do tópico e aprendi bastante também.

Welcome to EE forum and keep posting!
Flávia

Henry Cunha 10190 3 16 182
As regras já mencionadas funcionam muito bem. De vez em quando, para dar uma ênfase especial, podemos adotar outra ordem. Só para ilustrar:

"That's a long trip. And how are you traveling?"
"Well, we're going by plane from NY to Rio, by car to SP, and then by bus to Campinas."

"And did all this happen yesterday?"
"No, yesterday morning was when we noticed the missing car, so probably the night before, at the latest."

"We work from two locations, depending on the time of day. In the mornings we always work right next to his office, so that by noon he can have the drafts for approval; in the afternoons we work at our own offices because there is ample time to deliver papers overnight for his early-morning review."

Existe claramente, em inglês, uma preferência por aquela ordem já indicada, tudo sendo igual. Não é coisa que se ensine explicitamente para nativos, como podem apreciar. Para não-nativos, me parece uma coisa a mais que vamos adotando aos poucos, mais por observação do que por emprego de regra, mas vale começar po lá.

Regards

Henry Cunha 10190 3 16 182
Gostei bastante dos exemplos dados:

(1) She gave a briefcase to her friend alone in his house yesterday.
or
(2) She gave to her friend a briefcase alone in his house yesterday.
or
(3) She gave in his house a briefcase alone to her friend yesterday. or

(4) She gave yesterday to her friend in his house a briefcase alone.

Uma coisa pouco explorado neste Fórum é a pontuação em inglês -- que pode clarificar muita coisa, e permitir várias construções que enfatizam coisas diferentes:

(1) [nada a adicionar]

(2) She gave to her friend a briefcase -- alone, in his house -- yesterday. [without contxt, it´s not clear if her friend owns the house]

(3) She gave, in his house, a briefcase -- alone -- to her friend, yesterday. [aqui tb, sem contexto, não fica absolutamente claro que a casa pertence à quem ela deu a pasta]

(4) She gave yesterday to her friend, in his house, a briefcase -- alone. [mais claro]

Tudo depende da ênfase desejada. Como parece haver um certo mistério aqui, eu até gosto de

She, alone with her friend in his house, gave him a briefcase. (ou)

Alone with her friend in his own house, she gave him a briefcase. [clear even without context]

Vale a pena investigar um pouco a pontuação em inglês.

Regards

OceanMind 10
Henry,
gostei muito das suas elucidações!!
Incrível foi a sua construção:
Alone with her friend in his own house, she gave him a briefcase.
que deixou tudo claro, e ainda bonito! Realmente tirou todas as ambigüidades possíveis e ficou fácil até de ler.
Muito obrigado.

Sérgio
Eu estava fazendo um teste de proficiência em inglês, daqueles que são oferecidos em cursos como treinamento para o Proficiency Examination propriamente dito, e fiquei enganchado em uma questão cujo assunto achei mais parecido com esse tópico. Queria pedir ajuda a quem puder, lá vai a questão:
Choose the correct alternative to complete each sentence:
...44) What did Sue do? She returned_______.
a. to the library promptly those books
b. promptly to the library those books
c. those books promptly to the library
d. those books to the library promptly

Sempre quando vejo uma questão desse tipo, marco a opção que me soa melhor, mas não uso nenhum conhecimento concreto, e por isso na hora da prova fico com muita dúvida. Fiquei em dúvida entre os ítens c e d, marquei o d. Mas no gabarito tinha a letra c como correta, mas até agora desconheço a justificativa.
Minha professora falou que havia diferença na posição dos advérbio de modo e lugar em verbos transitivos e intransitivos, seria basicamente:
transitivo: modo, lugar.
intransitivo: lugar, modo.

Sérgio
Mais tarde, vi no memso teste uma questão do memso tipo, mas essa eu acertei:
52) What did your teacher explain? She explained_________.
a. to me again the part about verbs
b. me again the part about verbs
c. again the part about verbs to me
d. to me the part about verbs again

Fiquei em dúvida entre b, c, d; mas dessa vez acertei, a resposta é d. mas não tenho nenhuma justificativa também, o único critério que utilizo é o que soa melhor, o mais eufônico, o que é um prato cheio pra cometer erros. Se alguém puder me ajudar nesse sentido, eu agradeço

Henry Cunha 10190 3 16 182
Sérgio escreveu:Eu estava fazendo um teste de proficiência em inglês, daqueles que são oferecidos em cursos como treinamento para o Proficiency Examination propriamente dito, e fiquei enganchado em uma questão cujo assunto achei mais parecido com esse tópico. Queria pedir ajuda a quem puder, lá vai a questão:
Choose the correct alternative to complete each sentence:
...44) What did Sue do? She returned_______.
a. to the library promptly those books
b. promptly to the library those books
c. those books promptly to the library
d. those books to the library promptly

Sempre quando vejo uma questão desse tipo, marco a opção que me soa melhor, mas não uso nenhum conhecimento concreto, e por isso na hora da prova fico com muita dúvida. Fiquei em dúvida entre os ítens c e d, marquei o d. Mas no gabarito tinha a letra c como correta, mas até agora desconheço a justificativa.
Minha professora falou que havia diferença na posição dos advérbio de modo e lugar em verbos transitivos e intransitivos, seria basicamente:
transitivo: modo, lugar.
intransitivo: lugar, modo.
Olá Sérgio

A oração precisa atender ao fato de que "return" pode significar ela pessoalmente voltar à biblioteca, ou retornar os livros. Aqui é o segundo significado que está em jogo, e você corretamente julgou isso na escolha de c ou d. Agora, a razão pela qual c é melhor tem a ver com posicionar "promptly" para mais facilmente qualificar o ato de retorno dos livros à biblioteca. É um pouco "awkward" colocar esse "promptly" lá no fim, e forçar o leitor a ir procurar o que "ele" está modificando. Isso é um exemplo de um "dangling modifier" -- um modificador "pendurado".

Na verdade a melhor opção não foi oferecida:

She promptly returned those books to the library.

Que se distingue claramente de:

She promptly returned to the library with those books.

Mas era isso parte do entendimento que estavam testando.

Regards

Henry Cunha 10190 3 16 182
Sérgio escreveu:Mais tarde, vi no memso teste uma questão do memso tipo, mas essa eu acertei:
52) What did your teacher explain? She explained_________.
a. to me again the part about verbs
b. me again the part about verbs
c. again the part about verbs to me
d. to me the part about verbs again

Fiquei em dúvida entre b, c, d; mas dessa vez acertei, a resposta é d. mas não tenho nenhuma justificativa também, o único critério que utilizo é o que soa melhor, o mais eufônico, o que é um prato cheio pra cometer erros. Se alguém puder me ajudar nesse sentido, eu agradeço
Olá Sérgio, mais uma vez...

E desta vez, é um pouco mais sútil... B é claramente errado gramaticalmente, nem precisamos falar (omitiram mesmo o "to", ou foi seu descuido?). C deixaríamos de lado por causar problemas com "verbs to me," que fica muito semelhante à --por exemplo-- "verbs to be" -- causa equívoco facilmente. Ou pense em "to" com o significado de "para": "She explained again the part about verbs to avoid" (Ela me explicou de novo a parte acerca dos verbos a serem evitados", ou coisa semelhante.) Mas, francamente, entre a e d, fica muito pouco a escolher, e eu prefiro a exatamente pela mesma razão do seu outro post. De fato, a desqualificação de c presta pra d também. Mas vamos tentar discernir por que a não é bom -- na mente de quem construiu esse ítem: seria talvez por pensar na seguinte possível "misinterpretation": "She explained to me a gain the part about verbs..." (Ela me explicou o ganho a parte dos verbos...etc.) Muito complicado essa teoria.

Outra vez, a melhor opção não foi oferecida

She again explained the part about verbs to me.

Mas você "acertou" no esquema deles, e isso é que conta...

Regards

João Souza 55 1
Dá uma olhada:
http://en.wikipedia.org/wiki/Hyperbaton

Se você for pensar bem, o negócio é se fazer entendido, que nem o Mestre Yoda.

Donay Mendonça 61875 22 99 1502
Olá Pessoal,

Lembro me de uma "Along came Polly" título original do filme "Quem vai ficar com Polly".


;)

Sérgio
thanks! :D