Tradução de "breakfast off a mirror"

...Two sides to every story
Here's a little morning glory
Breakfast off a mirror
Dying slow seems a little boring
Burning like a flag...

é parte de uma música

O que significaria " breakfast off a mirror"?

Principalmente o porquê de off na frase, se alguém souber explicar, é claro. eu vi uma tradução que era " café da manhã em um espelho" eu queria saber se realmente esse é o sentindo da frase em inglês, se sim, seria algo como uma pessoa tomando café da manhã na frente de um espelho, olhando para si mesmo? é uma música da banda Hollywood Undead - outside

thanks

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Juliana Rios 18850 21 98 389
Breakfast off a mirror = Breakfast consumed off a mirror = Cocaine being snorted off a mirror = This person's breakfast consists of cocaine being snorted from the the surface of a mirror.

"Off" is a preposition meaning "from the surface of". It does not denote the notion of cocaine being split into separate lines on a mirror, but to the idea that it is snorted from a mirrored surface.

See this to get the mental picture.
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Redseahorse 8000 1 13 143
Obscuramente refere-se a cocaína, dando o sentido de ser consumida já ao acordar!

o OFF aqui aparece como advérbio = BREAKFAST (cocaína) OFF (espalhada, separada, dividada) A MIRROR (num espelho).

vai pela sombra!
Avatar do usuário Redseahorse 8000 1 13 143
* Um adendo apenas:

Música jamais foi uma opção recomendada para se aprender a falar Inglês. 1º porque não se aprende a falar absolutamente nada ouvindo música, exceto a como pronunciar algumas palavras isoladamente, 2º porque a contextualização e entendimento, são via de regra algo que somente o autor da letra é capaz de fazer, 3º porque a linguagem em muitos casos, é chula, figurativa, vaga, ilógica, temporal e regionalista!
Avatar do usuário Artful Dodger 4500 6 13 103
Redseahorse escreveu:* Um adendo apenas:

Música jamais foi uma opção recomendada para se aprender a falar Inglês. 1º porque não se aprende a falar absolutamente nada ouvindo música, exceto a como pronunciar algumas palavras isoladamente, 2º porque a contextualização e entendimento, são via de regra algo que somente o autor da letra é capaz de fazer, 3º porque a linguagem em muitos casos, é chula, figurativa, vaga, ilógica, temporal e regionalista!

Eu discordo fortemente desta afirmação. Muito do que aprendi na língua inglesa deveu-se ao meu gosto pela música: ao tentar cantar junto, forteleci a minha pronúncia e me familiarizei com o ritmo do idioma; as letras me ofereceram interessantes adições de vocabulário, construção frasal e mesmo de pensamento conotativo. Além do mais, a própria tentativa de traduzi-la para entendê-la fez com que eu pudesse ligar conceitos dos dois idiomas que de outra forma eu talvez não tivesse conseguido tão facilmente.

É claro que muitas letras não se caracterizam pelo apreço à gramática padrão da língua e por vezes a interpretação exata é impossível, mas isso também tem muito a te ensinar. O que eu não recomendo, é que você fique preso à música como fonte exclusiva de estudo e contato com a língua. O ideal é que você seja exposto a todas as variedades do idioma (padrão, oral, chula, técnica, etc) em todos os veículos a que tiver acesso (televisão, música, revistas, livros, artigos, etc.). Assim, o desenvolvimento da língua ocorrerá de forma mais ampla e menos exaustiva. A meu ver, desqualificar música como uma fonte legítima de conhecimento é prestar um desserviço a quem está estudando inglês.

Cheers!

P.S.: O colega Marcos escreveu um artigo interessantíssimo sobre o uso da música no aprendizado do inglês; vale a pena uma olhada!
https://www.englishexperts.com.br/a-musica-e-seus-efeitos-na-aprendizagem-de-lingua-inglesa