Traduzir músicas para aprender Inglês: É correto?

Boa Noite sou novo no blog e gostaria de saber sobre tradução de musicas. Estudo ingles assim e gosto bastante (alias fico até ansioso para traduzir logo). Voces acham eficaz este método. Abraços
Editado pela última vez por Donay Mendonça em 07 Jan 2012, 13:25.
Razão: Formatação

ATIVE O ENGLISH PLUS Além de aprender sem anúncios, você terá acesso: aos Cursos do English Experts, a respostas verificadas por especialistas (ilimitado) e ao aplicativo Meu Vocabulário. ATUALIZAR AGORA
15 respostas
Alessandro (online) 3 11 91
Oi André,

Conheço muita gente que começou assim (eu, por exemplo). Acho que é um ótimo método para aprender e fixar vocabulário novo. A música também ajuda na pronúncia.

Tenho dois links que poderão ser úteis:
Go ahead!
Donay Mendonça 22 107 1.6k
André,

Olha, pode ajudar bastante - eu acredito que você pode aprender muita coisa. Porém, você tem que ficar atento com as interpretações que faz. Muitas vezes, você vai encontrar expressões informais, gírias e muita coisa que só se vê em música.

Esteja atento e certifique-se de aquilo que está aprendendo é realmente usado da forma que imagina ser. Há muita coisa na letra de uma música que pode levar a muitas interpretações ou simplesmente a nenhuma.


Tirando isso, siga estudando com músicas.


Bem-vindo ao fórum!
Eu acho correto, pois você aumenta seu vocabulário e pronúncia, se entender tudo melhora o listening, se cantar junto o speaking, se escrever o writing e por último a transcrição que melhorará reading. ...
Uma coisa que eu nunca deixei de notar é que as pessoas se sentem culpadas quando usam o dicionário ou precisam traduzir alguma coisa no Google.
Eu não sei por que isso acontece, mas não tem como aprender uma coisa sem saber o que ela quer dizer, além de que aprendemos melhor quando as coisas fazem sentido para nós.

Esta certíssimo fazer tradução de musicas,textos,noticias....
Continue se empenhando e chegara longe.
Eu acredito ser um bom método sim, talvez não o mais efetivo, mas sem dúvidas é muito agradável conciliar algo que você precisa fazer com aquilo que você gosta de fazer.
É importante você ter em mente que existem outros modos que podem fortalecer seu inglês. Além disso você deve tomar cuidado com as expressões utilizadas em determinadas músicas, pois através das músicas você está ainda mais sujeito à expressões regionais e principalmente liberdade poética, o que pode dar um sentido diferente naquilo que você imaginava que fosse.

Abçs
Honestly, In my point of view studying English through music is a good and pleasure way to learn. However I think you should not translate the music at all. You better seeing the lyrics and looking up on dictionary ( IN ENGLISH ) the meaning of the words which you don't know. For example, when I hear a song I put down the words that I don´t know to look them up on the oxford site which is free. I also like to sing following the lyrics because it get me better in my pronunciation. Furthermore, as long as I'm singing in English I'm thinking in English and it's an important exercise.

Keep practice.
eu fiz muito isso e me ajudou, aprendi várias palavras e até hoje quando quero lembrar alguma regra eu lembro das músicas.
Uma outra opção que ajuda no listening e foi sugerido pelo meu professor é ouvir a música e tentar transcreve-la.
EugenioTM 6 31
Compreender o que é dito na letra das músicas é um meio muito efetivo de ampliar o vocabulário, pois se você ouvir a música várias vezes (muito comum quando você gosta muito dela), você vai estar fortalecendo a conexão entre seus neurônios e vai fazer com que não esqueça facilmente das palavras novas. É um jeito prazeroso de melhorar o inglês, pois ler e interpretar bem a letra de uma música é algo muito bom.
Eu quando fazia esse lance de escutar música para aprender vocabulario, só ficava com um problema: em outras situações pronunciava palavras/frases no ritmo da música :mrgreen: mais concerteza é uma forma válida de se aprender
Tenho uma amiga que nunca fez curso de inglês, ela sabe inglês fluente, perguntei a ela como ela conseguiu...ela respondeu que passou a adolescência traduzindo músicas.
Redseahorse 2 28 379
Correto É, mas apenas como uma das ferramentas de aprendizado da língua, isto por si só, jamais a levará a uma proficiência sequer razoável na língua escrita, tampouco na falada!

Ademais, e obviamente com apreço e a devida vênia, este caso da sua amiga, à luz da linguística, talvez seja o primeiro e único caso na história, em que um ser humano adquiriu fluência numa segunda língua após ter traduzido muita letra de música nesta língua. Honestamente, acredito que isto não seja possível !
Bom, acredito muitissimo nela! Alem disso, a empresa ao saber que ela sabia ingles pedia para ela redigir diversos e-mails, ja que nosso country manager nao sabia ingles...
Redseahorse escreveu:Correto É, mas apenas como uma das ferramentas de aprendizado da língua, isto por si só, jamais a levará a uma proficiência sequer razoável na língua escrita, tampouco na falada!

Ademais, e obviamente com apreço e a devida vênia, este caso da sua amiga, à luz da linguística, talvez seja o primeiro e único caso na história, em que um ser humano adquiriu fluência numa segunda língua após ter traduzido muita letra de música nesta língua. Honestamente, acredito que isto não seja possível !
Donay Mendonça 22 107 1.6k
Concordando com o Readseahorse, o aprendizado de um idioma é muito amplo e complexo. Não se resume apenas a gramática, vocabulário ou apenas pronúncia. É um conjunto. Deve ser a soma de todos estes, juntamente com a percepção diária - muitas vezes aleatória - de como funciona a língua a ser assimilada.

As músicas são importantes no aprendizado, quando bem escolhidas e estudadas adequadamente. Uma música pode dar ao estudante boas noções de pronúncia, vocabulário, e, em alguns casos, até de gramática. No entanto, atribuir o domínio pleno de um idioma a apenas ouvir músicas e traduzi-las é algo no mínimo raro. O universo vocabular em letras de músicas é por demais limitado, resumido, subjetivo e inusual. As músicas são uma ferramenta, mas não um meio único.

Na minha experiência como professor há 16 anos, eu diria que a fluência foi atingida com ajuda de músicas, de forma tão prazerosa, empolgada e assídua que o aprendiz acabou por atribuir somente à música o domínio do idioma. Quando, na verdade, houve contato com livros, gramáticas, filmes, aulas na escola regular, internet, etc.

Interpretando psicologicamente a aprendiz em questão: "Ouvir música me ajudou muito e é tão bom que eu decidi (muito provavelmente de forma inconsciente) dizer que aprendi tudo com música."

Na prática, seria como um raio cair três vezes em um mesmo lugar.
Bom, ela tbm assistia filmes ... Com a musica ela começou e o restante se tornou simples para se aprofundar. O fato eh que ela não fez cursos... Pq eu perguntei a ela por curiosidade, pois a vi cantando diversas musicas em ingles com perfeição e redigindo e-mails. Meu irmão sem curso, fez aulas on line pela internet, a Ericsson mandou ele para os EUA e ele terminou de aprender.
Andrezzatkm 2 8 108
Ela também assistia filmes, e com certeza também assistia vídeo aulas. Música é uma ótima ferramenta para aprender, mas ninguém vai aprender a escrever um e-mail formal por meio de música. Ninguém tá dizendo que não é possível aprender inglês em casa. É possível usando várias ferramentas, a música é uma delas.