Brazilian Accent

Pessoal , Boa Noite !

Hoje eu ouvi o "6 Minute English" do BBC Learning English e falava sobre comidas brasileiras, feijoada e a famosa caipirinha, enfim o que mais me impressionou foi o sotaque que a moça Brasileira falava, claro era um pouco "forçado", e me preocupei um pouco. Já vi várias pessoas Brasileiras falando Inglês e nunca tinha percebido que o sotaque era tão diferente.

A dúvida/preocupação foi: Nosso sotaque é tão forte assim ou eles quiseram forçar para notar-mos que a moça era Brasileira? Quais as melhores formas de diminuirmos o sotaque?

Abaixo o link:
http://www.bbc.co.uk/worldservice/learningenglish/general/sixminute/2014/06/140626_6min_brazilian_food.shtml

See you soon!

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Alessandro 2970 3 9 71
Oi Thiago,

Já ouvi de vários gringos que nós brasileiros temos um sotaque muito bonito e pouco carregado. Nesse ponto, só elogios. Acredito que a diferença é que nós nos preocupamos em falar como os nativos do idioma, outros povos não têm essa mesma preocupação.

Suponho a moça estava lendo um script. Tente narrar algo com um script, para quem não tem prática, até mesmo em português vai sair estranho.

Se você não quer ter um sotaque muito carregado ouça muito inglês de forma analítica. Não basta ligar o áudio e ouvir, preste atenção à forma com que as pessoas falam.

A minha dica final é: não se preocupe tanto com o sotaque, o que importa é a pronuncia e entonação. A moça do áudio, apesar do sotaque, pronunciou tudo perfeitamente. Eu consegui entender tudo sem problema algum. Por mim o inglês dela é nota 10!

Enjoy your studies!
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário FabioE 840 1 5 16
Olá Thiago,

Rapaz, concordo planamente contigo. Eu acho que nunca tinha ouvido um sotaque tão carregado. Eu ri muito aqui :lol: (com todo respeito à moça). Por outro lado, Thiago, eu consegui entendê-la perfeitamente - tanto ela como o rapaz. No fim das contas, isso é o que importa - ser compreendido por quem está nós ouvindo.

Sobre a questão de ela estar forçando o sotaque ou não, isso é questionável. Se houve esforço ou não, acredito que tenha sido na tentativa de procurar acertar, fazer bonito, pois, eu consegui entender cada-palavra-que-ela-dizia :lol:. Pórem, eu particularmente não acredito que ela tenha forçado o sotaque para mostrar que é brasileira. É apenas um sotaque, também não é problema de pronúncia. E se forçou, acho que foi para transmitir bem a mensagem.

Não podemos confundir sotaque com problema de pronúncia. Sotaque é uma coisa (todo mundo tem) pronúncia ruim é outra. Ela tem sotaque, porém é compreendida, isso é o que importa.

Sobre o outro ponto que você destacou sobre o sotaque dos brasileiros que falam Inglês (de modo geral). Não. O sotaque da moça não reflete a forma como o brasileiro fala Inglês. Porque na verdade, isso vai de pessoa para pessoa, é algo muito pessoal e relativo. Envolve "N" fatores, como por exemplo, em que região ela vive aqui no Brasil, que sotaque ela tem em Português, qual variação de sotaque em Inglês ela escolheu aprender (Americano ou Britânico), o quanto a pessoa se esforçou para polir sua pronúncia, que métodos/abordagens ela usou e assim por diante. Resumindo, o resultado é muito variado. No entanto, conheço brasileiros que tem uma pronúncia impecável, chegando ao ponto de eu confundí-los com pessoas nativas.

Seu último questionamento foi em relação ao que fazer afim de diminuirmos nosso sotaque na língua inglesa. Pois bem, vamos lá. Minha dica: Para mim, a melhor forma de diminuirmos nosso sotaque e desenvolvermos uma boa pronúncia é fazermos uma combinação do Alfabeto fónético junto com o "listening", ou seja, muito áudio, sejam Podcasts, filmes, músicas ou quelquer outra coisa. A soma desses dois elementos junto à prática e dedicação gera resultados incríveis. Porém, uma coisa depende da outra, não aconselho praticar só usando o alfabeto fonético, nem só por meio de áudio. Muitas vezes não conseguimos captar a pronúncia correta de uma palavra sendo dita em um Podcast, por exemplo. É aí que entra o alfabeto fónetico, para "decodificar" essa palavra. Todavia, o alfabeto fónético é para pronúncia de palavras individualmente, ele não ensina como pronuncia as palavras sendo ditas dentro de uma sentença/frase. No Inglês existe uma coisa chamada "connected speech", em outras palavras, são como as palavras são ligadas umas as outras na hora da fala, muitas vezes mudando sua pronúncia de quando é pronunciada isoladamente. Por isso que que esses dois recursos devem ser usados juntos, um completa o outro. Quando usamos apenas o alfabeto fonético ficamos com a pronúncia quebrada, as sentenças não fluem, gerando falta de confiança. No caso da pessoa optar apenas por um deles, aconselhor ficar com o listening, ele é mais eficaz. A junção dos dois recursos é para quem deseja pronúncia 'perfeita' ;) . Então, não se preocupe, Thiago, como dito anteriomente, isso vai de pessoa para pessoa.

Espero ter contribuído com algo.
Bons estudos.
Avatar do usuário Marcelo Pias 640 1 2 14
O problema na minha opinião é que ela "Escreveu" e depois leu como se estivesse gravando uma vinheta!
Ficou muito estranho, ela podia falar naturalmente, e não como se estivesse apresentando um jornal! lol
Exato, eu também consegui entender "cada-palavra-que-ela-dizia" . Só achei meio diferente, pois dava pra perceber que ela entendia muito bem e não é o comum ouvir um sotaque tão carregado nos Brasileiro, como os Indianos, por exemplo.

Marcelo deve ter sido exatamente isso! Pois me lembrou das aulas de inglês que temos que ler um texto com palavras novas, rs.

Adorei as dicas, fiquei em um impasse sobre o estudar o alfabeto fonético agora, estou em um nível intermediário estudo a uns dois anos em escolas de idiomas, nessas férias quero dar uma "turbinada" no meu inglês e com tantas coisas e tantos materiais disponíveis para serem estudados eu não sei como definir quais são as prioridades. Mas pelo que tenho lido aqui realmente vai ser muito importante estuda-lo o mais breve possível.

Aproveitando o ensejo se alguém tiver um Roteiro de Estudos/ Materiais mais ou menos no nível intermediário que possa me ajudar a me organizar podem mandar no meu e-mail ou aqui no fórum mesmo.

Regards,
Avatar do usuário ericalowry
Nossa, estou acostumado a ouvir inglês só no sotaque britânico e americano, me soou muito esquisito esse sotaque, nunca tinha ouvido nada parecido, a princípio tive até dificuldade de entender a moça falando. Sempre me preocupei com essa questão do sotaque, até segui dicas que vi aqui no EE de gravar minha voz falando em inglês, e isso me ajudou muito a melhorar, mas mesmo antes de melhorar eu acho que não falava desse jeito não. haha
Estou prestes a fazer intercâmbio, acho que vai ser uma ótima experiência para ouvir sotaques diferentes, porque sempre vejo as pessoas comentando que é difícil entender os chineses e coreanos.
Oi gente,
Como professora de inglês, eu não achei o sotaque dela tão desesperador assim. Se ela fosse minha aluna, eu tentaria diminuir o sotaque um pouco, mas não consideraria que a pronúncia dela é ruim.
Mas eu acho q o sotaque mais carregado teve a ver com 2 coisas: ler um script e eu tive a impressão de que eles estão falando mais lento do que o habitual, pra mais pessoas poderem entender (nunca tinha ouvido estes podcasts, então não sei se a ideia é essa mesmo de ser algo que possa ser entendido por alunos de diversos níveis).

Thiago, não vejo nenhum problema em começar a estudar fonética. Eu vejo que esse é um erro de muitas escolas e livros: os livros até tem conteúdos sobre fonética, mas são vistos muito "por cima" (talvez por falta de qualificação dos professores, não sei) e o aluno não consegue assimilar esse conhecimento.
Eu fui estudar fonética mesmo quando eu já estava formada e meu irmão foi pros EUA fazer um curso para professores de English as a Foreign Language e trouxe um livro de lá. Daí numas férias escolares (eu estava no ensino médio) em que eu estava muito à toa, fui estudar o livro. Depois tive a chance de fazer um curso pelo curso de idiomas em que eu dava aulas. Mas até hoje continuo estudando, sempre que fico em dúvida com relação á pronúncia de alguma palavra.
Eu introduzo aos meus alunos alguma coisa de fonética no 3º semestre, quando ensino o Simple Past, para que eles não fiquem pronunciando todos os verbos com aquele final /ediii/ forçado. E acaba que nas turmas posteriores a essa eu sempre acabo passando também este conteúdo, pois lá atrás eles aprenderam errado e ninguém os corrigiu.
Estudar o alfabeto fonético de uma vez, pro seu nível, pode ser meio pesado. Eu estou com um aluno particular que já é um senhor, muito esforçado por sinal, mas com pronúncia ruim por seu curso se focar mais em gramática, e ele me pediu justamente pra dar aulas particulares de conversação. Estou trabalhando o alfabeto fonético com ele, mas um pouquinho em cada aula, e depois de 4 aulas ainda não saí das consoantes, que são MUITO mais fáceis que as vogais. Estou fazendo isso não porque ele não tem capacidade, mas para não dar um nó na cabeça dele.
Outro assunto que também abordo em todas as minhas turmas (pelo mesmo motivo já citado) é o schwa. Entender a existência dele faz muita diferença na pronúncia.
Então acho que calma é tudo. Não tente aprender o alfabeto fonético de uma vez, mas ir se familiarizando com ele é muito bom para quem deseja ter um inglês com pronúncia mais limpa e menos sotaque.
Abraços a todos!
Avatar do usuário Henry.army 2545 3 8 51
Acho que ninguém comentou isso, mas ficou bem claro pra mim que a brasileira possui um excelente Inglês, nitidamente ela estava forçando o sotaque, mais em alguns momentos ela se esquecia disso e pronunciava palavras difíceis para nós brasileiros com perfeição, com por exemplo "WORLD".
MENSAGEM PATROCINADA Leia o e-book Aprendendo Idiomas por Conta Própria e conheça as técnicas utilizadas pelos Experts para aprender idiomas. Com ele você vai aprender a aprender inglês!

Baixar uma Amostra Grátis!