Intercâmbio no Canadá: Planejamento

Imagem

Tenho 16 anos e estou juntando uma graninha para fazer um intercâmbio no Canadá. Tenho várias dúvidas sobre intercâmbio.

  1. Estou pensando em ir pela CI (Central de Intercâmbio) fazer um curso de inglês de 1 mês, mas vocês acham que este curso irá me trazer muitos benefícios (1 mês com 20 aulas por semana)?
  2. Nesse tipo de curso, geralmente o aluno ficará na casa de famílias selecionadas, mas e os gastos com outras coisas?
  3. Quanto vocês acham que eu gastaria no Canadá fora o que irei pagar para a Central de Intercâmbio?
  4. Uma professora comentou comigo sobre fazer algum ano do ensino médio no Canadá também. Mas com 16 anos, eu poderia trabalhar no Canadá?

Pois o que eu gostaria é de trabalhar e ir pagando os meus estudos lá (se eu fosse para fazer um ano inteiro).

Conto com a ajuda de vocês.

Obrigado.
Lond'San
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Não sei se eu vou conseguir te ajudar tanto, mas vou tentar. Eu embarco no dia 15/11 para Toronto no Canadá, vou estudar na ILAC, fechei um pacote (também com a CI) de 4 semanas com 30h semanais, e acomodação em casa de família com pensão completa.

Já colhi diversar informações, assim consegui achar um destino, pq até então estava em dúvida. Conversei com muita gente que me disse que pelo nível de inglês, básico, que tenho, e com esse período de aulas intensivas é possível sim que eu volte com um inglês mais fluente, mas sei que não vou aprender tudo.

Quanto ao dinheiro, dependendo do tempo que vai ficar e em que época que vaí, é bom ir pesquisando em sites e comunidades sobre o assunto. Eu por exemplo vou no Outono e volto quase que no Inverno, então terei gastos maiores com roupas de frio. Em compensação irei economizar em alguns passeios, já que nesta época está quase tudo voltado para o Esqui.

Eu optei por acomodação em casa de família para "conviver" mais tempo com o inglês, já que é a minha 1º viagem de intercâmbio. Optei por pensão completa (café, almoço e jantar) mas não sei se é vantagem (ainda!) já que fui informada que ela eles substituem o almoço pelo jantar, ou seja, lá a refeição "oficial" é o jantar. No almoço geralmente se come um lanche.

Bom, essas são algumas informações que tenho antes de ir. Depois que voltar estarei mais apta a falar, mas espero ter conseguido esclarecer pelo menos algumas de suas dúvidas.

Gleyce
Também tenho dúvidas. Pretendo estudar Inglês no Canadá, a agência que estou cotando passou 2 opções da qual restam muitas dúvidas ainda, preciso de algumas dicas.

1° 3 meses é o suficiente para aprender inglês? A agência que estou cotando, diz que posso estudar 3 e trabalhar mais 3 meses, devido as regras do Canadá, ou você só trabalha ou só estuda, só que estou achando muito caro o investimento $$$$$$ que saiu por 17 mil reais, só que na verdade só vou estudar 3 meses e trabalhar 3 meses. O que vocês acham? A agência diz que no trabalho vou praticar o que aprendi no curso, porém 3 meses não é o suficiente para aprender ao menos para me virar aqui no Brasil?

Abs. Neia
E ai Gleyce?

Como foi a viagem? Valeu a pena? Estou indo para Toronto em julho estudar na ILAc tbm e gostaria de mais informações sobre a escola. Será que vc pode me ajudar?

Obrigada!
Estou começando a pesquisar agora sobre o ir para o Canadá e não sei ao certo por onde começar a pesquisar. Alguém sabe se posso ir para o Canadá somente pra trabalhar?
Já estudei na ILAC por 1 mês, fica em Toronto, muito pouco tempo para aprender Inglês. Meu nível é intermediário, quando chega na 3ª semana é que você fica mais confiante para falar, poi sou tímida. Minha sala tinha gente de todo lugar do mundo, mas mesmo assim esta escola têm muitos brasileiros, você termina ficando amigo deles, o meu caso. Conselho, fique longe deles kkk. A escola em Vancouver tem muito menos brasileiros.

Fiquei em casa de família (U$ 800/mês). Existem passeios todos os dias se quiser, junto com os monitores da escola. Ah, foi muito legal, lamentei que foi pouco tempo, pois fui mais por conta do meu trabalho.

Neia, 3 meses é pouquíssimo tempo para aprender.

Abraços, Ester
Depois de muito tempo volto aqui pra contar a vocês como foi minha experiência.

1º AMEI a cidade de Toronto!
2º AMEI a ILAC!
3º DETESTEI a Homestay!

Então...fui a Toronto em Novembro/08 e amei cada segundo que passei naquele lugar. A cidade é maravilhosa...você anda de cabo a rabo de metro (Metropass) e não gasta quase nada...pagava CAD$32 por semana e rodava tudo (e olha que me perdi muitoooooo!). A cidade é linda, as ruas limpas, as pessoas são grossas (mas cada um com seu cada-um), tudo parece funcionar!

A escola...ai como sinto saudade de tudo, todos são ótimos, fui muito bem tratada e recebida...tive a oportunidade de cair numa sala onde só tinham Asiáticos (Coreanos, Japoneses e Chineses) e um infeliz de Israel (sem comentários...rs)...deu pra aprender sim e muito! É lógico que não falo muiiiitttooo bem e ainda me enrolo com as expressões, mas ouço muito bem e me viro bem aqui no Brasil (Consegui meu BOM emprego depois do intercâmbio!). Além de tudo a escola oferece vários passeios semanais...fui patinar no gelo, fui a vários Museus, fui a CN Tower (perfeita!) e fiquei 3 dias pela costa Francesa do CAnadá (paguei CAN$350 por 3 dias em hotéis de primeira classe!)
Só tenho o que agradecer a ILAC e a todos!

A Homestay...odiei! Calma gente...foi a minha experiência...Assim que cheguei lá, descobri que além de mim tinham mais 9 estudantes...isso mesmo 9! Mexicanos, Chineses (o povo porco!), um Turco, uma Russa e uma Japonesa...além dos 3 filhos do casal que tinham 24, 22 e 18 anos. Eles não fizeram a minima questão de me fazer sentir bem...era eu por eu mesma! Paguei por quarto individual e tive q dividir quarto com a russa por 1 semana e alguns dias (achei um absurdo!)...tinha que pagar $20 para usar a Wireless dentro de casa, pagar pelo papel higiênico (JURO!) e se quisesse lavar roupas, tinha que comprar 5Kg de sabão em pó. O pior de tudo foi a comida...eu paguei pensão completa...e não tive! Ela só fazia janta...e se quiséssemos almoço a gente tinha que fazer uma marmita com as sobras da janta, se sobrasse. Café da manhã? Se eu fosse a cozinha e pegasse algo pra comer, estava ok, senão ficava com fome! Não reclamei com a escola pq queria muito me divertir e não tava a fim de estresses, afinal tinha estudante lá há 1 ano e não reclamava, quem era eu! Mas deveria ter reclamado...conheci mas 2 brasileiros que ficaram na casa depois de mim e pediram pra trocar!

Ufa...depois de todo meu desabafo...só tenho a dizer que FUI, AMEI e VOLTO em 2011 pra ficar mais um mês!

Qualquer dúvida podem me perguntar aqui.

Bjão galera!
Avatar do usuário Flavia.lm 3885 1 9 86
Olá Gleyce,

Nunca fiz intercâmbio, mas já ouvi umas historinhas em relação às homestays... Na verdade isso é um "mercado", forma fácil de se ganhar dinheiro, por isso eles enchem a casa de gente que vai encher o bolso deles. Lógico, há muitas exceções, mas já ouvi relatos semelhantes ao seu. Conheço gente que teve que fazer faxina no quarto pois não era possível dormir lá. Teve tb uma moça (hétero) que foi parar na casa de um casal... De lésbicas... :shock:
O segredo é: chegou, não gostou, não fique. Você tem todo direito de trocar.

Alguém já comentou que a questão da internet tem que perguntar mesmo, antes de ir, se a casa disponibiliza ou não, e se cobra à parte. É mais uma maneira que encontraram de arrancar mais uma graninha...

Com certeza esse tópico vai ser válido pros próximos colegas que o lerem e estiverem se programando para um intercâmbio.

De qualquer forma, parabéns pela experiência e tomara que 2010 passe rapidinho pra você voltar pra lá e curtir bastante (numa homestay bem melhor, of course!)
Em Junho é minha vez, vou passar um mês em Toronto também, pela ILAC *.*

Ainda faltam dias, mas já falo com a coordenadoras e elas tem me orientado, me acalmado e tirado TODAS minhas dúvidas.
A consultora disse exatamente o que falaram aqui, qualquer problema comunique a ILAC; até mesmo porque esse é um diferencial da escola, nem todas se responsabilizam pela Homestay. Eu terei uma coordenadora que fala português caso tenha qualquer dificuldade.

Espero não pegar asiáticos. Estou muito ansiosa, espero trazer boas noticias. Pena que será só um mês também :(

Quem sabe um dia terei tempo e dinheiro pra passar pelo menos um semestre. \o/
MENSAGEM PATROCINADA Leia o e-book Aprendendo Idiomas por Conta Própria e conheça as técnicas utilizadas pelos Experts para aprender idiomas. Com ele você vai aprender a aprender inglês!

Baixar uma Amostra Grátis!
Quando estive em Toronto, ouvi muitas pessoas reclamando da homestay. Conheci um casal brasileiro que estava na casa de uma indiana que só fazia o café da manhã e mesmo assim era péssimo. Quando eles resolveram fazer a comida, encontraram tudo mofado na geladeira! Escolhi ficar no hostel e tive a sorte de dividir o quarto com 2 meninas ótimas.

Xoxo