Nível avançado sem praticar writing?

Daniel Reis 980 1 16
Olá pessoal,

Minha duvida é referente ao ''writing'' mas não este que praticamos enviando duvidas, respondendo perguntas, mensagens no celular, na Internet etc, me refiro ao writing que estudamos para testes e exames, aquele de ficar sentado horas escrevendo redações, inventando letras de músicas e etc, seria possível ter nível avançado ou mesmo ser fluente sem praticar isso muito ?
Na escola me lembro de passar horas praticando a escrita com textos e etc, e então me pergunto se por exemplo, pegarmos uma pessoa de nível avançado ou que se diz fluente, mas que quase nunca escreve redações, letras de músicas e etc, ela se sairia bem na hora de montar um texto NO PAPEL? ou somente o contato dela a partir de reading, listening, speaking, através de celular, internet e amigos já seria o suficiente para ela se virar na hora de escrever um texto coerente em Inglês no papel ?

Valeus
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
8 respostas
Ordenar por: Data

Marcio Osorio de Fa 1060 19
De tudo você tem que praticar um pouco pra chegar lá. (O nível avançado envolve o "writing"). Pratique-o.

Redseahorse 12865 2 19 263
Sim é possível!.... mas, seria uma fluência digamos, limitada, se é que me faço entender.

Porém, todavida e entretanto. O cabloco seria considerado o que eu costumo chamar de : Semi-Analfabeto Funcional ou Analfabeto Funcional, neste caso numa 2ª, 3ª, 4ª línguas, obviamente!

Já tive muitos contatos com estes tipos, inclusive alguns nativos.

Sanae
Este eh o problema que eu enfrento no momento. Muita gente acredita que eh so mudar de pais e conviver com nativos que a fluencia vem naturalmente,mas como o colega falou, o writing faz parte do pacote. E eh uma grande parte!
Eu moro na Irlanda ha um ano e meio e sou casada com um ingles. Trabalho com irlandeses em Customer Service, a loja em que eu trabalho vende mais de 8 mil itens, de maquina de cortar a alianca de noivado. Eu tenho um otimo vocabulario, porem, eu sinto falta de uma base gramatical melhor e tambem tenho um terrible spelling. Assisto filmes em ingles, leio livros, estou imersa 90% no ingles do tempo mas agora resolvi voltar a estudar de forma mais estruturada porque nao quero ser semi-analfabeta pro resto da vida.

PPAULO 54840 6 43 983
I didn´t chime in before because I could be accused of being biased towards writing, since I am a bit of a profilic writer rather than talker. Not that I am a good writer, he hee.
Anyway, to my thinking one skill can be of help to the other. It sounds a bit like what happens with singing, the singer that plays an instrument will be one with an edge, an advantage, since his singing will be influenced, adjusted by and complemented by the the arrangements.
It´s way easier to find the notes on a musical staff that adjust to the singer voice, etc etc.
English is a vast subject and language, so one begins by asking what he/she is going to study for? if it´s just to communicate with a friend or go to Orlando, or stay for a week - okay, no need to dig everything English. On the other hand, one might need to sit an English test, go to the University for higher studies or even use it at the office, things like that.
And that could mean a career progression, or basic requirement to certain jobs.

I myself, am a guy that just "can get by" but I would love to be good at something in English! ;)

PPAULO 54840 6 43 983
Anyway, don´t think this is supposed to convince anyone, my role is to help the fellow learner to find his path by himself. My goal is to help without changing him. If he/she thinks writing is a good tool to improve his English so be it; if not, it´s fine too.
Even because I am not an advanced learner yet. :lol:

Redseahorse 12865 2 19 263
Sanae,

Por mais estranho que possa parecer, isto é um fato recorrente e, é mais comum com pessoas assim como você, cuja vivência em países de língua Inglesa, por diversas razões não inclui estudos formais ou não no idioma nativo. Deste modo, é esperado que permaneçam semi ou completamente analfabetos funcionais, ou seja, possuem uma fluência "limitada", um vocabulário até razoável, porém predominantemente trivial e informal, com alguma dificuldade na pronúncia e frequentemente com muitos erros ortográficos, provindos exclusivamente da reprodução oral da língua falada.

Não raro, nos deparamos no Brasil com alunos de Inglês com este perfil. Pessoas que se veem na necessidade de recorrem as aulas, quando por motivos profissionais, via de regra, elas descobrem que o Inglês "fluente" que possuem por terem vivido no exterior, não é suficiente para concorrerem a uma boa posição de trabalho numa empresa qualquer.

Ocorre, que dependendo da posição, a função exigirá muito mais do que um Inglês coloquial falado. E obviamente, isto será testado, ou se exigirá certificações mundialmente reconhecidas, em substituição!

É isto.

Sanae
Obrigada por sua contribuição Redseahorse. Você disse tudo! Por isso, eu estou longe de me considerar fluente em inglês, mesmo tendo frequentado duas escolas aqui é completado o curso no avançado. Na minha opinião, as escolas aqui investem muito pouco em escrita, pq obviamente, para um estrangeiro recem chegado a habilidade fundamental é conversação.
Cheguei à conclusão que para o nível de fluência que eu quero alcançar, vou ter que trabalhar árduo e sozinha; ou ter um professor particular. Além de tudo aceitar que aprender inglês vai ser um trabalho de uma vida inteira. :)

PPAULO 54840 6 43 983
Yes, Sanae, it should be. And to a degree, it should be with the mother tongue as well. I mean, in our case Portuguese. Language is a dynamic in nature, and to people that deal with the public more so.
I wonder how adaptive a translator or a teacher (to name a few professions) have to be throughout his life!

MENSAGEM PATROCINADA Muita gente sonha em morar fora, mas o que é importante saber antes de se aventurar no exterior? Baixe o novo guia da English Live. Nele, você vai saber das possibilidades, os documentos necessários entre outras dicas.

Download do Guia em PDF - Grátis!