Preposições pleonásticas em inglês

Eu gostaria de saber por que temos preposições que só auxiliam, mas funcionam o mesmo sem elas.

Por exemplo:

Lift up: (literalmente) erguer para cima

Quer dizer, tem como erguer para baixo?

Fall down: (literalmente) cair para baixo

Tem como cair para cima?

Eu quero saber porque existem essas preposições? Muda alguma coisa? Se sim, como diferenciar e como usar?

Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
14 respostas
PKdbz 3
Opa, aproveitando, a dúvida que tenho é igual a sua.

Por exemplo, porque dizer "Blow up the moon"? Não poderia ser só "Blow the moon".
Na música Viva La Vida do Coldplay, tem uma frase assim "Blew down the doors to let me in", não poderia ser só "Blew the doors..."? Porque usa esse "up" e "down"?
Marcio_Farias 1 23 214
Pelo pouco que pude ver, o Webster's Third New International Dictionary diz que usamos o up como intensificador de ação.

Ex.:

"lift up your eyes" onde o up intensifica a ação de levantar/erguer os olhos.

"raised up the ceiling a few feet" onde o up enfatiza a ação de elevar o teto alguns pés.

A razão de os falantes nativos de inglês acrescentarem uma preposição aos verbos, os quais, por si só, já teriam contexto bastante ou não deixaram margem a dúvidas, remonta aos primórdios da língua inglesa. Trata-se de característica que, assimilada através dos séculos, na língua "ficou" e da língua não saiu. Aliás, como explicar o fato de os falantes nativos de português brasileiro dizerem, com a maior naturalidade, um idiotismo como "Sacoméquié" (Sabe como é que é), sabendo que poderiam empregar "Sabe como é"?

Pois bem. O inglês tem dessas coisas, de intensificadores e enfatizadores, coisa própria da língua, quase inexplicável. Se eu disser simplesmente: "Acácia lifted her eyes" penso que teria dito algo morto, ao passo que, se eu dissesse a mesma frase com um up, teria emprestado ênfase ou vivavidade à frase. Como lhe disse antes, trata-se de uma característica arraigada na língua inglesa...
Marcio_Farias 1 23 214
PKdbz escreveu:Por exemplo, porque dizer "Blow up the moon"?
Porque o verbo frasal exige a preposição up no sentido de "explodir".
Não poderia ser só "Blow the moon"(?)
Não. Se apenas disséssemos: "Blow the moon" teríamos de ter um pulmão bem forte para "soprar" a Lua. Ou, mui provavelmente, pediríamos ajuda ao Superhomem para soprá-la, já que ele tem o poder do super sopro. (Eu não ficaria perto dele se ele espirrasse, pois um simples espirro dele já me jogaria longe) ;)
[...] "Blew down the doors to let me in", não poderia ser só "Blew the doors..."?
Não. O verbo pede um down para significar a repentina derrubada das portas provavelmente através de uma explosão. Ou de uma ventania muito forte. Se, aqui, você empregasse um up (Blew up the doors), você explodiria as portas (em muitos pedaços, que provavelmente se espalhariam para todos os lados e direções). O down pressupõe uma posição para baixo ou abaixo, de algo que estava em cima ou acima e agora está em baixo ou abaixo.

Em "Blew the doors" estaríamos tão-somente soprando as portas. E haja sopro... ;)
Porque usa esse "up" e "down"?
Porque faz parte do verbo. Ou o verbo assim o exige.
Henry Cunha 3 17 182
Sim, vc corretamente nota que ocasionalmente usa-se uma preposição que não é necessária. Empregando "lift" ou "fall" nestes casos, por exemplo, não precisamos de preposição:

Can you lift the curtain, please? (em vez de "lift up")
Lift your hand a little more.
That's where he tripped and fell. (em vez de "fell down")
(Em outros casos, sim.)

Com relação a "blow", existe uma série de "phrasal verbs" com significados específicos: to blow up/away/ down/ in / out/ etc. Com o tempo, aprende-se o significado e o uso de cada um.

The military objective was to blow up the ammunition dump.
Her response blew me away. (coloquial)
Walls were blown down by the earthquake.
Rain was blowing in through the open window.
Smoke blew out of the engine.

Em todos esses casos, "blow" por si mesmo não produziria o significado pretendido.
Marcio_Farias 1 23 214
Henry, que diferença existe entre "an earthquake blowing down the doors" e "an earthquake knocking down the doors"?

Obrigado pelas explicações.
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
PKdbz 3
Obrigado pelas explicações, acho que agora entendi :D
Marcio_Farias 1 23 214
Poderíamos pressupor que em "blowing the doors away" um vento forte--ou mesmo um tornado--"sopraria violentamente e carregaria para longe as portas" e que, se o mesmo tornado "blew the doors up", poderíamos pressupor um tornado que "erguesse ou elevasse violentamente as portas" sem que (necessariamente) as explodisse?
Eu também acho que entendi, mas vai ser difícil se acostumar com um monte de pleonasmo, rs.
Henry Cunha 3 17 182
Apesar de encontrarmos em inglês, de vez em qdo, expressões redundantes, como já viram, eu diria que na maior parte dos casos estamos lidando com "phrasal verbs" que legitimamente causam uma extensão do significado do verbo original. Dos exemplos acima, por exemplo, não é possivel dizer "blow the moon" em vez de "blow up the moon". Muda o significado. "Hold your hand" (segure) é muito diferente de "hold up your hand" (erga) ou "hold out your hand" (estenda), mas será que é mais dificil um brasileiro aprender os significados de "hold ; hold up ; hold out" de que um americano aprender a usar "segurar, erguer, estender" ? Just asking...
Marcio_Farias 1 23 214
Mas, Henry, Superhomen poderia "blow the moon away" (soprar a lua para longe, fazê-la sair de seu curso soprando-a), não poderia? :|
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
Henry Cunha 3 17 182
Yes, you're right, Marcio. And Auden would go even further in altering the cosmos, for love alone:

I thought that love would last forever, I was wrong.

The stars are not wanted now; put out every one,
Pack up the moon and dismantle the sun.
Pour away the ocean and sweep up the wood;
For nothing now can ever come to any good.

From "Funeral Blues"--W.H. Auden

I guess anything is possible...
Marcio_Farias 1 23 214
Marcio_Farias escreveu:Henry, que diferença existe entre "an earthquake blowing down the doors" e "an earthquake knocking down the doors"?

Obrigado pelas explicações.
HENRY, você tá aí? KNOCK-KNOCK-KNOCK. Henry, pick up the thread please. I want to hear from you.
Henry Cunha 3 17 182
Márcio, I suppose "knocking down" is the better figure of speech for the action of an earthquake, but to me they mean the same thing. Regards
Marcio_Farias 1 23 214
Henry, thank you for replying.
Ainda precisa de ajuda? Confira algumas opções:
  1. Clique no botão "Responder" (abaixo) e faça sua pergunta sobre este assunto;
  2. Faça uma nova pergunta;
  3. Converse grátis com um professor nativo por 15 minutos: Saiba como!