Present Subjunctive: existe alguma forma menos formal de usá-lo para conversar com as pessoas?

Gostaria que vocês tirassem uma dúvida minha;

No subjuntivo no inglês, tipo "Eu quero que você me empreste dinheiro." seria algo como "I want you to lend me some money."
Mas e, por exemplo, "Eu insisto que ela pare de me atrapalhar.", por que fica "I insist (THAT) SHE STOP mocking me.", com o bare infinitive (e pra negar, basta colocar o NOT antes sem colocar o verbo no simple present, caso precise)?
Por que no primeiro caso, a estrutura fica praticamente como a de uma frase do indicativo no inglês (a primeira frase em inglês lá em cima), e na segunda aí sim usa-se a estrutura mais "formal", que é a do próprio subjuntivo "de verdade mesmo" em inglês?
Por exemplo, por que no segundo exemplo que eu dei (usando a regra do subjuntivo no inglês, já sabendo que a seguinte frase está gramaticalmente errada), o correto não fica "I insist her to stop mocking me." (como no segundo caso lá em cima), mas sim "I insist (THAT) she mock me."?

APRESENTAÇÃO PESSOAL EM INGLÊS
Nesta aula, a professora Camila Oliveira ensina como você deve se preparar para fazer uma apresentação pessoal profissional em inglês. O conteúdo dessa aula ajudará você a aproveitar melhor as oportunidades no ambiente corporativo. ACESSAR AULA
11 respostas
Leonardo96 18 290
Creio que o problema começa no fato que a tradução dessas duas frases no português seguirem estruturas iguais ("eu quero que você..." e "eu insisto que você...) e você esperar que seja assim no inglês também. Porém no inglês eu entendo "want" e "insist" como verbos diferentes, que funcionam em contextos diferentes e requerem tons diferentes de fala em uma frase em que são usados. Simplesmente não soa natural você dizer "I insist you to...". Enfim, o ideal mesmo é as vezes você aceitar as coisas do jeito que são sem questionar e tentar se acostumar naturalmente.
Ricardo F. Bernardi (online) 3 27 417
Dear FRIENDS,

In such sentences, the present subjunctive can be replaced with the less formal should + (not) + infinitive:

[...] you should lend me some money.
[...] you should stop mocking me.

[...] you should not stop talking to them.
[...] you should not forget your dreams.

I hope it helps.
Enjoy your studies! :)
"She expects me to call her." ("Ela espera que eu a ligue.") = OK

Porém, "The teacher demands (THAT) she not miss the classes anymore." ("O professor exige que a aluna pare de continuar cabulando as aulas.") = OK

Ou seja, isso me deixa confuso. Algumas frases, como a primeira, ficam no estilo "verbo + objeto + infinitivo" para representarem o subjuntivo. Já outras ficam no estilo ""THAT" + sujeito + ("NOT") + verbo com infinitivo sem o to."
Ricardo F. Bernardi (online) 3 27 417
Now, in order to make use of indirect speech, we can use the following structure:
SUBJECT VERB THAT-CLAUSE WITH PRESENT SUBJUNCTIVE
He advised that I should lend her some money.
She asked that I should stop mocking her.
My parents insisted that I should not stop talking to them.
They requested that I should not forget my dreams.
The teacher demanded that she should not miss the classes anymore.
Note: The reporting verbs used in these clauses with the present subjunctive are advise, agree, demand, insist, prefer, propose, recommend, request, suggest and urge.

REFERENCE: SIMON, Péter. The Grammaring Guide to English Grammar with exercises. 2013.
The explanations were perfect! But I took a look at Google and it seems that only British people use "should" before the verb in the subjunctive tense so that it makes the sentence a bit less formal. But and about USA? Because I'm learning the American English, not the British English. That's why I'd like to know how they turn the sentence into a little less formal onde when it comes to subjunctive mood.
TESTE DE NÍVEL
Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. Você ainda ganha o eBook sobre o Verbo Get em seu e-mail. INICIAR TESTE
Ricardo F. Bernardi (online) 3 27 417
You are right, FORFUN :)

The use of the subjunctive as above is more common in British English than in American English, where should structures aren't often used.

Shall we check some examples?

1) It is important that the students be waiting when the teachers arrive. [AmE]
It is important that the students should be waiting when the teachers arrive. [BrE]

2) He advised that I lend her some money. [AmE]
He advised that I should lend her some money. [BrE]

3) He requested that the car not be parked there. [AmE]
He requested that the car should not be parked there. [BrE]

Note: The relative pronoun that may often be omitted.
Ricardo F. Bernardi escreveu: 19 Jan 2022, 12:01 You are right, FORFUN :)

The use of the subjunctive as above is more common in British English than in American English, where should structures aren't often used.

Shall we check some examples?

1) It is important that the students be waiting when the teachers arrive. [AmE]
It is important that the students should be waiting when the teachers arrive. [BrE]

2) He advised that I lend her some money. [AmE]
He advised that I should lend her some money. [BrE]

3) He requested that the car not be parked there. [AmE]
He requested that the car should not be parked there. [BrE]

Note: The relative pronoun that may often be omitted.
Muito boa explicação. Só restou uma última dúvida: se no inglês britânico eles usam o "should" na frente para tornar o present subjunctive um pouco menos formal, então como fazem para deixar o presente subjunctive um pouco menos formal no inglês americano?
Ricardo F. Bernardi (online) 3 27 417
FORFUN,

As far as I know, Americans will use present simple tense if they want to be less formal and omit the relative pronoun that in order to make the dialogue short.

Look:

It is important that the students be waiting when the teachers arrive.
It is important the students are waiting when the teachers arrive.

I'd like to remind you that were is also a kind of subjunctive when it is used with I and he/she/it instead of was with wish and in if-clauses.

If we use the more natural was, it will sound more informal.

Look:

I wish he were in the classroom now.
I wish he was in the classroom now [informal].

If I were you, I’d be in the classroom right now.
If I was you, I'd be in the classroom right now. [informal]

I hope it helps you! :)
Me parece um pouco estranho esse "It is important the students ARE waiting", visto que o verbo mudou do modo subjuntivo pro indicativo de maneira errada. No inglês norte-americano, não existe mais algum outro modal que mantenha a frase gramaticalmente correta como fazem com o "should" na frente do verbo no inglês britânico, ou alguma outra coisa que os norte-americanos usam no present subjunctive pra deixar a frase informal, porém sem deixar a frase gramaticalmente incorreta?
Ricardo F. Bernardi (online) 3 27 417
FORFUN,

For us, Brazilians, this may sound strange, but for them it is perfectly common. It is similar to our "tu / te / você / lhe". When we use colloquialisms, we inadvertently end up not obeying the grammar rules of the language. It's an example of conversation pattern. So we'll have to get used to it.

Remember: In English, the subjunctive used to be used when describing wishes or situations that weren't likely to happen. Now, it's rarely used in modern British English. It's usually used in formal writing rather than speech, and even in formal writing, it's far less common than it used to be. In American English, the situation is different. The subjunctive is used, but in very formal English, in subordinate clauses that follow verbs expressing a desire, a demand, a formal recommendation, or a resolve.

Enjoy your studies! :)
TESTE DE NÍVEL
Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. Você ainda ganha o eBook sobre o Verbo Get em seu e-mail. INICIAR TESTE
Muito obrigado por clarear as coisas. O problema é que as escolas de inglês que ensinam o inglês americano pro aluno só mostram essa forma gramaticalmente correta do subjuntivo, com a estrutura "main clause + ("THAT") + sujeito + ("NOT") + bare infinitive verb". Aí eu pergunto pros professores (inclusive os mais experientes da escola de idiomas com foco no inglês americano em que eu estudo) se pode usar aquele modo que o Bernardi sugeriu (que eu achei muito bom, de usar o sujeito com o verbo seguinte no simple present em vez do bare infinitive verb) alegando ser extremamente formal uma pauta que os próprios americanos não usam. Logo, como percebi que o present subjunctive no inglês americano (a forma realmente gramaticalmente correta dele) é extremamente formal, pergunto aos professores como os americanos fazem pra usar o present subjunctive de forma menos formal, aí ou eles não sabem responder ou pegam como exemplo verbos como "hope" e "wish", que a gente sabe que obviamente são verbos que não usam uma nova oração com o verbo na forma do present subjunctive, e sim flexionado para o simple present.

PS: Claro que na prova eu não iria escrever da maneira que você falou (omitindo o THAT e depois trocando a forma do bare infinitive pelo simple present) porque eu sei que tem que escrever da maneira como o livro e os professores ensinam. Eu perguntei pra eles simplesmente por curiosidade pra saber como os americanos falam, por que de que adianta eles ensinarem uma coisa que os americanos não usam?