Verbo To Be na Forma Contraída com Nomes Próprios

Uso do verbo To Be na forma contraída com nomes próprios:
Mrs Carter's a singer.
Sophie and James're doctors.

Isto está correto?

EBOOK VERBO GET Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. Você ainda ganha o eBook sobre o Verbo Get em seu email. INICIAR TESTE
8 respostas
  Resposta mais votada
9 62 593
No inglês falado sim. As contrações devem ser evitadas no inglês escrito.
As contrações do verbo "to be" referente à sua dúvida, não podem ser feitas da maneira que você escreveu. As contrações ocorrem somente na fala.
EBOOK VERBO GET Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito. Você ainda ganha o eBook sobre o Verbo Get em seu email. INICIAR TESTE
6 48 1.1k
No.
Ainda mais estas:
Julie's from Scotland.
The dogs're brown.
The computer's white.
James and I're friends.

Estou muito confusa!!
Agradeço a ajuda.
Muito obrigada. Agora fiquei esclarecida.
6 48 1.1k
Now it picked my attention, where do you got it from?

In very informal and colloquial ways, it could be found elsewhere. It suggests that it´s coming from someone that either doesn´t like grammar QC-passed English or from some source that doesn´t know the rules well.
So, it´s possible to find it, but you asked if it´s correct that´s why I answered with a "no".
6 48 1.1k
When reading some educational magazine (or academical ones), Speak Up for example, they transcribe an interview with someone -say a musician - and when he makes such sentences they let it as it was said, but it goes along with a "sic" (aka in Portuguese "o erro não é meu, é do autor).
https://www.quora.com/In-many-interview ... -stand-for
A student wrote in an exercise in order to complete sentences with the Verb To be.
6 48 1.1k
Then, in the setting of school work, it´s not proper English. But, say, if it was a student of yours, would be an opportunity to present him the concept of "very colloquial/informal" ways. Let him/her know that it´s possible that people use it, outside the academical field, though.