Open English - propaganda ofensiva?

Avatar do usuário Flavia.lm 3885 1 9 86
Pessoal, não conheço a metodologia da Open English, mas que eles deram uma mancada bem feia no comercial abaixo, isso eles deram... O que posso pensar de uma escola que ridiculariza um professor dessa forma?

O video esta dando uma discussao bacana nos comentarios do Youtube e no Facebook.

[o vídeo não está mais disponível] - edição por Flávia em 25/11/12
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário felipeh6 2160 7 53
Hi there,

Bom, "das duas uma", ou eles são muito bons de marketing e tem uma estratégia traçada pra o que vem depois de todo esse barulho que o comercial está causando, ou eles correm um sério risco de não prosperarem no mercado e ficarem marcados negativamente por este episódio.

Let's see what's gonna happen!
Avatar do usuário Donay Mendonça 49025 21 73 1137
Não achei ofensivo. Está mais para sensacionalista; e isto pode ser uma indicação não muito boa. Passa a impressão que tem pouca experiência no mercado de idiomas.
Eu axei sem conteudo e sensacionalista por eles usaram o precioso tempo para apenas fazer paralelos e nao mostraram nada alem de um curso de indiomas online, ou seja, não mostraram um diferencial.
Avatar do usuário Daniel.S 575 1 2 5
Boa tarde pessoal.

A propaganda para realmente ter o seu efeito "catchy" deve usar de meios não ofensivos mas que venham a tangir opiniões polêmicas em forma de imagens. É o caso da Open English. Ali foi expressa a visão de alguns alunos que é "é meio ridículo, patético e cafona" um professor se comportar de tal forma. Não significa que esta seja a opinião do curso (apesar de contraproducentemente ficar esta mensagem).

Vejam que o simples fato do aludido curso ter levado esta propaganda ao ar, já nos fez abrir um tópico e discutir o dilema ofensa x polêmica. Ou seja, já foi direcionada atenção para a marca (mesmo que como parte de um fórum, bem verdade).

Não creio que em algum momento a intenção do curso era ofender professores, apesar de reconhecer que muitos professores através dos seus sindicatos podem muito bem recorrer à órgãos reguladores de impresa/publicidade como, por exemplo, o Conar, pedindo a suspensão da mesma.

Acho pouco provável que isto ocorra. Até porque, a intenção da maioria esmagadora das campanhas de marketing é atrair a atenção de milhares ganhando o seu espaço, instigando o que muitos pensam mas poucos falam, o que não significa ser uma verdade absoluta, claro.

Assim, a minha opinião é que a propaganda não foi ofensiva mas, como colocado pelo amigo Donay, sensacionalista.
O vídeo foi removido, queria muito ver.
Avatar do usuário Flavia.lm 3885 1 9 86
É uma pena, bozzo. Não encontrei outro endereço para atualizar. O próprio site da Open English mostra "Sorry, this video does not exist".

Mas, aproveitando, segue declaração do Vinícius Nobre, presidente do BRAZ-TESOL – Associação Brasileira de Professores de Inglês como Segunda Língua, a respeito do comercial em referência.
http://educacaobilingue.com/2012/05/23/cartavinnie/
Boa tarde!

Tenho ouvido/visto constantemente propaganda desta escola, inclusive as últimas tem sido com aquele (aprendiz de) humorista da Multishow (programas "220Volts" e "vai que cola") - Paulo Gustavo - e visto não ter tempo de voltar a cursar em inglês em escola física, gostaria de saber se alguém conhece esta "Open English" e se é confiável. Aliás, gostaria de saber se é recomendado estas escolas on line ou se ainda é preferível escola física.
TKS