What did happen vs What happened

Avatar do usuário Lucas Queiroz 460 1 14
Olá colegas,

A tempos vinha com essa dúvida na cabeça, pois aprendemos se queremos perguntar o que aconteceu devemos utilizar o auxiliar "Did", porém no meu dia a dia de estudo nunca vi em nenhum texto, serie ou música alguém usá-lo, substituindo "What did happen to you" por "What happened to you?"

Então, porque essa preferência? "What happened to you" não estaria gramaticalmente incorreto?

Thanks.

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Henry Cunha 9970 2 17 177
1."What" na interrogativa se comporta diferentemente de "Why", "How", When", etc., em relação ao verbo HAPPEN (acontecer). E o mesmo se dá em português:

What happened? = O que aconteceu? (E não: O que isso aconteceu?)
Why did it happen? = Por que isso aconteceu?
How did it happen? = Como que isso aconteceu?
When did it happen? = Qdo que isso aconteceu?
Where did it happen? = Onde que isso aconteceu?

2. Mas "What did happen...?" nunca ocorre? Ocorre sim, mas é um caso especial, em que o significado de DID se transforma em um enfático "de fato", "na realidade":

A. You're late! What happened?
B. Sorry, I had to go home and change.
A. But I saw you with the same clothes this morning. Ok, what did happen?
B. Well, it's your birthday, and I had to buy you flowers.
A. Oh, you shouldn't have...but I do appreciate your thoughtfulness!
B. And I do love you...a lot!

De fato esses extras "do's" "did's" são todos enfatizadores significando "really".
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Donay Mendonça 49770 21 80 1150
A pergunta foi respondida no post a seguir:


Link relacionado:

Avatar do usuário Lucas Queiroz 460 1 14
Donay, tinha visto os dois tópicos, mas a dúvida persistiu, pois pelo que entendi na duvida do outro tópico seria o "it" por happen ser um verbo intrasitivo. No meu caso não há "it" a questão é porque não pode usar "did".
Avatar do usuário Rakell Grubert Pere 3385 3 6 65
Lucas, veja essa explicação. Acho que é a resposta para a sua pergunta.
http://www.bbc.co.uk/worldservice/learn ... sh/080610/
Avatar do usuário Lucas Queiroz 460 1 14
Era exatamente isso Rakell! Obrigado!
Avatar do usuário Donay Mendonça 49770 21 80 1150
Dica:

Quando comecei os meus estudos, sempre observava que "happen" nunca ocorria com "did", em frases como "what happened?"(o que aconteceu?). Com isso, minha conclusão foi que a forma mais adequada era mesmo sem o ''did". E pensei: não conheço a explicação gramatical, mas sei como usar. Sem problema, o português também é cheio dessas estruturas que aparentemente estão incorretas - aparentemente não tem muita lógica. Eu as aprendi convivendo com a língua.

A dica é: você não vai encontrar sempre explicações gramaticais que te ajudem ou facilitem o aprendizado. Muitas vezes, é melhor mesmo não gastar muito tempo com uma explicação e bola pra frente - imitando os 'native speakers' adequadamente.
Avatar do usuário Lucas Queiroz 460 1 14
Concordo plenamente contigo Donay, mas no meu caso eu pensava que What happen? seria uma linguagem informal. Já decidi que irei aprender a gramática internalizada, ao invés de ficar neurótico com a gramática normativa.
That was a really great explanation! I have only one question, what about the negative form? What's the correct way to write? It doesn't/didn't happen.
MENSAGEM PATROCINADA Leia o e-book Aprendendo Idiomas por Conta Própria e conheça as técnicas utilizadas pelos Experts para aprender idiomas. Com ele você vai aprender a aprender inglês!

Baixar uma Amostra Grátis!
Avatar do usuário Henry Cunha 9970 2 17 177
If I interpret your question correctly, yes:

I'm more curious about what didn't happen, as opposed to what did happen. = Eu estou mais curioso acerca do que não aconteceu ao contrario daquilo que de fato ocorreu.

Podemos substituir 'doesn't' e 'does' nessa oração, para um evento em progresso ou para um presente genérico.

Was that your question?