Como abandonar o "aprendizado mecânico"

Muita gente diz que aprender gramática no começo dos estudos é um erro..Só que no eu comecei a ver alguns textos e frases e sempre vinha aquelas dúvidas de pq isso é assim e assado, pois eu tinha dificuldades de escrever e elaborar uma frase mentalmente pra falar Então comecei a ver alguns tópicos de gramática..Mas isso começou a me deixar mentalmente cansado de estudar inglês e me fazia largar os estudos de vez em quando...
Eu queria saber de que forma eu posso estudar o inglês sem ter que ver muito gramática e que ao mesmo tempo eu consiga absorver algumas estruturas de frases, alguns usos de palavras e etc..É meio confuso o que estou escrevendo, mas espero que consigam entender hehe

Obrigado desde já!

Mais Votada Mais Votada

Moisés,

Tente esquecer o "por que isso por que aquilo" e foque no sentido das frases. O tempo que você gasta aprendendo o "por que eu falo assim", é melhor investido aprendendo mais frases. Procure também estudar regularmente, um pouquinho todos os dias, que naturalmente as coisas vão fazendo sentido.
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste agora GRÁTIS em apenas alguns minutos.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
Moisés, if I caught your drift (if I am not mistaken about what you meant)...my advice is, variety is the spice of life.
And one (I mean you/me etc) have to strike a balance. You can alternate the two English areas (grammar vs flowing English "like it is").

There are some points more to add here:

--If a student try to learn something that is above his level, chances are that he gets tired and don´t learn it, try as him might. So, if he try harder and don´t understand something, he might go on what he also knows. He will mature in the future, and will learn in the right time.

--On the other hand, no pain, no gain. The above said, is no excuse to quit making effort to learn the simplest things.

--Even the ones that study using structures/drills etc, make a lot of repetitions.
So, repetition is a tool as well, but not mechanical rote learning, though. It have to be meaningful in some way. For instance, things that we like more we learn quickly, things/topics in which we make mistakes we learn more as well, and forget them less.

--We generally don´t learn much more, because we tend not to leave our comfort zone. To illustrate the point, nobody argue the subject/adjective inversion. Or discuss grammar when we say for instance "I love you", we are very very confident, but then we stop there...it may be a problem to many.

--Sometimes (or more often than not) the learner must understand his needs in English, for example, if he needs to go to Orlando (Disneyland) he doesn´t need to study as though he is going to sit a TOEFL. Just like a translator that is going to translate a Medical Journal doesn´t need to know everything about medicine. That´s why, there are translators dedicated to legal translations, others are into Business etc. A student should approach his learning needs, in a similar way.



These are just illustration points, I am not saying it´s your case. Others may relate to these, though.
Yet, the ones that experienced some drawbacks of those hardly will tell here. :lol:
Moisés Gonçalves escreveu:Só que no eu comecei a ver alguns textos e frases e sempre vinha aquelas dúvidas de pq isso é assim e assado, pois eu tinha dificuldades de escrever e elaborar uma frase mentalmente pra falar...
Obrigado desde já!


Hello Moises, good evening;

Estudar somente a gramática para falar não é o caminho ideal. Se quer falar, inclua o "listening" nas suas rotinas de estudos. É impossível falar sem ouvir (lembre-se do princípio da pessoa que nasce surda, que só é muda, pois nunca ouviu ninguém falar).

Segue abaixo dois link's de podcast aqui do site que são sensacionais e vão te dar uma direção para incluir isso na sua rotina:

https://www.englishexperts.com.br/0 ... listening/

https://www.englishexperts.com.br/0 ... g-efetivo/

Eu, particularmente, estou fazendo através dos podcasts do BBC Learning English (The Flatmates). Se você for um estudante no nível iniciante ou básico vai te ajudar bastante. Segue o link: http://www.bbc.co.uk/worldservice/learn ... flatmates/

It's folks all.
Hugs.
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
"That´s all folks/that´s it/it´s all folks". ;)
Acho que inverti a situação, rsrsrsrs.

Obrigado PPAULO.
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
This happens all the time, I myself have fallen in the inversion trap, no sweat! :D